George Mutch: Preston North End

George Mutch: Preston North End


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

George Mutch nasceu em Ferryhill, Escócia, em 21 de setembro de 1912. Um jogador de direita, Mutch jogou pelo Arbroath na Liga Escocesa antes de ingressar no Manchester United em 1934. Na época, o clube estava lutando na parte inferior da Segunda Divisão do a Liga de Futebol.

Mutch foi um grande sucesso no Manchester United e foi o artilheiro na temporada 1935-36. Ele repetiu o feito no ano seguinte, quando ajudou o clube a conquistar o título da Segunda Divisão. Mutch marcou 48 gols em 112 jogos pelo clube.

Em setembro de 1937, Mutch foi transferido para Preston North End por £ 5.000. Mutch foi um sucesso imediato e no mês seguinte ele marcou dois gols na vitória de Preston sobre o Everton. Ele também marcou um hat-trick quando Preston derrotou o West Ham United na 3ª rodada da Copa da Inglaterra. Mutch também marcou gols na 4ª rodada contra o Leicester City e na semifinal, quando o Preston venceu o Aston Villa por 2 a 1.

Na final da FA Cup de 1938, Preston jogou contra Huddersfield Town. Foi a primeira vez que um jogo inteiro foi exibido ao vivo na televisão. Mesmo assim, muito mais pessoas assistiram ao jogo no estádio, já que apenas cerca de 10.000 pessoas na época possuíam aparelhos de televisão. Nenhum golo foi marcado durante os primeiros 90 minutos e por isso a prorrogação foi disputada. No último minuto da prorrogação, Bill Shankly colocou George Mutch no gol. Alf Young, zagueiro do Huddersfield, derrubou-o por trás e o árbitro não hesitou em apontar para a marca de pênalti. Mutch lesionou-se no desarme, mas depois de receber tratamento, levantou-se e marcou na barra. Foi o único gol do jogo.

A forma de Mutch pelo Preston North End foi tão boa que ele foi selecionado para jogar pela Escócia contra a Inglaterra em abril de 1938. Também na seleção escocesa estavam os colegas de Preston, Bill Shankly, Andrew Beattie, Tom Smith e Francis O'Donnell. A Escócia venceu por 1-0 com Mutch marcando o único gol do jogo. Apesar de seu bom desempenho, ele não somou mais internacionalizações.

A carreira de Preston de Mutch foi interrompida pela Segunda Guerra Mundial. Quando ele deixou o clube em 1946, ele havia marcado 24 gols em 83 jogos. Mutch também jogou pelo Bury (1946-47) e pelo Southport (1947-48) antes de se aposentar.

George Mutch morreu em 2001.


Vencedor do último minuto

Sua conta de acesso fácil (EZA) permite que os membros de sua organização baixem conteúdo para os seguintes usos:

  • Testes
  • Amostras
  • Compósitos
  • Layouts
  • Cortes ásperos
  • Edições preliminares

Ele substitui a licença composta on-line padrão para imagens estáticas e vídeo no site da Getty Images. A conta EZA não é uma licença. Para finalizar seu projeto com o material que você baixou de sua conta EZA, você precisa obter uma licença. Sem uma licença, nenhum outro uso pode ser feito, como:

  • apresentações de grupos de foco
  • apresentações externas
  • materiais finais distribuídos dentro de sua organização
  • qualquer material distribuído fora de sua organização
  • quaisquer materiais distribuídos ao público (como publicidade, marketing)

Como as coleções são atualizadas continuamente, a Getty Images não pode garantir que qualquer item específico estará disponível até o momento do licenciamento. Reveja cuidadosamente todas as restrições que acompanham o Material licenciado no site da Getty Images e entre em contato com seu representante da Getty Images se tiver alguma dúvida sobre elas. Sua conta EZA permanecerá ativa por um ano. Seu representante Getty Images discutirá uma renovação com você.

Ao clicar no botão Download, você aceita a responsabilidade pelo uso de conteúdo não lançado (incluindo a obtenção de todas as autorizações necessárias para seu uso) e concorda em obedecer a quaisquer restrições.


Leia 50-41

Depois de 42 jogos da liga e duas partidas do play-off das semifinais, tudo se resumiu a esta partida única em Wembley - 90 minutos para decidir quem jogaria futebol da Premier League na temporada seguinte.

Os dois lados lutaram, mas estavam empatados depois do tempo regulamentar, por isso precisavam de mais para decidir quem iria pular para a primeira divisão.

Parecia que a partida seria decidida nos pênaltis até que nos descontos, no final da prorrogação, Steve Claridge fez um voleio para o gol da vitória para casa. Não fica muito mais tarde do que isso.

Tarde, show tarde: Steve Claridge do Leicester (centro) redes contra o Palace


A história da Copa do Condado de Lancashire

Uma experiência de jogar todos os jogos da Copa Lancashire no final da temporada foi considerada malsucedida e as primeiras rodadas da competição voltaram a ser disputadas na primeira metade da campanha. Para Southport, isso significava que, no final de setembro de 1937, seu interesse na competição havia desaparecido depois de uma derrota em casa por 3-1 para enterrar.

Como o início da guerra se aproximava cada vez mais em 1939, a FA suspendeu temporariamente todos os jogos organizados de futebol 3 na campanha da liga, transferindo para as autoridades locais a determinação se o futebol regional poderia ser iniciado com restrições aos números permitidos de assistir aos jogos.

A final da temporada anterior entre Preston e Bolton terminou em empate e nunca foi repetida. O Lancashire FA também inicialmente adiou o início da competição de 1939/40 antes de concordar que ela fosse em frente. No momento em que a competição começou, várias equipes haviam desistido. Accrington, Brighton e Oldham foram dispensados ​​como resultado de sua disputa adversária, mas Southport foi atraído para Blackpool. O derby à beira-mar terminou com Southport do lado errado de um placar de 4-1.

Na temporada seguinte, o formato da taça Lancashire foi novamente alterado. Nas duas primeiras rodadas, todos os empates consistiriam em uma partida em casa e uma partida fora de casa, com um placar agregado determinando o time a seguir. Esse formato durou até 1946 e os resultados desses jogos também contariam na Football League North. Qualquer tempo extra necessário para a copa Lancashire, entretanto, seria ignorado para o jogo da liga. Nas duas primeiras rodadas, os clubes foram reunidos com base em pares geográficos, mas o comparecimento foi baixo, com Chester atraindo pouco mais de 400 para a visita de Southport. Nas duas pernas, Chester venceu Southport por 9-3.

O Southport se saiu um pouco melhor na temporada seguinte, derrotado apenas pelo Everton por 4 gols a 3, e ainda registrando uma vitória em casa sobre seus vizinhos mais ilustres. Em 1942/43, o Southport se vingou com uma vitória agregada de 5-3. Com todos os jogos ainda sendo disputados em 2 partidas, foi dada uma dispensa especial para o empate da segunda fase entre Liverpool e Southport para que o jogo fosse disputado em apenas uma mão. O Liverpool venceu em Anfield por 3 gols a 0.

Um ano depois, o Liverpool venceu o Southport por 13-6 no total após dois jogos notáveis ​​na primeira rodada, 6-2 em Anfield e 7-4 na Haig Avenue. Eles continuaram a levantar o troféu.

Em 1945, o Liverpool começou sua defesa com uma vitória fácil de 5 a 0 sobre o Southport, mais uma vez, mas antes que todos os empates da primeira fase pudessem ser concluídos foram forçados a desistir devido a outros compromissos que deram a Southport um adiamento. A recompensa foi um empate na segunda rodada com o Everton e, embora as duas mãos tenham sido disputadas, o placar de 5 a 0 significou que o empate de 1 a 1 em Goodison Park significou muito pouco.

Com o fim da guerra, o futebol começou a voltar ao normal. Enquanto os jogos duravam duas mãos, eles não serviam mais duas competições e a Taça Lancashire foi novamente separada da Liga de Futebol. Após o sucesso do programa de tempo de guerra, a Federação de Lancashire declarou mais uma vez que times de força total deveriam ser colocados em todas as partidas da Copa Lancashire. Foi uma pena, então, que Southport fosse atraído para enfrentar (eventuais semifinalistas) o Manchester City. No entanto, eles deram um susto precoce com uma vitória em casa por 3-2 na primeira mão da primeira rodada, antes de sucumbir à derrota em Maine Road na segunda mão.

Em 1947, cada eliminatória voltou a ser disputada em eliminatórias, no entanto, houve controvérsia com vários clubes que colocaram lados enfraquecidos. Embora Southport tenha se saído bem para chegar à final, foi uma sorte. Além de disputar todas as partidas em casa, o sorteio também foi gentil. Todos os seus oponentes em rota eram companheiros do norte da terceira divisão e, quando finalmente encontraram uma oposição mais forte, inevitavelmente vacilaram.

Depois de derrotar o Oldham na semifinal, o Southport teve que esperar mais de 3 meses para descobrir o adversário na final. Por fim, o Bolton Wanderers prevaleceu sobre o Blackburn Rovers, um dos quatro times acusados ​​de não jogar com força total na copa do Lancashire.

Enquanto a defesa de Southport manteve o craque Nat Lofthouse quieto (Bolton de fato colocou uma equipe com força total), o ala Willie Moir conseguiu um hat-trick na derrota de Southport por 5-1 na frente de mais de 10.000 na Haig Avenue. Cec Wyles pegou o consolo para o time da casa.

O time de Southport incluiu dois jogadores que estavam jogando por seu terceiro clube diferente na final da Copa Lancashire, George Mutch (Preston North End 1938/39, Bury 1946-47) e Jack Westby (Backburn Rovers 1941-42, Liverpool 1942-43, 1943-44).

Burnley impediu Southport de repetir o sucesso no ano seguinte, mas embora o caminho para a final tivesse sido mais fácil dois anos antes, o mesmo não poderia ser dito para a competição de 1950. A caminho de uma derrota nas semifinais nas mãos do Liverpool (2-1), eles haviam empatado e vencido o Everton (3-1) e o Manchester United (1-0).

Southport não alcançaria o mesmo estágio da competição por mais 7 anos. Nesse ínterim, a própria competição começou a perder dinheiro. O secretário de Lancashire FA, Jack Robinson, comentou em seu relatório anual que os clubes estavam tratando a competição com falta de respeito. Em 1957 a competição foi vencida por uma equipa de fora do concelho. Em vez de permitir a entrada de alguns dos times seniores não pertencentes à liga da área, Chester foi convidado a competir e aumentar os números. Após a vitória e como um gesto de agradecimento, Chester presenteou a FA de Lancashire com uma vitrine para exibir o troféu, comentando-se que era o troféu de futebol mais bonito do país.

Southport havia perdido para o derrotado finalista Burnley por 1 a 0 na frente de apenas 1100 em Turf Moor.

Em 1962-63, a primeira mudança para os participantes da competição desde 1946 foi forçada à FA devido ao falecimento de Accrington Stanley. Também foi acordado que, devido à crescente importância de outras competições domésticas para os times da primeira e segunda divisões, uma força da "Liga Central" (lado reserva) era tudo o que era necessário para um jogo da Copa Lancashire, enquanto os clubes da terceira e quarta divisões deveriam estar lotados equipes de força.

Foi a estação do grande congelamento. Sem nenhum jogo de futebol em janeiro ou fevereiro, havia tantos acúmulos de jogos que nenhum dos participantes levou a competição a sério. Eventualmente, foi declarado nulo com apenas um punhado de partidas da segunda rodada sendo jogadas e o resto da competição desfeita. Southport já havia sido eliminado na primeira rodada em outubro.

Em 1963-64, com apenas 15 clubes entrando na competição, os vencedores das temporadas anteriores da Lancashire Junior Cup foram convidados a participar, a fim de obter um número par de participantes. Foi a mesma recompensa oferecida originalmente quando a Copa Junior foi formada em 1885. Morecambe entrou na competição pela primeira vez, mas sua permanência durou apenas até o final da primeira rodada.

Depois de não ter conseguido defender o troféu na temporada anterior e manter a vaga na competição sênior, o Morecambe voltou para a copa de juniores. Foi a vez de Chorley em 1963-64, entrando pela primeira vez desde 1930, quando eram participantes regulares.

Southport chegou à final mais uma vez, derrotando Barrow (3-1), Blackpool (2-0) e Liverpool (3-0) no caminho. O adversário foi o Burnley, especialista da Taça Lancashire, que disputa a final pela quarta vez nos últimos cinco anos que a competição terminou. Apesar de mantê-los em 0-0 no intervalo, dois gols no segundo tempo deram a Burnley a oitava Copa do Mundo.

Com o Southport sendo promovido à terceira divisão em 1967 sob a orientação de Billy Bingham, eles também chegaram às semifinais da Copa Lancashire, perdendo para o eventual vencedor Oldham.

O empate da segunda rodada contra o Blackpool foi forçado a jogar em uma tarde do meio da semana com os holofotes fora de ação. Uma respeitável multidão de 1100, dadas as circunstâncias, os viu vencer por 3-0.

Na temporada seguinte, o Southport jogou sua segunda rodada contra o Liverpool na semana anterior a um importante embate da FA Cup com Runcorn. Querendo evitar lesões, eles colocaram abertamente um lado reserva. A decisão foi acertada, com Southport vencendo Runcorn e empatando com Everton. A segunda seqüência não foi desonrada pelo Liverpool também perdendo apenas por 2 gols a 1, mas a Inglaterra do Lancashire estava longe de estar feliz e multou-os em £ 50 por colocarem em campo um time fraco

Em julho de 1969, a competição, que há vários anos era conhecida como Lancashire Senior Cup para diferenciá-la da competição Junior, passou por uma reformulação da marca. Tornou-se oficialmente conhecida como Lancashire Challenge Cup, com a competição Junior, o Lancashire Challenge Trophy. Vendo a década de forma amarga, o Southport foi rebaixado da terceira divisão após três temporadas e caiu no primeiro obstáculo da Lancashire Challenge Cup para o Wigan Athletic (2-1), fora da liga, um dos cinco times não pertencentes à liga que tinha sido admitido à competição naquela temporada. Em 8 anos, a queda dramática de Southport em desgraça faria com que Wigan tomasse o lugar de Southport na liga de futebol.

Durante a temporada 1973-74, o descontentamento crescente entre os clubes membros pela competição atingiu o auge. Foram apresentadas propostas para alterar o formato da competição para um torneio de pré-temporada com os clubes da Liga sendo unidos por alguns dos times proeminentes fora da liga, em vez de fazer com que a competição se intrometa na já lotada lista de jogos domésticos.

As sugestões não foram aceitas e o Lancashire FA dissolveu a competição na temporada 1974-75. Como a competição já havia mantido o Lancashire FA à tona por meio de uma participação nas receitas, os clubes optaram por não jogar e contribuir para as despesas de funcionamento da FA. A contribuição de Southport como clube da Quarta divisão foi de £ 40.

Por oito anos, não haveria jogos da Copa Lancashire e isso significou que a FA ficou sem sua competição principal durante o ano do centenário em 1977-78. No nível original das taxas, os clubes ficavam mais felizes em pagar do que jogar, mas quando em 1982-83 foi sugerido aumentar as taxas (começando com £ 67 em vez dos £ 40 originais), decidiu-se que havia clubes suficientes que preferiam jogar e a competição foi brevemente ressuscitada. Os torneios de pré-temporada se tornaram uma forma popular de ganhar futebol competitivo em preparação para a nova temporada e a Lancashire FA organizou uma competição para os 8 times da Lancashire Football League que estavam fora da primeira divisão. Dois grupos de quatro foram criados com pontos atribuídos por vitórias e empates em formato de mini-liga. Os vencedores dos dois grupos se enfrentariam em uma final. Do início ao fim, o torneio durou apenas 10 dias e com um patrocinador a apoiar a competição (Conselho de Turismo da Ilha de Man) pela primeira vez foi considerado um sucesso.

Revivida e mais tarde renomeada como Copa Manx, a competição com prêmios em dinheiro atraentes, floresceu em seu novo ambiente. Os clubes levavam a competição a sério, com um futebol competitivo de pré-temporada difícil de encontrar. Como um time não pertencente à liga, definhando nas profundezas da Premier League do Norte, o Southport não foi convidado a participar durante o renascimento da competição na década de 1980. O patrocínio do Conselho de turismo da Ilha de Man terminou em 1991, e com ele a oportunidade para os vencedores participarem do Torneio de Futebol da Ilha de Man.

Novos patrocinadores foram encontrados para a temporada 1992-93 na forma da sociedade de construção Marsden e a competição ficou conhecida como Copa Marsden. Com a redução significativa do prêmio em dinheiro, o interesse e o número de inscritos também diminuíram. Todos os clubes participantes da recém-formada Premier League foram dispensados ​​da competição, juntamente com o Wigan Athletic, que estava assumindo sua posição no torneio de futebol da Ilha de Man como os vencedores da Copa Manx. Com a competição um tanto desvalorizada devido às ausências, a competição sofreu novamente uma mudança e apenas 6 clubes participaram em dois grupos de três, começando em julho, o mais antigo que a competição já havia sido disputada.

Em 1994-95, pela primeira vez na história da competição, o Bolton Wanderers estava ausente. Southport assumiu seu lugar e se tornou o primeiro time fora da liga a entrar na competição desde a temporada 1973-74. No primeiro jogo entre as duas equipes desde 1978, quando as duas equipes trocaram de posições entre a Football League e a Northern Premier League, o Southport se vingou do Wigan Athletic com uma vitória satisfatória por 3-1 na Haig Avenue.

O Southport manteve sua vaga na competição pelos dois anos seguintes, mas o número de clubes dispostos a jogar continuou diminuindo. O Manchester United juntou-se à lista cada vez maior de clubes que desejam pagar a taxa de cancelamento de £ 1000 e a competição de 1996-97 não foi um grande sucesso. A competição voltou a entrar em declínio e a Taça Lancashire foi descrita como a taça que ninguém queria. A competição foi suspensa mais uma vez em 1997-98 com disputas sobre o nível apropriado de taxas de isenção. Wigan e Rochdale foram os dois únicos clubes que mostraram algum interesse real na competição. Com os clubes começando a se perguntar por que a participação era necessária, o Lancashire FA foi forçado a apontar que a entrada na FA Cup dependia da participação em uma competição eliminatória organizada por sua própria federação de condado.

A competição reapareceu brevemente na temporada 1998-99, mas Southport estava ausente mais uma vez. Tornou-se uma competição para os clubes do Lancashire que jogavam ao nível da Football League.

Em março de 1999 foi decidido suspender novamente o concurso, mas em setembro de 2001 foi declarado que o concurso estava extinto por falta de interesse.

Fontes: The Sandgrounders: The Complete League History of Southport F. C., de Michael Braham e Geoff Wilde (Palatine Books, 1995). ISBN 978-1-874181-14-9
The Lancashire Cup & # 8211 A Complete Record 1879-80 a 2006-07, por Gordon Small. Uma publicação SoccerData em nome da Lancashire Football Association. 2007. ISBN 978-1-905891-04-7.


Mutch George Image 6 Preston North End 1938

Escolha o tamanho da foto no menu suspenso abaixo.

Se você deseja que sua foto seja emoldurada, selecione Sim.
Observação: 16 & # 8243x 20 & # 8243não disponível em um quadro.

As imagens também podem ser adicionadas aos acessórios. Para fazer o pedido, siga estes links

Descrição

Ferryhill, Aberdeenshire nascido dentro do atacante George Mutch jogou no futebol júnior escocês com Avondale em 1928, Hawthorn em 1929 e Banks o & # 8217 Dee em 1930 antes de ingressar na Scottish League Arbroath em 1930, e foi enquanto com The Red Lichties que ele veio para o atenção da Segunda Divisão Manchester United, que o contratou em maio de 1934. Ele fez sua estreia na Football League naquele agosto contra o Bradford City, estabelecendo-se imediatamente no time principal do United e sendo o melhor marcador do clube em 1934-35 e 1935-36 , quando seus 21 gols na Liga em uma temporada sempre presente ajudaram a levar o United ao Campeonato da Segunda Divisão. Enquanto eles foram rebaixados na temporada seguinte, Mutch logo foi comprado pela Primeira Divisão Preston North End por £ 5.000 no início de setembro de 1937.

Em Deepdale, ele marcou o melhor em sua primeira temporada com 18 gols, já que Preston ficou em terceiro lugar no campeonato da liga e alcançou a final da FA Cup (em parte cortesia do hat-trick de Mutch & # 8217s na terceira rodada para eliminar o West Ham United), onde na primeira final da Copa transmitida pela TV, eles venceram o Huddersfield Town com Mutch e # 8217s de penalidade na prorrogação tardia (depois que ele foi derrubado por Huddersfield e Alf Young # 8217s) provando o gol da vitória da Copa em Wembley. Ele também foi selecionado para a Escócia, jogando na vitória por 1 a 0 sobre a Inglaterra no Estádio de Wembley em 9 de abril de 1938, que provaria sua única internacionalização. Também na seleção escocesa estavam os colegas de Preston, Bill Shankly, Andrew Beattie, Tom Smith e Frank O & # 8217Donnell.

Ele estava sempre presente na última temporada antes da Segunda Guerra Mundial, mas a carreira de Preston de Mutch e # 8217 foi interrompida pela Guerra em seu auge. Quando deixou o clube em outubro de 1946, ele havia marcado 32 gols em exatamente 100 jogos. Depois de uma temporada no Bury, quando marcou 8 vezes em 21 partidas, ele se juntou ao Southport como treinador de jogadores em outubro de 1947, marcando duas vezes em 16 jogos, antes de assumir suas responsabilidades de treinamento de forma permanente em 1948. Ele então voltou para a Escócia como gerente do Banks O & # 8217 Dee no final de 1948.


Mutch George Image 4 Preston North End 1938

Escolha o tamanho da foto no menu suspenso abaixo.

Se você deseja que sua foto seja emoldurada, selecione Sim.
Observação: 16 & # 8243x 20 & # 8243não disponível em um quadro.

As imagens também podem ser adicionadas aos acessórios. Para fazer o pedido, siga estes links

Descrição

Ferryhill, Aberdeenshire nascido dentro do atacante George Mutch jogou no futebol júnior escocês com Avondale em 1928, Hawthorn em 1929 e Banks o & # 8217 Dee em 1930 antes de ingressar na Scottish League Arbroath em 1930, e foi enquanto com The Red Lichties que ele veio para o atenção da Segunda Divisão Manchester United, que o contratou em maio de 1934. Ele fez sua estreia na Football League naquele agosto contra o Bradford City, estabelecendo-se imediatamente no time principal do United e sendo o melhor marcador do clube em 1934-35 e 1935-36 , quando seus 21 gols na Liga em uma temporada sempre presente ajudaram a levar o United ao Campeonato da Segunda Divisão. Enquanto eles foram rebaixados na temporada seguinte, Mutch logo foi comprado pela Primeira Divisão Preston North End por £ 5.000 no início de setembro de 1937.

Em Deepdale, ele marcou o melhor em sua primeira temporada com 18 gols, já que Preston ficou em terceiro lugar no campeonato da liga e alcançou a final da FA Cup (em parte cortesia do hat-trick de Mutch & # 8217s na terceira rodada para eliminar o West Ham United), onde na primeira final da Copa transmitida pela TV, eles derrotaram o Huddersfield Town com Mutch & # 8217s de penalidade na prorrogação tardia (após ele ter sido derrubado por Huddersfield & # 8217s Alf Young) provando o gol da vitória da Copa em Wembley. Ele também foi selecionado para a Escócia, jogando na vitória por 1 a 0 sobre a Inglaterra no Estádio de Wembley em 9 de abril de 1938, que provaria sua única internacionalização. Também na seleção escocesa estavam os colegas de Preston, Bill Shankly, Andrew Beattie, Tom Smith e Frank O & # 8217Donnell.

Ele estava sempre presente na última temporada antes da Segunda Guerra Mundial, mas a carreira de Preston de Mutch e # 8217 foi interrompida pela Guerra em seu auge. Quando deixou o clube em outubro de 1946, ele havia marcado 32 gols em exatamente 100 jogos. Depois de uma temporada com Bury, quando marcou 8 vezes em 21 partidas, ele se juntou ao Southport como treinador de jogadores em outubro de 1947, marcando duas vezes em 16 jogos, antes de assumir suas responsabilidades de treinamento de forma permanente em 1948. Ele então voltou para a Escócia como gerente do Banks O & # 8217 Dee no final de 1948.


Gama completa de impressão artística

Nossas impressões fotográficas padrão (ideais para emoldurar) são enviadas no mesmo dia ou no dia útil seguinte, com a maioria dos outros itens despachados alguns dias depois.

Impressão emoldurada ($65.66 - $335.67)
Nossas impressões emolduradas contemporâneas são feitas profissionalmente e prontas para pendurar na parede

Enquadramento Premium ($131.34 - $423.24)
Nossas impressões emolduradas premium de qualidade superior são feitas profissionalmente e prontas para pendurar na parede

Impressão Fotográfica ($10.20 - $218.91)
Nossas impressões fotográficas são impressas em papel de qualidade de arquivamento resistente para reprodução vívida e são perfeitas para emoldurar.

Quebra-cabeça ($40.85 - $55.45)
Os quebra-cabeças são um presente ideal para qualquer ocasião

Impressão em tela ($72.96 - $335.67)
Feitas profissionalmente, as impressões em tela são uma ótima maneira de adicionar cor, profundidade e textura a qualquer espaço.

Impressão de pôster ($16.04 - $87.56)
Papel de pôster de qualidade de arquivo, ideal para imprimir fotos maiores

Sacola ($43.71)
Nossas sacolas são feitas de tecido macio e durável e incluem uma alça para fácil transporte.

Caneca de foto ($14.58)
Desfrute da sua bebida preferida numa caneca decorada com uma imagem que adora. Sentimentais e práticos, canecas com fotos personalizadas são presentes perfeitos para entes queridos, amigos ou colegas de trabalho

Cartões de felicitações ($8.71 - $17.50)
Cartões adequados para aniversários, casamentos, aniversários, formaturas, agradecimento e muito mais

Almofada ($36.47 - $65.66)
Complemente o seu espaço com almofadas decorativas macias

Impressão de Belas Artes ($43.77 - $583.79)
A segunda melhor coisa depois de possuir a obra de arte original, com uma superfície natural de textura macia, nossas cópias de reprodução de belas artes atendem ao padrão da maioria dos curadores de museus críticos.

Foto montada ($18.96 - $189.72)
Impressões de fotos fornecidas em suporte de cartão com corte personalizado pronto para emoldurar

Moldura de vidro ($33.55 - $100.71)
Os suportes de vidro temperado são ideais para exibição de parede, além disso, os tamanhos menores também podem ser usados ​​de forma independente por meio de um suporte integral.

Blox acrílico ($43.77 - $72.96)
Impressão simplificada, moderna e atraente em um lado da mesa

Impressão emoldurada ($65.66 - $364.86)
Nossa linha original de impressões emolduradas do Reino Unido com bordas chanfradas

Tapete de rato ($20.42)
Arquivo de impressão fotográfica com qualidade em um tapete de mouse limpo e durável com revestimento antiderrapante. Funciona com todos os ratos de computador.

Talheres de vidro ($72.96)
Conjunto de 4 Individuais de Vidro. Elegante vidro de segurança polido e resistente ao calor. Coasters correspondentes também estão disponíveis

Glass Coaster ($11.66)
Coaster de vidro individual. Elegante vidro temperado de segurança polido e tapetes de mesa combinando resistentes ao calor também estão disponíveis


Final da FA Cup de 1938: Preston North End vs Huddersfield Town

Preston estava de volta a Wembley em 1938 para fazer as pazes. Desta vez, eles enfrentaram Huddersfield, assim como haviam feito em Stamford Bridge em 1922. Mais uma vez, foi uma partida que é melhor esquecer - maçante e sem padrão.

Na verdade, a final de 1938 produziu outra coincidência. O Huddersfield venceu pela primeira vez com um pênalti, agora Preston venceu com um pênalti, marcado por Mutch a sessenta segundos do final da prorrogação.

Se os atacantes do Huddersfield tivessem aproveitado duas ou três aberturas claras feitas por Hulme, o ex-jogador do Arsenal agora aparecendo em sua quinta final, Preston teria sofrido uma derrota surpreendente.

Mutch, o Preston por dentro - direita, partiu em um drible longo. Milhares já se encaminhavam para a saída, com pouco mais de um minuto de prorrogação para uma final monótona. E assim por diante, até que Young, o meio-campo e capitão do Huddersfield, passou para o tackle. Mutch caiu, e o árbitro apontou para a marca de pênalti.

O jogador ofendido marcou ele mesmo a cobrança de pênalti e, com a multidão calada, bateu a bola com firmeza na parte de baixo da barra e por cima da linha. Preston venceu e uma dívida antiga foi liquidada.


Preston North End FC

Preston North End remonta a 1863, mas naquela época estava relacionado com o críquete e o primeiro jogo de futebol estava a quinze anos de distância. No início da década de 1860, o críquete era o único jogo organizado digno de nota na cidade e o local normal para esta atividade era o Marsh, uma paragem de terra irregular no estuário do Ribble em Ashton e que hoje é o local das obras do GEC. O críquete pode ser vinculado à Wellfield Road School.

Naquele ano, houve uma divisão entre os membros do clube quando a maioria optou por uma mudança para Moor Park, onde a Corporação havia aberto um campo público de Críquete. O clube recém-formado usando Moor Park foi denominado North End simplesmente como uma indicação da base dos clubes estando no extremo norte da cidade.

O primeiro presidente foi George Howarth e as assinaturas eram 2 dias por semana. O clube passou por tempos difíceis e quase se desfez, mas novos sócios foram recrutados para amenizar a crise financeira e um desses novos membros foi William Sudell, que se tornou sócio em 3 de agosto de 1867 quando tinha 16 anos, tendo vivido no cidade toda a sua vida. Ele era um bom nadador e ciclista, um bom jogador de críquete e um excelente atacante de rúgbi.

Apesar dos problemas financeiros não serem resolvidos, os membros deram um passo memorável e corajoso em 21 de janeiro de 1875, quando alugaram um campo em Deepdale, um campo que seria a casa do melhor time de futebol da época.

Jogar críquete e brincar com outros jogos, como lacrosse e rounders, não era financeiramente viável e, por isso, em 1877, os membros se voltaram para o rúgbi. Infelizmente, essa aventura foi um fracasso, pois o clube não podia competir com os Grasshoppers, que já eram uma força bem estabelecida. Em 5 de outubro de 1878, o North End jogou seu primeiro jogo sob as regras da associação contra o Eagley, o jogo foi disputado em Deepdale e foi perdido por 1-0. Para constar, a equipa que jogou este jogo foi: - W Sudell, W Turner, J Sefton, T Charnley, T Wadeson, J Wadeson, C Miller, T Parkinson, JF Dodgson, R Green e H S Carmel (Cpt).

O sucesso de outros clubes em Lancashire que jogavam futebol não passou despercebido em Deepdale e, em maio de 1880, uma resolução propondo a adoção do código da associação foi proposta pelo Sr. Harry Carmel e apoiada por William Charnley e aprovada por unanimidade.

Em março de 1881, o North End jogou contra o Blackburn Rovers e foi derrotado por 10-0. Essa reviravolta após uma derrota na Lancashire Cup contra o Turton não diminuiu o entusiasmo e o próximo grande salto em frente foi no verão de 1883, quando William Sudell, tendo visto táticas empregadas por clubes vizinhos, foi ao norte para a Escócia e obteve os serviços de NJ Ross do Heart of Midlothian, Ross tornou-se um dos melhores zagueiros de seu tempo, outros jogadores que vieram da Escócia foram Drummond, Russell e Gordon. Assim se formou o núcleo da equipe que tornaria North End tão famoso.

Em 1884, após um empate contra Upton Park em Deepdale, um protesto foi feito à FA sobre a elegibilidade de alguns jogadores de Preston, mas a razão básica para o protesto foi que Preston estava pagando seus jogadores. Sudell não negou isso, então após a expulsão da competição da Copa, ele deu início à sua mudança histórica para legalizar o profissionalismo no mesmo ano. James Ross (irmão mais novo de NJ) e Sam Thomson vieram da Escócia e Robert Howarth, um garoto local, ingressou no clube como volta completa.

O sucesso que Sudell trouxe para Deepdale e o curto tempo necessário para alcançá-lo são ilustrados pelo fato de que de 22 de agosto de 1885 a 26 de abril de 1886, North End estava invicto e durante a temporada venceu 59 em 64 partidas, marcando 318 gols e sofrendo apenas 60.

Em 1886, Sudell concluiu a construção de seu time com a contratação de um atacante, John Goodall, e os Invincibles estavam se preparando para fazer história no futebol. Outra temporada digna de nota foi a temporada 1887/88, quando o North End venceu 42 partidas consecutivas, mas houve uma grande decepção quando. Como grandes favoritos, foram derrotados por 2 a 1 na final da Copa em 24 de março de 1888 pelo West Bromwich Albion.

No entanto, na próxima temporada 1888/89 não só foram os fundadores da liga, mas também conquistaram a FA Cup e foram a primeira equipe a conseguir a dobradinha, fazendo isso na primeira oportunidade. Em 1889/90, o North End foi novamente campeão da Liga e foi vice-campeão nas três temporadas seguintes. Uma sociedade anônima foi formada em 1893, que foi o fim do reinado de Sudell, mas o gênio de um homem que poderia construir tal equipe e que justamente ganhou o nome de Invincibles é totalmente reconhecido hoje. North End é o único clube dos membros fundadores da Football League que jogou continuamente no mesmo terreno. Deepdale é palco do futebol há mais de um século.

O período anterior à Primeira Guerra Mundial costuma ser chamado de ioiô, quando North End foi rebaixado à Segunda Divisão em duas ocasiões e voltou imediatamente.

Em 1922, eles chegaram mais uma vez à final da FA Cup, mas foram derrotados por 1-0 pelo Huddersfield Town, que marcou de pênalti. 1924 viu a aposentadoria de um dos grandes baluartes do clube, Joe McCall, que jogou em Deepdale por 20 temporadas.

A partir de setembro de 1925, por quatro temporadas, Alex James foi um dos favoritos, cuja transferência para o Arsenal em 1929 chegou às manchetes do futebol quando a taxa envolvida foi estimada em 9.000.

Após a saída de James, o rebaixamento para a Terceira Divisão foi evitado por duas vezes, mas o que aconteceu mais tarde com um Comitê de Gestão de quatro pessoas sob a presidência do falecido JI Taylor foi um romance do futebol moderno. Holdcroft, Lowe, Harper, Rowley, Tremelling, Shankly, Gallimore and Dougal were signed and promotion was gained in 1934. The two Beatties, Andy and Bobbie (unrelated), together with Mutch, Smith, Milne, Fagan and the O'Donnell brothers were among the many Scots who came to Deepdale.

North End reached the Cup Final in 1937 when they lost to Sunderland and in 1938 when they reversed the result of the 1922 Final by beating Huddersfield town 1-0, the winning goal came from the first penalty awarded at Wembley, and was scored by George Mutch with the last kick of extra time.

After the war and until his retirement in 1960 the skill of Tom Finney was the most important aspect of football at Deepdale. His genius and gentlemanly conduct was and still is, and example for all footballers to follow and brought great credit, not just to the maestro but also to his home town of Preston. The honour of being made Freeman of the Borough and the award of the CBE for services to football was just reward for this footballing legend, Sadly North Ends defeat, 3-2 by Albion in the Cup Final of 1954, did not result in a Cup Winners Medal and another disappointment was in 1953 when the First Division Championship was lost to Arsenal on a goal average difference of one.


As with so many other League Clubs the decline in the fortunes of North End started with the abolition of the maximum wage and with the concentration of successful clubs within the larger cities where stadiums could be filled by drawing on a relatively small percentage of the population.

North End reached Wembley again in 1964 when they lost what is still considered to be a classic final against West ham United, the team included a young Howard Kendall.

North End is also proud to be linked with the footballing feats of goalkeeper Alan Kelly who joined the club in 1958 from Drumcondra and, until his enforced retirement, following a shoulder injury sustained in the game against Bristol City on 15 September 1973, gave sterling service, his record speaks for itself. He was first choice goalkeeper for 13 seasons and holds the Club record of 447 league appearances (keeping 126 clean sheets) and 47 caps for Eire.

North End's most recent visit to Wembley came in the 1993/94 season when the team reached the third Division play-offs. Torquay United were the opponents for the first round, with the match being played at Plainmoor, Torquay won 2-0. The second round was played on Wednesday 18 May 1994 when memorable scenes were witnessed at Deepdale. North End went one goal up within the first ten minutes, only to see a two-goal advantage regained before half time, plus, Torquay gained the valuable away goal. The sending off of Torquay defender Darren Moore ten minutes before half time spurred Preston on. They scored twice in the second half to take the game to extra time, Torquay looked like holding out and winning on the away goals rule until Paul Raynor scored with only four minutes let on the clock and so North End were to feature once more at Wembley. The team that played that night were Steve Woods, Andy Fensome, Ryan Kidd, Lee Cartwright, Stuart Hicks, David Moyes, Gareth Ainsworth, Neil Whalley, Paul Raynor, Tony Ellis, Ian Bryson, subs were Greg Challender and Richard Lucas.

Preston played Wycombe Wanderers in the final and unfortunately lost 4-2 having been 2-1 up at half time.

In 1996, however, everything went the way of North End and under the management of Gary Peters the club was promoted as champions of Division Three. During the championship season, the Sir Tom Finney Stand was opened, named in recognition of the maestro and representing the start of the redevelopment of Deepdale into a stadium for the 21st Century.

The Sir Tom Finney Stand is the home of restaurants and a conference centre. The stand seats between 7,000 and 8,000 fans and has match day facilities for spectators on concourses within the stand.

The next stage of the ground redevelopment to be completed was the Bill Shankly Kop, which was formerly the Spion Kop Stand. The work started in December 1997 and was completed in June 1998. This stand now houses a fitness centre and football museum.

After Gary Peters' resignation in January 1998, David Moyes took over as Manager and in his first full season in charge he led the club to its highest League finish since the 1980/81 season, only losing out to Gillingham in the play-offs. The following season, David went one better as he guided Preston to the Second Division title, and a place in the First Division for the first time in 20 years.

In season 2000/01, Moyes excelled himself once again as he steered the side to a highly impressive fourth position in Division One. This meant the play-offs once again and, having beaten Birmingham on penalties in the semi final, North End travelled to the Millennium Stadium in Cardiff to face Bolton Wanderers. Although Bolton took a deserved lead in the first half, it was North End who had most of the play in the second period. Despite putting the opposition under substantial pressure, Preston could not get an equaliser and Bolton ensured victory with two late goals, the 3-0 scoreline an untrue reflection of the game.

The following season was a year of departures, though the club did welcome the spectacular new Alan Kelly Town End stand, replacing the popular terrace that became so iconic of 'Old Deepdale'.


In October, club chairman Bryan Gray ended a seven year tenure at North End and announced his resignation at the club's AGM. Deputy chairman Derek Shaw took over in the interim.

Nine days in March saw the end of an era at North End as Jon Macken and David Moyes both departed the club. Macken left for Manchester City in a club record 5million deal while David Moyes moved to Premiership club Everton.

Kelham O'Hanlon took over temporary charge of management matters and despite difficult circumstances guided the club to a creditable eighth position a whisker away from the play-offs.

The close season saw a wind of change sweep through the Deepdale corridors. The first big change saw former Scotland manager Craig Brown unveiled as new first team manager. Kelham O'Hanlon was rewarded for his good work by retaining his assistant managers role while former Motherwell boss Billy Davies was brought in as first team coach. The influx of new faces continued as Jamaican international Ricardo Fuller became the first signing of the new era.

In late June, Baxi Partnership finally ended their association with PNE when their remaining shares were bought out by 'Friends of Preston North End' - a new company formed by club chairman Derek Shaw and Steve Jackson, the Managing Director of New Reg Ltd, the Club's official shirt sponsor.

The 2002/03 season saw Tyrone Mears, Marlon Broomes, Eddie Lewis, Brian O'Neil, Simon Lynch, Jonathan Gould and George Koumantarakis complete the North End revolution, but despite so many players coming in the final placing was slightly disappointing as they finished the season in 12th place.

The disappointment signalled the end for several experienced players, with Iain Anderson, Colin Murdock, Mark Rankine and Tepi Moilanen all leaving before the season kicked off. But despite the changes the fortunes remained the same, finishing in 15th place.

Callum Davidson, Youl Mawene and Gavin Ward all arrived in the summer of 2004 and gave the fans real hope for the new campaign, but things didn't quite go according to plan and with less than a month of the season gone, Craig Brown was relieved of his duties.

In August 2004, Billy Davies was put in temporary charge and four wins in six games earned him the job on a permanent basis, Davies and his new Assistant David Kelly were unveiled on September 27th.

The rest as they say is history and Davies led North End to fifth place in the table and a place in the Play Off Final at Cardiff, but in the end it proved to be a step too far as Bobby Zamora netted the only goal of the game.

Davies and Kelly were rewarded for their success with new and improved contracts in June 2005 and repaid the board's faith by leading North End to the Play-Offs for the second year in succession. However, this time they were knocked out in the Semi Final stage by Leeds United.

In June 2006, Billy Davies left his post at Deepdale to become manager of Derby County and he was replaced by Paul Simpson, who signed a three year contract.

In November 2006 Preston North End topped the Championship following the 1-1 draw at home to Coventry. It was the first time the Club had topped the second tier of English football since 1951.

David Nugent became the first Preston player since Sir Tom Finney to represent England, when he came on as a substitute in the friendly against Andorra and scored in injury time to help England to a 3-0 win in March 2007. In June, Nugent was sold to Portsmouth for an initial fee of 6m, bringing his short but exciting Deepdale days to an end.

In the immediate aftermath of Nugent's departure, Preston struggled for form, and this culminated in the departure of manager Paul Simpson after a 3-0 defeat at Hull City in November 2007. He was replaced by former Everton assistant manager Alan Irvine, who has steadily overseen an upturn in fortunes.


Alan Irvine steered the Club to Championship safety, completing the process when Richard Chaplow grabbed a late equaliser at Plymouth to guarantee North End's Championship status.

During the summer of 2008 the finishing touches to the new Invincibles Pavilion were put in place and the new stand was officially opened on Saturday August 16th 2008 with PNE's first home Championship clash of of the season against Crystal Palace.

Deepdale's new capacity was moved up to 23,408 with more than 1,000 hospitality places and that extra seating proved useful when the Lilywhites drew Liverpool in the FA Cup Third Round. That game broke all records with 23,046 viewing the match inside the ground, the biggest crowd at Deepdale since the early 1970s. The game also saw record gate receipts and a TV viewing audience of 7.3m.


Roll Of Honour

Founder Member of the English Football League 1888

League Champions 1889, 1890

FA Cup Finalists 1888, 1922, 1937, 1954, 1964

Lancashire Cup Winners 1887, 1893, 1895, 1900, 1996

Division One Runners-up 1891, 1892, 1893, 1906, 1953, 1958

Division Two Champions 1904, 1913, 1951, 2000*

Division Three Champions 1971, 1996*

* In 1991 the former Division One broke away from the Football League and formed the Premier League, the former Divisions Two, Three and Four later became the Championship, League One and League Two respectively.

Record Attendance 42,684 v Arsenal, Division One, 23 April 1938

Pitch Measurements 110yds x 75yds

Record League Victory 10-0 v Stoke Division One 14 September 1889

Record Cup Victory 26-0 v Hyde FA Cup Round One 15 October 1887

Record Defeat 0-7 v Blackpool Division One 1 May 1948

Most League Points 95 - Division Two 1999/2000

Most League Goals 100 - Division Two 1927-28

Highest League Scorer In A Season Ted Harper 37 Division Two 1932-33

Most League Appearances Alan Kelly 447 from 1961-75

Record Transfer Fee Received £6m for David Nugent from Portsmouth, July 2007

(Previous Record £5m for Jon Macken from Man City, March 2002)

Record Transfer Fee Paid £1.5mi paid to Manchester United for striker, David Healy, in December 2000

(Previous Record £500,000 to Man Utd for Michael Appleton and to Toulouse for Iain Anderson)

1875 Moved from Moor Park to Deepdale (then cricket/athletic clubs)

1878 First experimental football match against Eagley

1880 Formed Football Club

1886 PNE's 'keeper Arthur Wharton, first black player in English professional footballer

1887 Beat Hyde United 26-0 FA Cup Record

1887 Jimmy Ross scores seven in one game (record) against Hyde, 26-0

1888 Founder member of Football League

1888/89 First Club to achieve League/FA Cup double

1889 PNE's highest League win 10-0 versus Stoke City

1891 First PNE penalty scored by Jack Gordon v Blackburn Rovers

1893 Formed Limited Company

1903/04 Division Two Champions

1912/13 Division Two Champions

1914/15 Division Two Runners Up

1922 FA Cup Finalists. Goalkeeper JF Mitchell, first and last player to wear glasses in an FA Cup Final

1925 Alex James signs from Raith Rovers

1932/33 Ted Harper scores 37 goals in one season, a club record

1933 Bill Shankly signs from Carlisle United

1933/34 Division Two Runners Up

1938 PNE record attendance of 42,684 against Arsenal, 23 April

1946 Tom Finney makes his full League debut

1949 Tommy Docherty signs from Celtic

1949 Eddie Quigley signs from Sheffield Wednesday for £26,000, a British transfer record

1950/51 Division Two Champions

1957/58 League Runners Up, scored 100 League goals

1960 Tom Finney retires after 433 games for PNE

1960 FA Youth Cup Finalists. Record Youth Team attendance against Chelsea of 17,764

1961 Last First Division game at Deepdale, against Manchester United

1964 FA Cup Finalists. Howard Kendall youngest player to appear in FA Cup Final

1970/71 Division Three Champions

1977/78 Promoted from Division Three

1979 Michael Robinson sold to Man City for £765,000 (PNE record)

1982 Alex Bruce top scorer for a record tenth time

1986 Successfully applied for re-election after finishing 91st in the Football League

1986 Plastic pitch laid at Deepdale

1986/87 Division Four Runners Up

1994 Last game on plastic, versus Torquay United in the play-offs

1995 Preston North End plc admitted to Alternative Investment Market

1996 Division Three Champions. Winners of Fair Play Award

1996 Opening of the Tom Finney Stand in August, later renamed the Sir Tom Finney Stand

1996 Acquired Chorley RLFC, renamed Lancashire Lynx RLFC

1996 Raised £3.7m for ground and team development

1997 Sale of Kevin Kilbane to West Bromwich Albion for £1.2m (Club record)

1997 Record signing of 21-year-old midfielder Michael Appleton from Manchester United for £500,000 (Club record)

1998 Tom Finney awarded a Knighthood in New Years Honours List 1998 January, Gary Peters resigns as Manager and Assistant David Moyes takes the reigns

1998 June Opening of new 6,000 seater Bill Shankly Kop Stand

1998 September FIFA President Joseph Sepp Blatter visits Deepdale to perform a ground breaking ceremony for the new Football Museum.

1999 January 21,099 turn out at Deepdale to see North End take on Double Winners Arsenal Live on Sky TV. Kurt Nogan scores two goals to give the Whites the lead, but eventually lose 4-2.

1999 May North End finish 5th in Division Two, the highest League finish for 19 years, and subsequently lose to Gillingham in the play-offs

1999 October David Moyes wins Nationwide League Division Two Manager of the Month Award after the teams only defeat is a creditable 2-1 loss at Arsenal in the Worthington Cup Round Three.

2000 April North End are Division Two champions.

2000 December North End smash their transfer record to bring in David Healy from Manchester United for a fee of £1.5m rising to £1.8 subject to appearances.

2001 March Fans bid a fond farewell to standing on the Town End as stand is demolished following a 2-0 win over Wolves.

2001 November The Alan Kelly Town End is officially opened by the man himself

2001 May North End finish 4th in Division One, beating Birmingham City in the play-off semi finals before losing to Bolton in the final.

2002 March Jon Macken becomes record transfer fee received, Man City pay £5m for his services

2002 March David Moyes becomes the most expensive manager ever - going to Everton for a compensation fee of over £1m

2002 March Kelham O'Hanlon becomes Caretaker Manager as North End narrowly miss out on the play-offs

2002 June Former Scotland boss Craig Brown becomes Manager of North End

2004 September Billy Davies succeeds Craig Brown as Manager of Preston North End bringing former Republic of Ireland international David 'Ned' Kelly in as Assistant Manager

2005 May North End finish fifth in the Championship, beating Derby in the Play-Off semi finals before losing to West Ham in the final

2005 June Billy Davies and David Kelly agree new deals to keep them at the club

2006 May North End finish fifth in the Championship but lost out in the Play-Off semi-finals to Leeds United

2006 June Billy Davies leaves Preston North End to become manager of Derby County

2006 June Paul Simpson is appointed as manager of Preston North End

2007 Alan Irvine arrives at Deepdale as manager following the departure of Paul Simpson

2009 May PNE reach the play-offs on the final day of the season with a 2-1 win over QPR at Deepdale

2010 January Darren Ferguson is appointed manager following Alan Irvine's departure

2010 August Manchester United loanee Joshua King becomes the Club's 1000th player

2011 January Phil Brown succeeds Darren Ferguson as manager of Preston North End

2011 September Brandon Zibaka becomes the Club's youngest ever player by six days


Assista o vídeo: Sheffield United 2-2 Preston North End. EFL Championship highlights. Berge u0026 Morgan Gibbs goals


Comentários:

  1. Ixtli

    Você está cometendo um erro. Posso defender minha posição. Envie-me um e-mail para PM, vamos discutir.

  2. Abubakar

    Pergunta maravilhosa

  3. Weifield

    Eu acho que você não está certo. Escreva em PM, vamos conversar.

  4. Abdul-Rafi

    Devemos ser otimistas.

  5. Radnor

    Aconselho você a visitar um site no qual existem muitos artigos sobre essa questão.



Escreve uma mensagem