Joseph Hebergam

Joseph Hebergam


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Joseph Hebergam nasceu em Huddersfield em 1815. Joseph foi entrevistado por Michael Sadler e seu Comitê da Câmara dos Comuns em 1º de junho de 1832.

Pergunta: Com que idade você começou a trabalhar?

Resposta: Sete anos de idade.

Pergunta: Em qual fábrica?

Resposta: Bradley Mill de George Addison, perto de Huddersfield.

Pergunta: Quais foram suas horas de trabalho?

Resposta: Das cinco da manhã às oito da noite.

Pergunta: Que intervalos você tinha para se refrescar?

Resposta: trinta minutos ao meio-dia.

Pergunta: Você não teve tempo para o café da manhã ou refresco à tarde?

Resposta: Não, nem um minuto; tínhamos que comer nossas refeições como podíamos, em pé ou não.

Pergunta: Você teve quatorze horas e meia de trabalho de parto real, aos sete anos de idade?

Resposta: sim.

Pergunta: Você ficou muito sonolento e com sono no final do dia?

Resposta: Sim; que começou por volta das três horas; e foi piorando e piorando, e ficou muito ruim por volta das seis e sete.

Pergunta: Quanto tempo demorou para que o trabalho de parto fizesse efeito na sua saúde?

Resposta: meio ano.

Pergunta: Como isso afetou seus membros?

Resposta: Quando trabalhei cerca de meio ano, uma fraqueza caiu em meus joelhos e tornozelos: continuou, e foi piorando cada vez mais.

Pergunta: A que distância você mora da fábrica?

Resposta: Uma boa milha.

Pergunta: Foi doloroso para você se mover?

Resposta: Sim, pela manhã eu mal conseguia andar, e meu irmão e minha irmã costumavam, por gentileza, me pegar debaixo de cada braço e correr comigo para o moinho, e minhas pernas arrastavam no chão; por causa da dor, eu não conseguia andar.

Pergunta: Você às vezes se atrasava?

Resposta: Sim, e se estivéssemos cinco minutos atrasados, o supervisor pegaria uma correia e nos espancaria até ficarmos pretos e azuis.

Pergunta: Quando seu irmão começou a trabalhar na fábrica?

Resposta: John tinha sete anos.

Pergunta: Onde seu irmão John está trabalhando agora?

Resposta: Ele morreu há três anos.

Pergunta: Que idade ele tinha quando morreu?

Resposta: dezesseis anos e oito meses.

Pergunta: A que sua morte foi atribuída?

Resposta: Ele morreu de uma doença na coluna depois de trabalhar muitas horas na fábrica?

Pergunta: Seus assistentes médicos afirmaram que o problema na coluna se devia ao fato de ele ter trabalhado tanto na fábrica?

Resposta: sim.

Pergunta: Você descobriu que, no geral, ficou doente, deformado e miserável pelo sistema fabril?

Resposta: sim. Se eu tivesse mil libras, daria para usar novamente meus membros.


Revolução Industrial Dbq

A Revolução Industrial teve um efeito positivo e negativo no novo mundo. Trazendo muitas novas invenções, fábricas e transporte. As fábricas produziam itens com mais rapidez e a nova invenção de navios e veículos fez o comércio se mover mais rápido e mais longe.

Isso tudo foi um efeito positivo no mundo? Alguns argumentariam que não. No documento 1, vemos um trecho de uma entrevista com um homem (Joseph Hebergam) que trabalhava em uma das várias fábricas. Joseph foi diagnosticado com uma doença nos pulmões e tem extensas lesões nervosas nas pernas. Na entrevista, ele afirma que pegou essa doença de toda a poeira e poluição do ar das fábricas, e morreria em um ano.

O documento 1 também fornece informações sobre a taxa de mortalidade de crianças nas fábricas. Em pouco mais de um ano, uma dúzia de crianças foram mortas. Mas então, no Documento 2, somos informados por Andrew Ure que as crianças estão muito felizes nas fábricas, absolutamente nenhum abuso infantil e, quanto à exaustão, nada visível. O mesmo para o Documento 5, as crianças são bem alimentadas e educadas. São dois pontos de vista diferentes sobre as fábricas e seus trabalhadores. Tornando difícil saber qual ouvir.

No Documento 3, o autor está incentivando as fábricas e dizendo que a Revolução Industrial está melhorando as comunidades e as vidas em todo o mundo. Tornando casas, roupas, alimentos e muitos outros equipamentos mais rápidos e seguros. Viajar também ficou mais barato e fácil. As fábricas deram às mulheres e crianças lugares para trabalhar e receber pagamento. As mulheres nas fábricas estavam bem vestidas e limpas conforme consta do documento 6.

Favela: uma parte degradada, esquálida e densamente povoada de uma cidade, habitada por pessoas pobres. O Documento 7 afirma que "Cada cidade tem uma ou mais áreas de favela onde os trabalhadores lutam pela vida da melhor maneira possível, longe da vista das classes mais afortunadas da sociedade" (As condições da classe trabalhadora na Inglaterra) Em torno da maioria das fábricas na Inglaterra e .


Revolução Industrial Dbq

A Revolução Industrial foi um período em que surgiram muitas coisas boas, mas ao mesmo tempo ocorreram muitas coisas terríveis. Embora tenham ocorrido alguns eventos infelizes, como trabalho infantil brutal, condições de trabalho precárias e inseguras e efeitos físicos de longo prazo das condições de trabalho inseguras, tudo resultou em um resultado positivo. A Revolução Industrial em geral teve um efeito positivo na sociedade, por meio das leis trabalhistas, dos avanços da tecnologia e do excedente de oportunidades de emprego.
As leis trabalhistas tiveram um efeito importante na vida de muitas pessoas, principalmente das crianças. Antes que as leis trabalhistas fossem aplicadas, homens, mulheres e crianças tinham que trabalhar muitas horas em ambientes hostis. As crianças eram ignorantes e não o fizeram.

Tanto a primeira como a segunda Revolução Industrial foram o berço de muitos avanços na tecnologia. Um dos avanços da tecnologia é a linha de montagem. Henry Ford foi o criador da linha de montagem. Antes da linha de montagem ser inventada, um homem tinha que fazer o trabalho de cinco homens. Isso significava que a quantidade de produtos produzidos era muito pequena. “Uma pessoa [estava] executando todas as cinco etapas necessárias na fabricação de um produto pode fazer uma unidade (Documento 4)”. Agora, com a linha de montagem e cinco homens trabalhando no mesmo produto, a produtividade aumentou e, em vez de ter apenas um produto sendo produzido, há dez sendo produzidos no mesmo período de tempo. A linha de montagem é algo que ainda hoje é usado, e é o caminho mais rápido para grandes quantidades de produtos produzidos. Outro avanço da tecnologia foi a ferrovia. A Ferrovia ajudou a exportar produtos de forma mais rápida e eficiente. Também possibilitou a visita de famílias que moravam em todo o país. “Ir da cidade de Nova York para São Francisco levava seis dias, [quando] antes… a viagem levava um mês. (Documento 5) ”. “À medida que a Revolução Industrial se espalhou para os Estados Unidos ... as fábricas [começaram a] aparecer (Documento 3).” As fábricas podem não parecer muito revolucionárias porque estão em toda parte agora, mas tiveram que começar de algum lugar. As fábricas aumentaram a produtividade e proporcionaram fácil acesso às mercadorias. As fábricas também forneceram muitos.


O Relatório do Comitê Sadler

A nova fábrica de manufatura do século 19 resultou em grandes mudanças na vida profissional dos europeus. As condições de trabalho eram muito mais perigosas e extenuantes do que o trabalho agrícola tradicional. Em 1832, o Parlamento do Reino Unido realizou audiências (sob David Sadler) para investigar abusos e preocupações. Alguns trechos do testemunho estão abaixo.

Provas apresentadas perante o Comitê Sadler

Joshua Drake, chamado e examinado.

Você diz que prefere trabalho moderado e salários mais baixos. Você está confortável com seu salário atual?
& # 8211Não tenho salário, mas dois dias por semana no momento, mas quando estou trabalhando em alguns empregos, podemos ganhar um pouco, e em outros fazemos muito mal.

Quando uma criança chega aos 3 anos. por semana, isso vai muito para sua subsistência?
& # 8211Não, não o manterá como deveria.

Quando eles obtiveram 6s. ou 7s. quando eram pieceners, se reduzissem as horas de trabalho, não obteriam menos?
& # 8211Eles receberiam meio penny a menos por dia, mas eu preferia ter menos salários e menos trabalho.

Você recebe alguma assistência paroquial?
& # 8211Não.

Por que você permite que seus filhos trabalhem em lugares onde são maltratados ou trabalham em excesso?
& # 8211A necessidade obriga um homem que tem filhos a deixá-los trabalhar.

Então você não permitiria que seus filhos fossem para essas fábricas sob o sistema atual, se não fosse por necessidade?
& # 8211Não.

Supondo que houvesse uma lei aprovada para limitar as horas de trabalho a oito horas por dia, ou algo assim, é claro que você sabe que um fabricante não poderia pagar-lhes o mesmo salário?
& # 8211Não, suponho que não, mas ao mesmo tempo prefiro tê-lo, e acredito que me daria um emprego e se perdesse 5d. um dia do trabalho dos meus filhos e # 8217, e eu ganhasse meia coroa, seria melhor.

Como isso o colocaria em um emprego?
& # 8211Encontrando mais empregos nas máquinas, e o trabalho sendo mais regularmente difundido no exterior e dividido entre o povo em geral. Um homem agora sai regularmente para a rua, enquanto outro homem corre dia e noite.

Quer dizer que se os fabricantes limitassem as horas de trabalho, eles empregariam mais gente?
& # 8211Sim.

Sr. Matthew Crabtree, chamado e examinado.

Quantos anos você tem?
& # 8211Vinte e dois.

Qual é a tua ocupação?
& # 8211 Um fabricante de cobertores.

Você já trabalhou em uma fábrica?
& # 8211Sim.

Com que idade você começou a trabalhar em um?
& # 8211Oito.

Quanto tempo você continuou nessa ocupação?
& # 8211Quatro anos.

Você vai indicar as horas de trabalho no período em que foi à fábrica pela primeira vez, em tempos normais?
& # 8211De 6 da manhã às 8 da noite.

14 horas?
& # 8211Sim.

Com que intervalos para refresco e descanso?
& # 8211Uma hora ao meio-dia.

Quando o comércio era forte, quais eram suas horas?
& # 8211De 5 da manhã às 9 da noite.

Dezesseis horas?
& # 8211Sim.

Com que intervalos no jantar?
& # 8211Uma hora.

A que distância você mora da fábrica?
& # 8211Sobre duas milhas.

Houve algum tempo para você tomar seu café da manhã na fábrica?
& # 8211Não.

Você tomou antes de sair de casa?
& # 8211Geralmente.

Durante aquelas longas horas de trabalho de parto você conseguiu ser pontual, como você acordou?
& # 8211Eu raramente acordava espontaneamente, geralmente era acordado ou levantado da cama, às vezes dormindo, por meus pais.

Você estava sempre no tempo?
& # 8211Não.

Qual foi a conseqüência se você tivesse chegado tarde demais?
& # 8211Eu era mais comumente espancado.

Severamente?
& # 8211Muito severamente, pensei.

Nessas fábricas, o castigo até a última parte do dia continua perpetuamente?
& # 8211Perpetualmente.

De modo que dificilmente você pode estar em um moinho sem ouvir o choro constante?
& # 8211Nunca uma hora, eu acredito.

Você acha que se o supervisor fosse uma pessoa naturalmente humana, ainda seria necessário que ele batesse nas crianças, a fim de manter sua atenção e vigilância ao término daqueles dias extraordinários de trabalho?
& # 8211Sim, a máquina desliga uma quantidade regular de cardagens e, claro, eles devem manter o trabalho regularmente durante todo o dia que devem manter com a máquina e, portanto, por mais humana que a pasta possa ser, como ele deve manter com a máquina ou ser achado defeituoso, ele estimula as crianças a acompanharem também por vários meios, mas o que ele comumente recorre é amarrá-las quando ficam sonolentas.

No momento em que foi espancado por não acompanhar o seu trabalho, você estava ansioso para tê-lo feito, se fosse possível?
& # 8211Sim, o medo de sermos espancados se não pudéssemos continuar com nosso trabalho foi um impulso suficiente para nos obrigar a fazê-lo, se pudéssemos.

Quando você chegou em casa à noite após o parto, você se sentiu muito cansada?
& # 8211Muito.

Você teve algum tempo para estar com seus pais e receber instruções deles?
& # 8211Não.

O que você fez?
& # 8211Tudo o que fizemos quando chegamos em casa foi pegar o pouco do jantar que nos foi providenciado e ir para a cama imediatamente. Se a ceia não estivesse pronta imediatamente, deveríamos ter ido dormir enquanto ela se preparava.

Você não sentiu, como uma criança, uma dificuldade muito dolorosa ser despertado tão cedo pela manhã?
& # 8211Eu fiz.

O resto das crianças passou por circunstâncias semelhantes?
& # 8211Sim, todos eles, mas eles não estavam todos tão distantes de seu trabalho quanto eu.

E se você tivesse chegado tarde demais, estaria sob o temor de ser cruelmente espancado?
& # 8211Eu geralmente apanhava quando acontecia de ser tarde demais e quando me levantava de manhã a apreensão era tão grande, que costumava correr e chorar o tempo todo enquanto ia ao moinho.

Sr. John Hall, chamado e examinado.

Você poderia descrever ao Comitê a posição em que as crianças se enfrentam em um moinho penteado, pois isso pode servir para explicar o número e a gravidade dos casos de distorção que ocorrem?
& # 8211 No topo do fuso há uma mosca que atravessa, e a criança segura a mosca pela bola de sua mão esquerda, e ela joga o ombro esquerdo para cima e o joelho direito para dentro ele tem o fio para pegar a mão direita, e ele tem que abaixar sua cabeça para ver o que ele está fazendo, eles jogam o joelho direito para dentro daquela maneira, e todas as crianças que eu vi, que dobram o joelho direito. Eu conheci uma família, toda a qual foi dobrada para fora como uma reclamação familiar, e um desses meninos foi enviado para um moinho de lã, e primeiro ele endireitou o joelho direito, e então ficou torto do outro lado .

Elizabeth Bentley, chamada e examinada.

Quantos anos você tem?
& # 8211Vinte e três.

Onde você mora?
& # 8211 Em Leeds.

A que horas você começou a trabalhar em uma fábrica?
& # 8211Quando eu tinha seis anos.

Em que fábrica você trabalhou?
& # 8211Mr. Busk & # 8217s.

Que tipo de moinho é?
& # 8211Flax-mill.

Qual era o seu negócio naquela fábrica?
& # 8211Eu era um pouco trocista.

Quais foram suas horas de trabalho naquela fábrica?
& # 8211 Das 5 da manhã às 9 da noite, quando estavam aglomerados.

Por quanto tempo juntos vocês trabalharam tanto tempo?
& # 8211Por cerca de meio ano.

Quais eram os seus horários habituais quando não estava tão lotado?
& # 8211 Das 6 da manhã às 7 da noite.

Qual é o horário das suas refeições?
& # 8211 Quarenta minutos ao meio-dia.

Você teve algum tempo para tomar seu café da manhã ou beber?
& # 8211Não, conseguimos o que podíamos.

E quando seu trabalho era ruim, você mal tinha tempo para comer?
& # 8211Não éramos obrigados a deixá-lo ou levá-lo para casa, e quando não o levamos, o supervisor pegou e deu aos porcos.

Você considera abandonar um emprego trabalhoso?
& # 8211Sim.

Explique o que você teve que fazer?
& # 8211Quando as armações estão cheias, eles têm que parar as armações e tirar os panfletos, e tirar as bobinas cheias e carregá-las para o rolo e então colocar as vazias e colocar a estrutura em funcionamento novamente.

Isso o mantém constantemente em pé?
& # 8211Sim, há tantos quadros e eles são executados muito rápido.

Seu trabalho é muito excessivo?
& # 8211Sim, você não tem tempo para nada.

Suponha que você tenha sinalizado um pouco ou chegado tarde demais, o que eles fariam?
& # 8211Ajuste-nos.

Eles têm o hábito de amarrar os últimos a trocá-los?
& # 8211Sim.

Constantemente?
& # 8211Sim.

Meninas e meninos?
& # 8211Sim.

Você já foi amarrado?
& # 8211Sim.

Severamente?
& # 8211Sim.

Você poderia comer bem sua comida naquela fábrica?
& # 8211Não, na verdade eu não tinha muito o que comer, e do pouco que eu tinha não podia comer, meu apetite era tão pobre, e estando coberto de poeira e não adiantava levar pra casa, eu não conseguia comer, e o supervisor pegou e deu aos porcos.

Você está falando do café da manhã?
& # 8211Sim.

Quão longe você teve que ir para o jantar?
& # 8211Não podíamos ir para casa jantar.

Onde você jantou?
& # 8211Na fábrica.

Você mora longe da fábrica?
& # 8211Sim, duas milhas.

Você tinha um relógio?
& # 8211Não, não tínhamos.

Supondo que você não tenha chegado a tempo de manhã nessas fábricas, qual seria a consequência?
& # 8211 Devíamos ter sido esquartejados.

O que você quer dizer com isso?
& # 8211Se estivéssemos um quarto de hora atrasados, eles tirariam meia hora, nós só tínhamos um centavo por hora, e eles levariam mais meio centavo.

A multa foi muito mais considerável do que a perda de tempo?
& # 8211Sim.

Você também foi espancado por ser tarde demais?
& # 8211Não, eu nunca fui espancado, eu vi os meninos espancados por ser tarde demais.

Em geral, você chegou a tempo?
& # 8211Sim, minha mãe estava acordada às 4h & # 8217clock da manhã, e às 2h & # 8217clock da manhã os mineiros costumavam ir para o trabalho cerca de 3h ou 4h & # 8217clock, e quando ela os ouvia mexendo, ela tinha levantou-se de sua cama quente, saiu e perguntou-lhes as horas e às vezes estive no Hunslet Car às 2h & # 8217 da manhã, quando estava chovendo forte, e tivemos que ficar até o moinho estava aberto.

Peter Smart, chamado e examinado.

Você disse que foi trancado dia e noite?
& # 8211Sim.

As crianças já tentaram fugir?
& # 8211Muito frequentemente.

Eles foram empurrados e trazidos de volta?
& # 8211Sim, o superintendente os perseguiu e os trouxe de volta.

Você já tentou fugir?
& # 8211Sim, fugi duas vezes.

E você foi trazido de volta?
& # 8211Sim e eu fui mandado para o loft do mestre & # 8217s, e surrado com um chicote por fugir.

Você estava ligado a este homem?
& # 8211Sim, por seis anos.

Por quem você estava vinculado?
& # 8211Minha mãe tem 15 anos. pelos seis anos.

Você sabe se as crianças foram, de fato, obrigadas a parar durante todo o período de noivado?
& # 8211Sim, eles eram.

Por lei?
& # 8211Eu não posso dizer por lei, mas eles foram obrigados pelo mestre. Eu nunca vi nenhuma lei usada ali, exceto a lei de suas próprias mãos.

Para qual fábrica você foi em seguida?
& # 8211Para o Sr. Webster & # 8217s, em Battus Den, a onze milhas de Dundee.

Em que situação você atuou aí?
& # 8211 Atuei como superintendente.

Aos 17 anos?
& # 8211Sim.

Você infligiu a mesma punição que você mesmo experimentou?
& # 8211Fui como supervisor, não como escravo, mas como condutor de escravos.

Quais foram as horas de trabalho naquela fábrica?
& # 8211Meu mestre me disse que eu tinha que produzir uma certa quantidade de fio, as horas eram naquela época quatorze. Eu disse que não era capaz de produzir a quantidade de fio que era necessária. Eu disse a ele se ele tirasse o relógio do moinho eu produziria aquela quantidade, e depois desse tempo não encontrei nenhuma dificuldade em produzir a quantidade.

Há quanto tempo você trabalha por dia para produzir a quantidade necessária de seu master?
& # 8211Eu trabalhei dezenove horas.

Isso era um moinho de água?
& # 8211Sim, água e vapor.

A que horas você trabalhou?
& # 8211Eu vi o moinho funcionando até passar das 12h & # 8217 na noite de sábado.

Para que o moinho ainda funcionasse no sábado de manhã?
& # 8211Sim.

Os operários eram pagos por peça ou por dia?
& # 8211Não, todos tinham salários declarados.

Isso quase não o obrigou a usar grande severidade com as mãos então sob você?
& # 8211Sim, muitas vezes fui compelido a vencê-los, a fim de levá-los a prestar atenção em seu trabalho, por estarem sobrecarregados.

As crianças não estavam extremamente cansadas naquela época?
& # 8211Sim, extremamente cansado.

As crianças foram amarradas da mesma maneira naquele moinho?
& # 8211Não estavam vinculados do final de um ano & # 8217 ao outro, por doze meses.

Você manteve as mãos trancadas da mesma forma naquele moinho?
& # 8211Sim, fechamos a fábrica, mas não fechamos a ambos.

Você descobriu que as crianças não conseguiam realizar seu trabalho de maneira adequada até esse ponto?
& # 8211Sim, eles foram levados a essa condição, que eu fui e procurei o médico para ver o que estava acontecendo com eles, e para saber se eles eram capazes de se levantar ou não, eles não estavam em todos capazes de subir, tivemos grande dificuldade em fazê-los subir.

Quando foi esse o caso, há quanto tempo eles estão na cama, em geral?
& # 8211Talvez não mais de quatro ou cinco horas em suas camas.

Fonte: Parliamentary Papers, 1831-1832, vol. XV. pp. 44, 95-97, 115, 195, 197, 339, 341-342, reimpresso em Jonathan F. Scott e Alexander Baltzly, eds., Readings in European History Since 1814 (Nova York: Appleton-Century-Crofts, Inc ., 1930.


Ensaio de DBQ da Revolução Industrial

A Revolução Industrial teve um grande impacto nas pessoas nos anos 1700 e 1800. Esse período de tempo determinou o ritmo para que produtos e alimentos se tornassem mais fáceis do que antes, mais seguros do que antes e também mais eficientes do que antes. Todas as invenções surgidas durante esse período influenciariam muito a maneira como as coisas são feitas hoje. Com a revolução industrial, surgiram muitas oportunidades de emprego para homens e, mais importante ainda, para mulheres. O argumento agora é se a revolução industrial levou a uma revolução sexual. Historiadores como Edward Shorter, que acredita que novas oportunidades de emprego para mulheres solteiras aumentaram a liberdade sexual e aumentaram a taxa de ilegitimidade. Outros historiadores, Till, Scott e Cohen discordaram de Shorter e argumentaram que as mulheres solteiras daquele período trabalhavam para colocar comida na mesa e não para ganhar liberdade pessoal. Suas opiniões em ascensão.

Um dos motivos dessa revolução sexual, segundo Shorter, é o egoísmo. O egoísmo é o interesse próprio e Shorter disse que o sistema do mercado livre só teria sucesso se os compradores e vendedores agissem de maneiras que apenas se promovessem. A descrição mais curta da relação de "gangorra" é quando se tem um equilíbrio entre interesse próprio e obrigação para com a comunidade. No início da revolução industrial, a “gangorra” foi para a obrigação familiar, mas no final ela “cambaleou” para o fim do interesse próprio. Ele também acreditava que, como ocorreu a individualização, a experimentação sexual também surgiu. Homens e mulheres da classe baixa não tinham obrigações, portanto, eles experimentavam uns com os outros, levando ao aumento da ilegitimidade. “Cuidado com a atitude número um”, é outra frase que Shorter usou para descrever o papel das mulheres como indo da impotência e dependência à plenitude.


2-4: Conseqüências Parte 2

Contexto histórico: A Revolução Industrial, que começou na Inglaterra no final dos anos 1700, teve uma ampla gama de efeitos positivos e negativos na vida econômica e social do povo da Inglaterra. Esses resultados foram interpretados a partir de uma variedade de perspectivas - os operários, os proprietários das fábricas, o governo e outros que observavam as condições nas cidades industriais da época.

Analise os seguintes documentos que descrevem os efeitos da Revolução Industrial e responda às 8 perguntas que se seguem.

Documento 1: A seguir está um trecho do testemunho de William Cooper perante o Comitê Sadler em 1832.

Cooper: Tenho vinte e oito anos.

Sadler: Quando você começou a trabalhar em fábricas?

Cooper: Quando eu tinha dez anos.

Sadler: Quais eram suas horas normais de trabalho?

Cooper: Começamos às cinco da manhã e paramos às nove da noite.

Sadler: Que horas você tinha para as refeições?

Cooper: Tínhamos apenas um período de quarenta minutos nas dezesseis horas. Isso foi ao meio-dia.

Sadler: O que foi feito para mantê-lo acordado e atento?

Cooper: Às vezes, éramos frequentemente amarrados.

Sadler: Quando suas horas eram tão longas, você tinha tempo para frequentar uma escola diurna?

Cooper: Não tivemos tempo para ir à escola hoje.

Sadler: Você sabe ler e escrever?

Cooper: Eu posso ler, mas não posso escrever.

Perguntas: Este depoimento descreve os efeitos positivos ou negativos da Revolução Industrial? Descreva os efeitos da industrialização nas crianças que trabalham na fábrica .

Documento 2:Trecho do testemunho de Joseph Hebergam ao Comitê Sadler.

Sadler: Qual é a natureza da sua doença?

Hebergam: Eu danifiquei os pulmões. Os músculos das minhas pernas não funcionam corretamente e não suportam o peso dos meus ossos.

Sadler: Um médico disse a você que você morrerá dentro de um ano, correto?

Hebergam: Disseram-me isso.

Sadler: Ele te contou a causa de sua doença?

Habergam: Ele me disse que era causado pela poeira nas fábricas e pelo excesso de trabalho e dieta insuficiente.

Sadler: A que foi atribuída a morte dele (do seu irmão)?

Hebergam: Ele foi cortado por uma máquina e morreu de infecção.

Sadler: Você conhece outras crianças que morreram no Moinho?

Hebergam: Houve cerca de uma dúzia de mortos durante os dois anos e meio em que estive lá. Na fábrica onde trabalhei pela última vez, um menino foi pego em uma máquina e teve ambos os ossos da coxa quebrados e do joelho ao quadril a carne foi rasgada da mesma forma que tinha sido cortada por uma faca. Sua mão estava machucada, seus olhos quase arrancados e seus braços quebrados. Sua irmã, que correu para tirá-lo, teve os dois braços quebrados e a cabeça machucada. O menino morreu. Não sei se a menina morreu, mas não se esperava que ela vivesse.

Sadler: O acidente ocorreu porque o poço não estava coberto?

Perguntas: Este testemunho descreve os efeitos positivos ou negativos da Revolução Industrial? Qual foi o efeito das condições de trabalho sobre os trabalhadores?

Documento 3: Este trecho é de The Philosophy of Manufacturers, de Andrew Ure, 1835.

Visitei muitas fábricas, tanto em Manchester como nos distritos vizinhos, e nunca vi um único exemplo de castigo corporal [espancamento] infligido a uma criança. Eles pareciam estar sempre alegres e alertas, tendo prazer com o jogo leve de seus músculos & # 8230. Quanto à exaustão, eles não mostraram nenhum traço disso ao saírem da fábrica à noite, pois começaram a pular & # 8230. Além disso, tenho a firme convicção [de que as crianças prosperariam melhor quando empregadas em nossas fábricas modernas do que se deixados em casa em apartamentos muitas vezes mal arejados, úmidos e frios.

Pergunta: Como Andrew Ure descreve as condições nas fábricas que visitou?

Documento 4: Este excerto é de O companheiro do trabalhador legendado Os resultados da maquinaria, ou seja, da produção barata e do aumento do emprego. Foi publicado em 1831.

Você está cercado, como temos mostrado constantemente ao longo deste livro, com um número infinito de confortos e conveniências que não existiam há dois ou três séculos e esses confortos não são usados ​​apenas por alguns, mas estão ao alcance de quase todos homens. Todos os dias acrescentam algo ao seu conforto. Nossas casas são melhor construídas, suas roupas são mais baratas, você tem uma infinidade de utensílios domésticos. Você pode viajar barato de um lugar para outro, e não apenas viajar com menos despesas, mas viajar dez vezes mais rápido do que há duzentos anos.

Pergunta: Segundo este autor, os efeitos da Revolução Industrial foram positivos ou negativos? Cite três detalhes do trecho para apoiar sua resposta.

Documento 5: Esta descrição é de um panfleto publicado em 1797 pela Sociedade para Melhorar as Condições e Aumentar o Conforto dos Pobres.

A aldeia contém cerca de 1500 habitantes, dos quais todos são capazes de trabalhar são empregados nas e perto das fábricas. Destes, existem 500 crianças que são inteiramente alimentadas, vestidas e educadas por Mr.Dale. Os outros moram com os pais na aldeia e recebem uma bolsa semanal para o trabalho. A aparência saudável dessas crianças freqüentemente atrai a atenção do viajante. Regulamentos especiais, adotados pelo Sr. Dale, tornaram esta fábrica muito diferente das outras neste reino. Das quase 3.000 crianças empregadas nas fábricas de 1785 a 1797, apenas catorze morreram.

Pergunta: Que benefícios foram fornecidos às pessoas desta aldeia?

Documento 6: Isso exceto, de Manchester em 1844, foi escrito por Leon Faucher (Frank Cass & amp Co. Ltd., 1969) após sua visita a cidades industriais inglesas.

A pequena cidade de Hyde era no início do século, um pequeno vilarejo de apenas 800 habitantes, no cume de uma colina árida, cujo solo não dava comida suficiente para os habitantes. Os irmãos Ashton povoaram e enriqueceram este deserto & # 8230.Mr. T. Ashton emprega 1.500 trabalhadores [em suas fábricas]. As moças estão bem e decentemente vestidas & # 8230. As casas habitadas pelos trabalhadores formam ruas longas e largas. O Sr. Ashton construiu 300 deles, que ele aluga por & # 8230 75 centavos por semana & # 8230. Em todos os lugares deve-se observar uma limpeza que indica ordem e conforto.

Pergunta: O que Leon Faucher observou quando visitou Hyde?

Documento 7: Este excerto de As Condições da Classe Trabalhadora na Inglaterra foi escrito por Friedrich Engels depois de visitar uma cidade industrial inglesa em 1844.

Toda grande cidade tem uma ou mais favelas onde os trabalhadores lutam pela vida da melhor maneira possível, longe da vista das classes mais afortunadas da sociedade. As favelas & # 8230 são geralmente áreas selvagens não planejadas de um ou dois andares. Sempre que possível, estes possuem caves que também são utilizadas como habitação. As ruas geralmente não são asfaltadas, cheias de buracos, imundas e cheias de lixo. Como não têm calhas nem ralos, o lixo se acumula em poças estagnadas e fedorentas. A vista de Manchester é bastante típica. O rio principal é estreito, negro como o carvão e cheio de sujeira fedorenta e lixo que deposita em sua margem & # 8230. Caminha-se ao longo de um caminho muito acidentado na margem do rio para chegar a um grupo caótico de pequenas cabanas de uma história e um cômodo & # 8230. Em frente às portas, abundava a sujeira e o lixo & # 8230.

Perguntas: O que Engels observou ao visitar uma cidade industrial inglesa? Por que Engels se concentrou nos resultados negativos da industrialização?

Documento 8: Esta tabela mostra Produção de ferro britânica (1740-1900).

Produção de ferro britânica (1740-1900)
1740 17.350 toneladas
1796 125.079 toneladas
1839 1.248.781 toneladas
1854 3.100.000 toneladas
1900 9.000.000 toneladas

Pergunta: Descreva a produção britânica de ferro entre 1740-1900. Este é um efeito positivo ou negativo da Revolução Industrial? Explique.

CONJUNTO DE ENRIQUECIMENTO

Agora que você analisou os documentos, responda ao prompt abaixo escrevendo uma declaração de tese e um esboço dos parágrafos do corpo. Seus parágrafos corporais devem incluir seu ponto principal e como os documentos apoiarão sua posição. Exemplo: o documento A é uma entrevista realizada para investigar o trabalho infantil. Esta é uma evidência de & # 8230

PROMPT: Como a Revolução Industrial impactou a vida do trabalhador médio na Europa?


Ensaio sobre Alexander Hamilton & # x27s Vision Of Industrialized America

Durante o início de 1800, os Estados Unidos estavam se transformando na visão de Alexander Hamilton de uma América industrializada. No livro Sam Patch, The Famous Jumper, ele mostra uma boa ilustração de como a América operava durante o período da República Antiga de 1800-1837. Essa mudança na América trouxe alvoroço entre as pessoas e tornou a América dependente do trabalho das manufaturas. As condições nas fábricas eram intoleráveis ​​e nada seguras para nenhum trabalhador. Os efeitos da industrialização na América tiveram um grande impacto nas instituições de liberdade e igualdade, não permitindo que os trabalhadores fossem razoáveis ​​com seu empregador e causando dificuldades aos trabalhadores.


Efeitos negativos da revolução industrial

Durante o início de 1800, a industrialização começou na Europa e resultou na transformação da vida humana em todo o mundo por meio de mudanças culturais, sociais e econômicas. O progresso gerado pela Revolução Industrial resultou em avanços como produção mais rápida de bens, medicina moderna e melhor transporte. Os sistemas ferroviários foram colocados em prática e permitiram que as transações e o comércio fossem feitos mais rápido do que nunca, devido às melhorias de James Watt na máquina a vapor. Ferramentas de comunicação como


Joseph

Nossos editores irão revisar o que você enviou e determinar se o artigo deve ser revisado.

Joseph, in the Old Testament, son of the patriarch Jacob and his wife Rachel. As Jacob’s name became synonymous with all Israel, so that of Joseph was eventually equated with all the tribes that made up the northern kingdom. According to tradition, his bones were buried at Shechem, oldest of the northern shrines (Joshua 24:32). His story is told in Genesis (37–50).

Joseph, most beloved of Jacob’s sons, is hated by his envious brothers. Angry and jealous of Jacob’s gift to Joseph, a resplendent “coat of many colours,” the brothers seize him and sell him to a party of Ishmaelites, or Midianites, who carry him to Egypt. There Joseph eventually gains the favour of the pharaoh of Egypt by his interpretation of a dream and obtains a high place in the pharaoh’s kingdom. His acquisition of grain supplies enables Egypt to withstand a famine. Driven by the same famine, his brothers journey from Canaan to Egypt to obtain food. They prostrate themselves before Joseph but do not recognize him. After Joseph achieves a reconciliation with his brothers, he invites Jacob’s whole household to come to Goshen in Egypt, where a settlement is provided for the family and their flocks. His brothers’ sale of Joseph into slavery thus proves providential in the end, since it protected the family from famine. The family’s descendants grew and multiplied into the Hebrews, who would eventually depart from Egypt for Israel.

The story of Joseph, often called a novella, is a carefully wrought piece of literary craftsmanship. Though it features the personality of Joseph, it is introduced (Genesis 37:2) as the “history of the family of Jacob.” Authorities agree that parts of the story show dependence upon the ancient Egyptian “Tale of Two Brothers,” but in characteristically Hebraic fashion, the narrator in Genesis has ignored the mythical and magical motifs in the Egyptian tale, and the focus of the outcome is placed on its meaning for the whole house of Israel.

The purpose of the story is to relate the preservation of Israel. Its people survive despite their own foolishness and wickedness, indeed, ironically, in part because of these. The story is told as a testimony to the operation of divine providence: “. . . you meant evil against me but God meant it for good . . . ” (Genesis 50:20) sums up its moral. But while the Lord had turned the provocations of the spoiled son and the jealousy and deceptions of his brothers to good account, he had realized his end through the faithfulness of Joseph, true to Israel’s ideals under all circumstances and ever mindful of his obligations to his people. Joseph has served throughout the ages as the model for the “court Jew,” the Israelite in a position of power who acts to rescue and help his people.


The Industrial Revolution A Blessing to the Common Man

Since the dawn of creation all goods were constructed by hand. It was a drastic shift from simple hand tools to power machinery that changed the world forever. This radical change came to be known as the Industrial Revolution?for it had an astounding affect on the economic, political, and social spheres of the nineteenth century. Before the eighteenth century England was primarily an agrarian society. Though some were wealthy landholders, the majority of Englishmen were impoverished. For the most part life revolved around the agricultural process of planting, cultivating, harvesting, and processing the harvest. Despite the inherent difficulties of this lifestyle, this routine seldom changed between generations and provided a sense of stability. Once the Enclosure Act was passed the small landowners were forced to give up their land. With Enclosure, all land owners had to pay a flat tax on their land and were required to have their land fenced and surveyed. Since only large landowners were able to afford the expenses most of the people migrated to the cities were the conditions were disastrous. Before the Industrial Revolution, rural workers constantly lived with the fear of crop failure. ?If there was a food shortage, they were the first to suffer and in famine they were the first to die? (Tierney 197).

Disclaimer: This work has been submitted by a student. This is not an example of the work written by professional academic writers. Here you can order a professional work. (Find a price that suits your requirements)

* Save 10% on First Order, discount promo code "096K2"

Yet, death from starvation was uncommon. Instead malnutrition imposed from a balanced diet was widespread. This of course led to the inability of peasants to fight diseases, and thus epidemics ensued. The Industrial Revolution was the mediator of the problems in the cities. At the start of the revolutions, 1790 to 1815, prices and especially wages grew steeply. Due to the Seven Year?s War with France the prices steadily rose, but to counter it the wages also rose. After the war with France ended, the prices went back down very sharply while the wages seemingly remained constant. ?But before the end of the war (as Professor Silberling has shown) industrial wages in England caught up with retail prices, and in the ?twenties the gain was pronounced? (254).

The Essay on Industrial Revolution 8

Industrial Revolution is regarded as a very important period in human development which occurred in the period towards the end of the 18th century stretching to the 19th century. Industrial revolution is said to have begun in the United Kingdom and later spread to other parts of the world including the rest of Europe, North America amongst other parts of the world. During this period there were .

For the bulk of the Industrial Revolution, wages were higher than the prices. Higher wages left ?the poor-rate is very decidedly lower in the manufacturing than in the agricultural districts? (244).

It seems that it was better to work in factories rather than in the country and live as a peasant.

The increase in wages led to higher standard of living for the rural workers. The increase in wages allowed people to accumulate money and spent the money on other things other than necessities. Even though money people spent their money on necessities, the necessities were cheaper due to the revolution. The Industrial Revolution brought along a rise in general commodities. ??the return cargoes did not consist, in the main, of wines and silks, but of sugar, grain, coffee, and tea for the people at large? (254).

These new imports led to lower prices in all sorts of necessities, from food, shelter, and clothing. The textile industry was able to produce cheaper clothing for the working class of the nation. Not only was it cheaper but it was easier to clean and lasted longer. Since there was more money left over the rural workers were now able to afford meat and other healthy items, which led to a longer life. As people were becoming rich from these business ventures, the average life span increased as a result of man?s reliance on machines. ?Reduced manorial labor through machinery that performed miracles of strength, speed, and precision? accounted for the improved lifestyle. Eventually, the higher wages led to a longer, happier life and a higher standard of living. It is obvious that over the course of the Industrial Revolution, death rates in England decreased which in turn caused a population increase. Even though, the mortality rate is still greater in the cities rather than in the country, there is now only a slight difference between them. ?There is the best reason to believe that the annual mortality of Manchester, about the middle of the last century, was one in twenty-eight. It is now reckoned at forty-five? (245).

The Essay on Industrial Revolution Factories Document Children

Documents that i will use to evaluate the positive and negative effects of the Industrial Revolution. Document #1: Excerpt from William Coopers testimony before the Sadler committee in 1832. Document #2: Excerpt from the testimony of Joseph Hebergam to the Sadler Committee. Document #3: Excerpt from "The Philosophy of Manufactures" by Andrew Ure, 1835. Document #5: Excerpt from a pamphlet .

Due to the increase in life expectancy, at about double the amount, more people were able to enjoy life. It could be said that ?people live longer because they are better fed, better lodged, better clothed, and better attended in sickness, and that these improvements are owing to that increase of national wealth which the manufacturing system has produced? (245).

With out the Industrial Revolution most of the people would die at an early age and progress would have slowed down. The decrease in mortality rates point to an increase in the living standards in the general population.

Many would argue that revolution was a curse due to the treatment of children during the time, but this was just a scapegoat. ?The children of the poor were regarded as workers long before the Industrial Revolution? (245).

The poor treatment of children did not get any worse than it was in the eighteenth century. The Industrial Revolution just caused the situation of the children to be noticeable. Before the revolution the ill-treatment of children was spread all over the world, but the revolution caused people to examine the situation. With out the Industrial Revolution there may still be the poor treatment of kids. The revolution allowed the improvement in child labor laws. For example, the Factory Act of 1833 outlawed the employment of children under 9 in textile mills, it also put a limit of hours worked for age groups. Other similar laws were also passed, like the Mines Act, which prohibited boys under 10 and all girls from working underground, and the Ten Hours Act, forbade all females and males under 18 to 10 hours a day. The conditions in the factories were not great but not extremely bad. ??the medical gentleman who attends our people, that in the course of his practice, he finds less disease existing with the people employed in the works, than in the general population of the surrounding country? (236).

The Essay on Industrial Revolution Children Changed Child

What did I learn? Industrial Revolution In the previous class, we learned the changes of the Industrial Revolution. The Industrial Revolution had changed literally everything. Lives changed, roles changed, education changed, homes changed, health changed, romance changed everything had changed. The elements of the home changed in quite a few ways. The home was always filled with the people that .

This showed that the children were better off in the workhouses than in the country.

Overall, the Industrial Revolution was a blessing in its own way. The Enclosure Act led to the Industrial Revolution. The rural workers situation was so bad before the revolution. There was fear of death, either by starvation or disease. As soon as the revolution came that fear disappeared. The common man was now getting higher wages, which in turn led to a higher living standard. The wages also allowed for a healthier diet and life, which caused the mortality rate to decrease and life expectancy to increase. The biggest argument against the Industrial Revolution is the treatment of children at the time. This situation can not be blamed on the revolution since the situation was always there but never realized. The Industrial Revolution caused many changes, not for the worse but for the better.

Similar Papers

People often complain about life in the U.S.

. the people! Whosoever leads, citizens’ action makes a difference when joined with a common goal – to make life better. . people of common interest band together, their voices can be heard and their chances of influencing the political debate increases. .

Min Wage Minimum Increase Increases

. the higher overall cost of production associated with the legislated increase in the wage for low-skilled workers, which in turn raises the price of .

Effect of High Petroleum Prices on Economy

. The shelf life of canned foods can be increased by . with high global commodity prices, the . products, shrimp * Industrial production growth rate: . of Pakistani people and widespread . five years. Mean wages were . . reforms have led to upgrades .

Firemans Wage Must Increase Steadily More Than Payments Of Other

. in debates on firefighters wage increase as it appears from . lead you to believe it is unnecessary, costly and a burden to the community. In reality higher wages . enough for that brave people, how many of us . as to put their lives on the line to .

Economic Impact Of High Gas Prices

. law the result would be astronomical gas prices (Sanders). These high prices can lead to inflation and inflation results in slow . of people who make $50, 000 a year called the increases a hardship (Regan). If the recent gas price increases reflect .


Assista o vídeo: Стефан Цвейг Жозеф Фуше глава 9.


Comentários:

  1. Akinotaur

    Na minha opinião, isso é óbvio. Você já tentou pesquisar google.com?

  2. Yera

    Eles estão errados. Eu sou capaz de provar isso. Escreva para mim em PM, ele fala com você.

  3. Gervase

    Este pensamento será útil.

  4. Ashley

    Agita!

  5. Baldassare

    Na minha opinião, erros são cometidos. Eu sou capaz de provar isso. Escreva para mim em PM, ele fala com você.

  6. Bren

    Eu acho que você está errado. Escreva para mim em PM, vamos discutir.

  7. Brittain

    I liked it very much, I didn't even expect it.



Escreve uma mensagem