Linha do tempo da tecnologia israelita

Linha do tempo da tecnologia israelita


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


Israelita

Nossos editores irão revisar o que você enviou e determinar se o artigo deve ser revisado.

israelita, descendente do patriarca hebreu Jacó, cujo nome foi mudado para Israel após uma luta que durou toda a noite em Penuel, perto do riacho de Jaboque (Gênesis 32:28). No início da história, os israelitas eram simplesmente membros das Doze Tribos de Israel. Depois de 930 aC e do estabelecimento de dois reinos hebreus independentes na Palestina, as dez tribos do norte que constituíam o reino de Israel eram conhecidas como israelitas, para distingui-los do reino de Judá ao sul. O reino do norte foi conquistado pelos assírios em 722/721 aC, e sua população acabou sendo absorvida por outros povos.

No uso litúrgico, um israelita é um judeu que não é nem cohen (descendente de Arão, o primeiro sumo sacerdote) nem levita (descendente dos primeiros funcionários religiosos). A distinção é significativa, pois se um cohen está presente para o serviço na sinagoga, ele deve ser convocado primeiro para a leitura da Lei, sendo então seguido por um levita. Normalmente, portanto, um israelita não é convocado até a terceira leitura.

The Editors of Encyclopaedia Britannica Este artigo foi revisado e atualizado mais recentemente por Adam Zeidan, Editor Assistente.


1947 - 1949

Mais de 80 por cento dos palestinos no que se tornou Israel foram expulsos e aproximadamente 80 por cento das terras palestinas foram confiscadas por sionistas.

ONU ADOTA A RESOLUÇÃO 181, UM PLANO DE PARTIÇÃO DA PALESTINA. PALESTINOS REJEITAM ISSO

ASSEMBLÉIA GERAL DA ONU APROVA A RESOLUÇÃO 194, AFIRMANDO O DIREITO DE RETORNO DOS REFUGIADOS PALESTINOS

UN ESTABELECE A UNRWA, UMA AGÊNCIA PARA REFUGIADOS PALESTINOS

O ESTADO DE ISRAEL É CRIADO, CRIANDO CONFLITO REGIONAL. OS EUA E A UNIÃO SOVIÉTICA RECONHECEM ISRAEL IMEDIATAMENTE

FORÇAS SIONISTAS ATACAM A VILA DE QISARYA PERTO DE HAIFA, UM EXEMPLO PRECOCE DE LIMPEZA ÉTNICA

GRUPO SIONISTA ARMADO, HAGANAH, BOMBARA O HOTEL SEMIRAMIS EM JERUSALÉM. MAIS DE 20 PESSOAS SÃO MORTAS

STERN GANG E IRGUN FORÇAM MASSACRE PALESTINIANOS NA VILA DE DAYR YASSIN, PERTO DE JERUSALÉM

STERN GANG ASSASSINA FOLKE BERNADOTTE, UM DIPLOMATO SUECO E O MEDIADOR NÃO INDICADO NA PALESTINA

OS ACORDOS DE ARMISTIÇA SÃO ASSINADOS ENTRE ISRAEL E SEUS PAÍSES ÁRABES VIZINHOS: LÍBANO, SÍRIA, JORDÃO E EGITO


Diretório de Ciência e Tecnologia de Israel

Escrito por: Israel Hanukoglu, Ph.D.

  • Observação: uma versão anterior deste artigo está disponível em formato PDF:
    "Uma Breve História de Israel e do Povo Judeu" publicado na revista Knowledge Quest.

Citação de Charles Krauthammer - The Weekly Standard, 11 de maio de 1998

"Israel é a própria personificação da continuidade judaica: é a única nação na terra que habita a mesma terra, tem o mesmo nome, fala a mesma língua e adora o mesmo Deus de 3.000 anos atrás. Você cava o solo e você encontra cerâmica da época davídica, moedas de Bar Kokhba e pergaminhos de 2.000 anos escritos em um script notavelmente parecido com o que hoje anuncia sorvete na loja de doces da esquina. "

O povo de Israel (também chamado de "Povo Judeu") tem sua origem em Abraão, que estabeleceu a crença de que existe apenas um Deus, o criador do universo (ver Torá). Abraão, seu filho Yitshak (Isaac) e o neto Jacó (Israel) são chamados de patriarcas dos israelitas. Todos os três patriarcas viviam na Terra de Canaã, que mais tarde ficou conhecida como a Terra de Israel. Eles e suas esposas são enterrados no Ma'arat HaMachpela, a Tumba dos Patriarcas, em Hebron (Gênesis Capítulo 23).

O nome Israel deriva do nome dado a Jacó (Gênesis 32:29). Seus 12 filhos foram os núcleos de 12 tribos que mais tarde se desenvolveram na nação judaica. O nome judeu deriva de Yehuda (Judá), um dos 12 filhos de Jacó (Reuben, Shimon, Levi, Yehuda, Dan, Naftali, Gad, Asher, Yisachar, Zevulun, Yosef, Binyamin) (Êxodo 1: 1). Portanto, os nomes Israel, Israel ou Judeu referem-se a pessoas da mesma origem.

Os descendentes de Abraão se cristalizaram em uma nação por volta de 1300 AEC após seu Êxodo do Egito sob a liderança de Moisés (Moshe em hebraico). Logo após o Êxodo, Moisés transmitiu ao povo dessa nação emergente a Torá e os Dez Mandamentos (Êxodo, capítulo 20). Depois de 40 anos no deserto do Sinai, Moisés os conduziu à Terra de Israel, que é citada na Bíblia como a terra prometida por D'us aos descendentes dos patriarcas, Abraão, Isaque e Jacó (Gênesis 17: 8).

O povo do Israel moderno compartilha a mesma língua e cultura moldadas pela herança e religião judaica passada de geração em geração, começando com o fundador Abraão (cerca de 1800 aC). Assim, os judeus tiveram uma presença contínua na terra de Israel nos últimos 3.300 anos.

Antes de sua morte, Moisés nomeou Josué como seu sucessor para liderar as 12 tribos de Israel. O governo dos israelitas na terra de Israel começou com as conquistas e assentamentos de 12 tribos sob a liderança de Josué (cerca de 1250 AEC). O período de 1000-587 AC é conhecido como o "Período dos Reis". Os reis mais notáveis ​​foram o Rei Davi (1010-970 AEC), que fez de Jerusalém a Capital de Israel, e seu filho Salomão (Shlomo, 970-931 AEC), que construiu o primeiro Templo em Jerusalém conforme prescrito no Tanach (Antigo Testamento )

Em 587 AEC, o exército babilônico de Nabucodonosor capturou Jerusalém, destruiu o Templo e exilou os judeus para a Babilônia (atual Iraque).

O ano 587 AEC marca uma virada na história do Oriente Médio. A partir deste ano, a região foi governada ou controlada por uma sucessão de impérios de superpotências da época na seguinte ordem: Império Babilônico, Persa, Grego Helenístico, Romano e Bizantino, Cruzados Islâmicos e Cristãos, Império Otomano e Império Britânico.

Após o exílio pelos romanos em 70 EC, o povo judeu migrou para a Europa e Norte da África. Na Diáspora (espalhada fora da Terra de Israel), eles estabeleceram uma rica vida cultural e econômica e contribuíram significativamente para as sociedades onde viviam. Mesmo assim, eles continuaram sua cultura nacional e oraram para retornar a Israel através dos séculos. Na primeira metade do século 20, houve grandes ondas de imigração de judeus de países árabes e da Europa de volta para Israel. Apesar da Declaração Balfour, os britânicos restringiram severamente a entrada de judeus na Palestina, e aqueles que viviam na Palestina foram sujeitos à violência e massacres por turbas árabes. Durante a Segunda Guerra Mundial, o regime nazista na Alemanha dizimou cerca de 6 milhões de judeus, criando a grande tragédia do Holocausto.

Apesar de todas as dificuldades, a comunidade judaica se preparou para a independência de forma aberta e clandestina. Em 14 de maio de 1948, o dia em que as últimas forças britânicas deixaram Israel, o líder da comunidade judaica, David Ben-Gurion, declarou independência, estabelecendo o moderno Estado de Israel (ver a Declaração de Independência).

Guerras árabes-israelenses

Um dia após a declaração de independência do Estado de Israel, exércitos de cinco países árabes, Egito, Síria, Transjordânia, Líbano e Iraque, invadiram Israel. Esta invasão marcou o início da Guerra da Independência de Israel (מלחמת העצמאות). Os estados árabes travaram conjuntamente quatro guerras em grande escala contra Israel:

  • Guerra da Independência de 1948
  • Guerra do Sinai de 1956
  • Guerra dos Seis Dias de 1967
  • Guerra do Yom Kippur de 1973

Apesar da superioridade numérica dos exércitos árabes, Israel se defendeu a cada vez e venceu. Após cada guerra, o exército israelense retirou-se da maioria das áreas que capturou (ver mapas). Isso é sem precedentes na história mundial e mostra a disposição de Israel em alcançar a paz, mesmo correndo o risco de lutar por sua própria existência cada vez de novo.

Incluindo a Judéia e Samaria, Israel tem apenas 40 milhas de largura. Assim, Israel pode ser cruzado da costa do Mediterrâneo até a fronteira oriental no rio Jordão dentro de duas horas de carro.

Referências e recursos para mais informações

    - Um livro de excelente qualidade, incluindo uma cronologia da história de Israel por Francisco Gil-White. Esta é a melhor exposição revolucionária da influência do Judaísmo na cultura mundial em uma perspectiva histórica.

Reunião dos israelitas

Este desenho do Dr. Semion Natliashvili retrata a reunião moderna do Povo Judeu após 2.000 anos de Diáspora.

A imagem central da imagem mostra um jovem e um velho vestidos com um xale de oração e lendo um rolo da Torá que uniu o Povo Judeu. A porção escrita mostra Shema Yisrael Adonay Eloheynu Adonay Echad (Ouça, Israel, o Senhor é nosso D'us, o Senhor é Um).

A Estrela de David simboliza a reunião do Povo Judeu de todos os cantos do mundo, incluindo Geórgia (país de nascimento do artista), Marrocos, Rússia, América, China, Etiópia, Europa e outros países se juntando e dançando em celebração. Outras imagens dentro da estrela simbolizam a indústria, agricultura e militares israelenses modernos. As imagens nas margens da foto simbolizam as principais ameaças que o Povo Judeu enfrentou no Exílio a partir do Êxodo do Egito, seguido por Romanos, Árabes, e culminando nas câmaras de gás do Holocausto na Europa.


História

A Bio-Technology General (Israel) Ltd. (BTG) foi fundada em outubro de 1980 pelo professor Haim Aviv e colegas do Instituto de Ciência Weizmann para aproveitar o que era então a nova ciência da engenharia genética. A empresa foi estabelecida como uma subsidiária integral da Bio-Technology General Corp. em Nova York, com a missão principal de desenvolver e fabricar produtos para a saúde humana, principalmente aqueles derivados de processos de engenharia genética e biotecnologia. O BTG, uma das primeiras empresas desse tipo em Israel e no mundo, estava inicialmente localizado no Kiryat Weizmann Science Park, adjacente ao Weizmann Institute.

Além de suas atividades farmacêuticas, o BTG também estava envolvido no início em projetos agrícolas, como hormônios de crescimento animal, vacina contra a febre aftosa, Azopirillum, etc., mas em meados de 1980 encerrou suas atividades agrícolas para se concentrar inteiramente na saúde humana produtos. Durante este período, a BTG Corp. tornou-se pública na NASDAQ BTG Corp. mais tarde mudou seu nome para Savient Pharmaceuticals Inc.

O BTG obteve as aprovações regulatórias iniciais do produto no final da década de 1980 e ao longo da década de 1990. Em 1999, a empresa adquiriu um local em Beer Tuvia, construiu uma nova instalação no local e durante o período de 2003-2007 mudou-se para a instalação de Beer Tuvia e fechou a fábrica de Kiryat Weizmann. Em 2005, o BTG foi vendido pela Savient para a Ferring Pharmaceuticals, uma empresa multinacional de capital fechado com sede na Suíça.

Hoje, mais de 300 funcionários do BTG na unidade Beer Tuvia ainda estão engajados no desenvolvimento, fabricação e comercialização de produtos de saúde derivados de engenharia genética e processos de biotecnologia, e a empresa é um Centro de Excelência em Biotecnologia para as redes de Desenvolvimento e Fabricação da Ferring .


O reator nuclear de Israel e Rsquos em Dimona começa a operar. Israel nunca reconheceu formalmente que o reator produz materiais para armas, mas acredita-se que o país possui capacidade para armas nucleares.

Os juízes de julgamento de Eichmann e rsquos Benjamin Halevi, Moshe Landau e Yitzhak Raveh. (Israel GPO)

Adolf Eichmann é executado após ter sido considerado culpado por um tribunal israelense de crimes contra a humanidade. O julgamento marca uma virada na discussão israelense sobre o Holocausto e faz com que muitos sobreviventes do Holocausto falem sobre suas experiências de guerra pela primeira vez.


As 64 principais inovações desenvolvidas em Israel

Quando Israel foi fundado há 64 anos, era um país árido, sem recursos naturais, pouca água e mais da metade de sua massa de terra deserta. A única coisa que o novo país tinha a seu favor era a criatividade natural de seu povo.

Mais de seis décadas depois, os israelenses transformaram seu país em um oásis de tecnologia e inovação. Com o maior número de startups per capita em todo o mundo e o terceiro maior número de patentes per capita, Israel se tornou um dos principais players no mundo da inovação de alta tecnologia, atraindo gigantes internacionais para suas costas.

De descobertas de saúde a tecnologia, agricultura, meio ambiente e artes, as inovações do país estão transformando e enriquecendo vidas em todos os lugares. Israel hoje está desempenhando um papel significativo em alguns dos desafios mais importantes que nosso planeta enfrenta.

Nada mal para um país do tamanho de Nova Jersey.

Para comemorar o aniversário de Israel, fornecemos uma lista das 64 principais inovações do país e # 8217s. Aproveitar!

Além disso, não deixe de conferir nosso vídeo e camiseta especiais Made in Israel!

1. PillCam: Imagem fornecida

Fundada pelo Dr. Gavriel Meron em 1998, a Given Imaging, baseada em Yokneam, revolucionou o mundo do diagnóstico gastrointestinal ao desenvolver uma câmera miniatura em uma pílula, chamada PillCam, para visualizar e detectar distúrbios do trato gastrointestinal.

A PillCam é agora o padrão ouro para visualização intestinal e é vendida em mais de 60 países ao redor do mundo.

Em dezembro do ano passado, a revista TIME considerou o ultrassom focalizado MR guiado aprovado pela FDA da InSightec como uma das 50 melhores invenções do ano.

A empresa Haifa, de 13 anos, desenvolveu uma tecnologia futurística chamada ExAblate, um sistema de cirurgia de ultrassom focalizado guiado por ressonância magnética não invasivo que faz a ablação térmica, ou destrói, tumores dentro do corpo. O dispositivo tem um enorme potencial para lidar com uma ampla variedade de problemas médicos, incluindo muitas doenças que atualmente não têm tratamento.

A empresa Haifa, de 13 anos, desenvolveu uma tecnologia futurística chamada ExAblate, um sistema de cirurgia de ultrassom focalizado guiado por ressonância magnética não invasivo que faz a ablação térmica, ou destrói, tumores dentro do corpo. O dispositivo tem um enorme potencial para lidar com uma ampla variedade de problemas médicos, incluindo muitas doenças que atualmente não têm tratamento.
A empresa Haifa, de 13 anos, desenvolveu uma tecnologia futurística chamada ExAblate (https://www.israel21c.org/health/israel-s-insightec-hopes-to-ease-the-pain-of-bone-cancer) , um sistema de cirurgia de ultrassom focalizado guiado por ressonância magnética não invasivo que faz a ablação térmica, ou destrói, tumores dentro do corpo. O dispositivo tem um enorme potencial para lidar com uma ampla variedade de problemas médicos, incluindo muitas doenças que atualmente não têm tratamento.

3. Copaxone: Teva Pharmaceuticals

Copaxone (acetato de glatirâmero) foi originalmente desenvolvido por um médico do Instituto de Ciência Weizmann em Rehovot e é agora o tratamento mais vendido do mundo para a esclerose múltipla.

O medicamento é comercializado pela Teva Pharmaceuticals, com sede em Petah Tikvah, e recebeu a aprovação do FDA em 1996. A Teva, que tem 46.000 funcionários em todo o mundo, é uma das 15 maiores empresas farmacêuticas do mundo e a maior fabricante de medicamentos genéricos.

Para muitas pessoas, a primeira linha de defesa contra a gripe é o Sambucol, um extrato de sabugueiro preparado pela virologista israelense Dra. Madeleine Mumcuoglu.

O sabugueiro há muito é usado como remédio popular. Mumcuoglu estudou-o intensamente e, depois de identificar o ingrediente ativo principal, transformou-o em uma fórmula natural que se tornou um dos tratamentos homeopáticos para gripe mais populares do mercado atualmente.

Estudos de laboratório mostram que o Sambucol é eficaz contra cepas de gripe humana, suína e aviária. É vendido em todos os Estados Unidos, Europa e Ásia.

5. ReWalk Exoesqueleto: Argo Medical Technologies

Todos se lembram de quando o paraplégico Artie Abrams se levantou e caminhou pela primeira vez no popular programa de TV Glee. A incrível transição da cadeira de rodas para a caminhada foi feita com a ajuda de um produto muito real, o exoesqueleto robótico ReWalk desenvolvido pela Argo Medical Technologies, baseada em Yokneam.

ReWalk é ideia do engenheiro elétrico israelense Dr. Amit Goffer, que ficou tetraplégico após um acidente. O dispositivo inclui suspensórios de perna com articulações motorizadas e um sistema de bateria de mochila, permitindo que paraplégicos caminhem e subam escadas sem assistência por até 12 horas a dia.

6. WatchPAT 200: Itamar Medical

A Itamar Medical, sediada em Herzliya, desenvolveu um laboratório do sono em miniatura que pode ser usado no pulso e em um dedo para diagnosticar e identificar a origem dos problemas de sono.

O WatchPAT, que permite que os pacientes sejam diagnosticados em casa em seus próprios leitos, em vez de em clínicas do sono de hospitais, foi eleito uma das 10 melhores inovações médicas de 2010 pela mundialmente renomada Cleveland Clinic.

Especialistas em sono suspeitam que os distúrbios do sono estão na raiz de muitos acidentes de trabalho e automóveis, disfunção sexual e depressão.

7. TransPharma Medical

Imagine uma vacinação sem dor ou outra infusão de um medicamento que normalmente é injetado. A TransPharma Medical, com sede em Lod, passou quase uma década aperfeiçoando uma maneira de fazer exatamente isso. Seu sistema de entrega de medicamentos ViaDerm usa um aplicador indolor e sem falhas carregado com adesivos de medicamentos pré-medidos. O aplicador operado por bateria permite que o medicamento se espalhe através da pele e na corrente sanguínea.

Em cooperação com as principais empresas farmacêuticas, o ViaDerm está sendo testado clinicamente em vários países com a expectativa de desenvolver uma alternativa bem-vinda para pacientes que devem tomar medicamentos diários prescritos para doenças como diabetes e osteoporose.

8. EndoPAT: Itamar Medical

A Itamar Medical também criou o EndoPAT, um dispositivo cardíaco inteligente que usa o teste da ponta do dedo para medir a saúde cardíaca e pode até prever se o paciente sofrerá um ataque cardíaco nos próximos sete anos.

O dispositivo, que usa duas pequenas sondas conectadas a cada dedo indicador, recebeu o selo de aprovação da prestigiosa Mayo Clinic.

A Brainsway, com sede em Jerusalém, desenvolveu um dispositivo de estimulação eletromagnética profunda não invasiva e indolor revolucionário para o cérebro que pode aliviar o vício, a depressão, o autismo e uma série de outros distúrbios cerebrais, incluindo a doença de Alzheimer e a esquizofrenia.

Durante o tratamento de 15 minutos, os pacientes usam um capacete com uma bobina emissora de energia eletromagnética posicionada de acordo com a área do cérebro que necessita de estimulação. Os testes estão ocorrendo com sucesso em toda a Europa, América do Norte e Israel.

10. Biotecnologias de Proneuron

A pesquisa premiada do Prof. Michal Schwartz no Weizmann Institute of Science, Rehovot, levou ao desenvolvimento de novas terapias promissoras para lesões agudas da medula espinhal.

O falecido ator Christopher Reeve visitou a Proneuron Biotechnologies, a empresa israelense de biotecnologia criada para comercializar essas tecnologias, e descreveu Israel como o centro mundial de pesquisa no tratamento da paralisia.

Em 2007, a Proneuron começou a desenvolver uma terapia para a doença de Parkinson & # 8217s com o apoio da Michael J. Fox Foundation.

Babysense é um dispositivo sem toque e sem radiação projetado para evitar a morte do berço. Desenvolvido pela empresa israelense HiSense e lançado no mercado em 1992, o dispositivo monitora a respiração e os movimentos de um bebê no colchão durante o sono.

Um alarme auditivo e visual é ativado se a respiração parar por mais de 20 segundos ou se a frequência respiratória diminuir para menos de 10 respirações por minuto. É vendido em toda a Europa, Estados Unidos e Ásia.

Cerca de 200 milhões de pessoas sofrem de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), doença pulmonar progressiva e muitas enfrentam hospitalização várias vezes ao ano.

O Deep Breeze, da empresa Akiva, desenvolveu um dispositivo médico inovador que permitirá que pacientes com DPOC sejam monitorados remotamente de casa. Ele também pode criar imagens, diagnosticar e monitorar pacientes que sofrem de asma, insuficiência cardíaca congestiva e outras condições que afetam os pulmões.

Esta é a segunda geração da tecnologia de imagem de resposta a vibração Deep Breeze baseada em hospitais, aprovada pelo FDA em 2007 e em uso em todo o mundo.

13. Bandagem de emergência: produtos de primeiros cuidados

A Bandagem de Emergência foi desenhada por um médico militar israelense, Bernard Bar-Natan, que percebeu que as bandagens não avançavam há décadas. Pode ser aplicado com uma mão e é usado para parar o sangramento de feridas hemorrágicas causadas por lesões traumáticas no campo.

Fabricado pela First Care Products em Lod, foi usado pela primeira vez para salvar vidas durante uma operação de manutenção da paz da OTAN na Bósnia e agora é usado pelos exércitos e forças especiais dos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia e outros países.

Em janeiro de 2011, a bandagem de emergência foi supostamente útil para salvar a vida da representante dos EUA Gabrielle Giffords e outros feridos em um tiroteio em Tucson.

14. Kit de Detetive Superbug

Um professor da Universidade Hebraica de 91 anos, Prof. Nathan Citri, inventou recentemente um novo kit de diagnóstico simples para superbactérias resistentes a antibióticos que pode identificar o tipo de bug em minutos, em vez dos atuais cinco dias.

Com os superbactérias agora um dos principais assassinos nos hospitais dos Estados Unidos e da Europa, o kit médico Citri & # 8217s coloca Israel à frente na luta mundial contra essas novas bactérias perigosas. O kit já está sendo comercializado pela BioConnections, empresa britânica.

15. LiteTouch: Syneron Dental Lasers

Hoje, cerca de 12 por cento dos dentistas em todo o mundo abandonaram a desagradável broca e a substituíram por lasers para moldar dentes e gengivas. As fibras ópticas com fio que emitem o feixe de laser, no entanto, são pesadas e difíceis de focar com precisão.

Syneron Dental Lasers, da Yokneam, está mudando tudo isso com o laser odontológico LiteTouch, que dispensa os fios e as conexões que os acompanham. À venda desde 2007, o dispositivo é popular na Europa e na Ásia.

A empresa israelense Cupron usa óxido de cobre em tecidos para fornecer uma gama de produtos inovadores, desde uma máscara antimicrobiana e luvas de látex para usar como proteção contra germes de gripe e bactérias, até meias que não fedorentos & # 8212 mesmo se você não lave-os & # 8212 e fronhas que ajudam a reduzir as rugas enquanto você dorme.

Jeff Gabbai, fundador e CEO da empresa, chama o produto da Cupron de "o tecido que revida". O material tratado é capaz de destruir qualquer bactéria, fungo e vírus que entrar em contato com ele, segundo a empresa.

O Disk-on-Key foi desenvolvido pela M-Systems, uma empresa fundada por três israelenses. O dispositivo de armazenamento de dados foi lançado em setembro de 2000 e, desde então, tornou-se quase tão onipresente no mundo todo quanto o clipe de papel.

Em 2005, a PC World classificou o dispositivo como um dos 10 primeiros gadgets do mundo nos últimos 50 anos. A M-Systems foi comprada pela empresa norte-americana SanDisk em 2006 por US $ 1,6 bilhão.

18. Sistemas operacionais Windows NT e XP

Os dois sistemas operacionais mais populares da Microsoft, NT e XP, foram desenvolvidos principalmente em Israel. A Microsoft tem uma forte presença em Israel há muitos anos e possui dois centros de P & ampD em Herzliya que empregam 600 pessoas.

Em 2008, o CEO da Microsoft Steve Ballmer disse que a gigante americana do software é tanto israelense quanto americana. No ano passado, a Microsoft Israel anunciou que 13 novos produtos estão sendo desenvolvidos em seus escritórios, enquanto em março a Microsoft anunciou que está montando sua primeira incubadora de startups em Israel.

19. Checkpoint Software Technologies

A Checkpoint Software Technologies foi fundada em 1993 em um pequeno apartamento em Ramat Gan por Gil Shwed, 25 anos, e dois de seus amigos. Eles criaram o moderno firewall de rede comercial de computadores, oferecendo proteção vital aos computadores em todo o mundo contra os perigos do ciberespaço.

Hoje, a empresa é uma das maiores fornecedoras mundiais de soluções de segurança de TI, com cerca de 100.000 clientes e 2.300 funcionários em todo o mundo.

Em Israel, todos se lembram da história do ICQ, o programa de computador de mensagens instantâneas desenvolvido por cinco jovens geeks de computador de Israel.

Os empresários, incluindo o filho do guru da Internet Yossi Vardi, lançaram a primeira versão de seu programa gratuitamente em 1996. O primeiro serviço de mensagens instantâneas em toda a Internet conquistou o mundo.

Dois anos depois, a empresa foi adquirida por US $ 407 milhões pela AOL. Naquela época, era o preço mais alto já pago para comprar uma empresa de tecnologia israelense. Posteriormente, a AOL vendeu o ICQ para a Digital Sky Technologies em abril de 2010 por US $ 187,5 milhões.

21. Processadores SandyBridge e Centrino: Intel

A fabricante de chips semicondutores Intel foi uma das primeiras multinacionais a vir para Israel. Ela montou um pequeno centro de design de chips em Haifa em 1974 & # 8212 Intel & # 8217s, primeiro fora dos Estados Unidos.

Hoje, a Intel Israel emprega 7.800 pessoas e é a sede da corporação para P&D global de tecnologia sem fio. O processador 8088 foi projetado e desenvolvido aqui, assim como o Centrino e o SandyBridge, alimentando milhões de laptops em todo o mundo.

Em março, o gerente geral da Intel Israel & # 8217s, Maxine Fassberg, anunciou que o processador SandyBridge é responsável por 40% da receita da gigante dos chips & # 8217s. Em 2011, as exportações da Intel Israel & # 8217s totalizaram US $ 2,2 bilhões.

22. Telefones celulares: Motorola

O telefone celular ainda pareceria um tijolo superdimensionado se não fosse pelo know-how israelense em tecnologias móveis. Foi no centro de P&D de Israel da Motorola & # 8217 que os engenheiros israelenses desenvolveram a tecnologia original de telefone celular.

A maior parte da tecnologia do seu telefone celular pode ser rastreada até a engenharia israelense. Desde a ferramenta que protege sua identidade móvel até uma nova solução de teclado, a experiência israelense impede que seu telefone cresça, mas permaneça na vanguarda.

23. Oracle Israel e Amazon Kindle

A plataforma Java dentro do Kindle mais vendido da Amazon e # 8217 foi desenvolvida em Israel. Há cerca de quatro anos, a Amazon contatou a Sun, posteriormente adquirida pela Oracle, e pediu à empresa que desenvolvesse uma plataforma customizada para executar o software em um novo dispositivo leitor de e-book em desenvolvimento.

A Sun passou o projeto para seu escritório israelense de Pesquisa e Desenvolvimento em Herzliya, e ele foi projetado e desenvolvido lá. Depois de vários anos, um protótipo foi criado para satisfação da Amazon e a fabricação começou. A Amazon é agora a líder indiscutível na categoria de leitores eletrônicos.

24. Imprensa: HP Indigo

O inventor israelense Benny Landa revolucionou o mundo da impressão digital quando sua empresa Rehovot, Indigo, lançou a E-Print 1000 em 1993. Foi um ponto de viragem para a indústria de impressão, permitindo que os impressores imprimissem diretamente de um arquivo de computador.

A Hewlett Packard (HP) adquiriu a Indigo em 2001 por US $ 650 milhões. Agora, a HP Indigo se tornou a líder mundial em impressoras comerciais digitais e é classificada como a número um no mercado de impressoras digitais de alto volume nos Estados Unidos.

Landa, que tem mais de 500 patentes com seu nome em todo o mundo, deve revelar um novo desenvolvimento, a impressão digital em nanografia, em maio.

25. Tecnologia de detecção 3D: PrimeSense

O PrimeSense revolucionou a interação com dispositivos digitais permitindo-lhes & # 8220ver & # 8221 em 3D e transferir o controle de controles remotos e joysticks para as mãos e o corpo.

Hoje, a empresa de Tel Aviv de sete anos é a fornecedora líder de negócios de tecnologias de visão de máquina 3D de baixo custo e alto desempenho para o mercado consumidor e é o componente principal dos sistemas de jogos Xbox e Kinect da Microsoft e # 8217s.

O desenvolvedor israelense de memória flash Anobit desenvolveu um chip que melhora significativamente a durabilidade, o desempenho e o custo dos produtos e sistemas de armazenamento flash. Os chips já podem ser encontrados no iPhone, iPad e MacBook Air da Apple & # 8217s, bem como em vários dispositivos Samsung.

A Apple comprou a empresa Herzliya, de seis anos, que possui um portfólio de 65 patentes, por US $ 390 milhões em janeiro deste ano.

Todos nós temos perguntas e uma das melhores maneiras de obtê-las hoje em dia é acessar o site de perguntas e respostas online, Answers.com.

A empresa com sede em Jerusalém e Nova York foi fundada em 1999 por Bob Rosenschein. É agora um dos sites da Internet mais populares do mundo & # 8212 com cerca de 50 milhões de visitantes únicos por mês apenas nos EUA e 75 milhões em todo o mundo & # 8212 tornando-o um dos 30 principais sites do mundo.

A empresa negociada na NASDAQ inclui WikiAnswers e ReferenceAnswers, e foi recentemente comprada pelo investidor Summit Partners por US $ 127 milhões.

A startup israelense Waze desenvolveu um aplicativo para smartphone móvel que pode determinar onde o tráfego está fluindo ou diminuindo, com base em dados gerados pelo usuário do GPS do telefone. Se o rastreamento por GPS estiver parado, o Waze presumirá que o carro também está.
Waze, fundado em 2008, é popular nas grandes cidades dos EUA & # 8212 Los Angeles, San Francisco, Boston, Dallas e Washington, DC & # 8212, bem como em Israel, Itália, França, Suécia, Costa Rica, Colômbia, Panamá, Venezuela e México.

A ABC-TV usou o Waze quando a maior rodovia de LA e # 8217 fechou em julho passado, ajudando os telespectadores a evitar o caos no trânsito. O canal de notícias agora está lançando a mesma parceria em outras cidades dos Estados Unidos.

Pode ser um mundo global, mas ainda não falamos todos a mesma língua. Babylon.com se tornou o tradutor online oficial do mundo & # 8217s.

Fundada em 1997, a empresa fornece aos usuários online um dicionário, software de tradução, soluções de aprendizagem de idiomas e aprimoramento da redação em inglês.

A empresa tem mais de 100 milhões de instalações de desktop em cerca de 231 países e está disponível em 75 idiomas. Todos os dias, 40 milhões de visitantes únicos chegam ao site.

Shaker desenvolveu um aplicativo de bar virtual premiado que leva o Facebook para o próximo nível. O aplicativo do Facebook recria experiências sociais online, permitindo que as pessoas se socializem e se encontrem em torno de amigos em comum com interesses em comum.

Nos últimos seis meses, a empresa & # 8212, fundada por cinco alunos do Centro Interdisciplinar de Herzliya (IDC) & # 8212, levantou mais de US $ 17 milhões em financiamento de investidores, incluindo Motorola Mobility Ventures, Michael Arrington & # 8217s CrunchFund, Eric Schmidt & # 8217s Innovation Endeavors e Troy Carter, gerente de Lady Gaga.

Em setembro do ano passado, a empresa ganhou o prestigioso concurso Startup Battlefield no TechCrunch Disrupt San Francisco. Em fevereiro, a empresa se uniu à NBA para receber os fãs na primeira arena online da liga de basquete # 8217s.

A Quicktionary é uma caneta eletrônica portátil que pode escanear textos impressos e imediatamente traduzi-los palavra por palavra para outros idiomas. A tradução é exibida em uma tela LCD e mantida na memória para que possa ser transferida para um computador.

O dispositivo foi desenvolvido pela Wizcom Technologies, que originalmente tinha sede em Jerusalém, mas mudou-se para Massachusetts.

Se você está farto de todos aqueles cabos de alimentação passando sob sua mesa ou ao redor de sua cozinha, o Powermat oferece uma maneira melhor. A empresa com sede em Jerusalém permite que você incorpore uma rede elétrica em praticamente qualquer coisa - uma mesa, balcão de cozinha, assentos de aeroporto ou dentro de um carro. Tudo o que você precisa fazer é posicionar os dispositivos eletrônicos em um ponto de acesso de energia.

Powermat está disponível através da Homedics nos Estados Unidos e assinou acordos significativos com a Duracell e com a montadora americana General Motors. A GM investiu US $ 5 milhões na empresa e planeja construir carregadores Powermat entre os assentos de seu Chevy Volt elétrico híbrido.

33. Magshoe: Segurança IDO

Todos nós odiamos tirar os sapatos na segurança do aeroporto, mas agora & # 8212, graças à IDO Security & # 8212, não será mais necessário. O dispositivo de digitalização de sapatos Magshoe da empresa & # 8217s faz a triagem da parte inferior do corpo e dos pés com um dispositivo simples que leva apenas alguns segundos. O dispositivo, já em uso em aeroportos ao redor do mundo, maximiza a segurança e minimiza filas & # 8212 para grande alívio dos viajantes aéreos.

Israeli 3D printer company Objet recently announced a merger with American 3D printer maker Stratasys that will create a $1.4 billion company with dual headquarters in Eden Prairie, Minnesota and Rehovot, Israel.

Objet was founded in 1998 by veteran Israeli printing engineers. The company has about 440 employees, more than half of whom work in Israel. Under the corporate name Stratasys, it will continue to develop a broad range of exciting 3D print applications to customers worldwide.

35. Playstation3 – IBM Haifa

Circuit technology engineers at the IBM Haifa Development Lab played an integral role in developing the cell broadband engine chip controller that powers the Sony Playstation3 introduced in late 2006.

The idea for the powerful chip came from Sony-Toshiba-IBM and was turned into an actual product through the collective efforts of 30 researchers working in Israel. The Playstation3 sold 197,000 units on the first day of its debut on the market, and one million within the first six weeks.

IBM R&D Labs in Israel was established in 1950 and now encompasses about 1,000 employees at the Haifa Research Lab, the IBM Israel Systems and Technology Group Lab and the IBM Israel Software Lab. Locations include Haifa, Tel Aviv, Herzliya, Rehovot and Jerusalem.

36. X-Hawk: Urban Aeronautics

Ten years after Israeli engineer Rafi Yoeli began developing a flying car, the concept still sounds futuristic. The car, called the X-Hawk, and a smaller unmanned version called the AirMule, are designed for use in search-and-rescue operations where a helicopter would be useless or dangerous — evacuating people from burning buildings, say, or extracting people from confined spaces.

The X-Hawk is a vertical take-off and landing aircraft with no exposed rotors. Built by Yoeli’s company, Urban Aeronautics, the flying car is sparking a great deal of interest around the world.

37. Drip irrigation: Netafim

Amazing to think that the huge worldwide industry of modern drip irrigation all began when Israeli engineer Simcha Blass noticed a tree growing bigger than its neighbors in the Israeli desert, and found that it was fed by a leaking water pipe.

Today, Netafim, the company founded in 1965 to commercialize his idea, is recognized as the worldwide pioneer in smart drip- and micro-irrigation. It has revolutionized the agricultural industry, operating systems in 112 countries with 13 factories throughout the world and 2,400 employees.

The modern cherry tomato, with its long shelf life, abundant growth, disease resistance and robust appearance and taste, is based on Israeli breakthroughs in the early 1970s.

Botanists at the Agriculture School of the Hebrew University of Jerusalem were the first to develop tomato hybrids that took all the best aspects of existing plants and combined them for a better product.

Continuing improvements to the cherry tomato have been made over the years in Israel by BonTom, a world-renowned tomato-breeding group under the university’s Yissum Research Development technology transfer company and by Hishtil, a global market leader in the field of advanced horticultural nurseries.

Thirty-five-year-old Kibbutz Afikim’s company AfiMilk is the global leader in computerized systems for dairy farm and herd management. The company, which was founded by a member of the kibbutz, introduced the world’s first electronic milk meter in 1977, and since then continues to develop cutting-edge solutions for the milking parlor.

To date, the company has installed more than 1,600 computerized management systems, 110,000 milk meters and one million ID tags in more than 50 countries worldwide. It owns about one-third of the US market. The company is also helping transform the dairy industry in developing markets such as China (https://www.israel21c.org/environment/israel-helps-transform-chinas-dairy-industry).

40. Improved Potato strains

With food resources becoming increasingly scarce, the Hebrew University of Jerusalem’s Professor David Levy developed new strains of potato that can be grown in hot, dry climates and irrigated by saline water sources.

His development will have a huge impact on potato production in hot desert regions of the world, enabling many countries to improve their food production and their economies.

41. Grow Fish Anywhere

With overfishing becoming a serious issue worldwide, the Israeli company Grow Fish Anywhere Advanced Systems has discovered a way to raise fish on land, without any of the usual pollution problems.

The fish are grown in tanks whose water is treated by biological filters and specially developed bacteria, so fresh water is only added when it evaporates. There is no dangerous waste to pollute the environment. The system can be set up to raise saltwater fish anywhere in the world, even in the desert.

The company has a plant operating in New York, and supplies about 100 tons of sea fish a year to the US market.

42. Desalination: IDE Technologies

Israel’s IDE Technologies is the leading company worldwide in desalination — the process of turning seawater into drinking water — with 400 desalination plants in 40 countries producing 2,000,000 cubic meters of water a day.

IDE Technologies operates the world’s two largest desalination plants in Israel and is now building China’s largest and greenest desalination plant. The new plant uses runoff steam from a power plant to help run the desalination machinery — producing water for the power plant, drinking water for the community and salt to sell.

43. Snow-making: IDE Technologies

Ironically for a country based in the boiling Middle East, IDE also boasts technological breakthroughs in snowmaking. The company has developed the Vacuum Ice Maker technology, which is used in a range of all-weather snowmaking and refrigeration applications.

IDE products are used to cool the world’s deepest gold mine in South Africa, and to provide snow to ski resorts in Austria and Switzerland.

When a German economist asked delegates at the World Economic Forum in Davos, Switzerland in 2005 “How do you make the world a better place by 2020?,” Israeli native Shai Agassi — a prominent executive at SAP — took the question seriously.

Better Place was his answer. The Israeli-American company he founded and now leads has developed the vital infrastructure to support electric cars. Deployments have already been announced in Israel, Denmark, Hawaii, Australia, Ontario, Oregon and California, though none has yet progressed beyond demonstration stage.

Better Place’s primary R&D facility is located in Tel Aviv, and in January this year, the first production Renault Fluence ZE was delivered to Israel and allocated to company employees. Retail sales are just beginning.

45. BrightSource Energy

In 2010, US President Barack Obama called Israel’s BrightSource Energy a “revolutionary new type of solar power plant.”

The company, which is based in Jerusalem and has a development center in the Negev, was founded by solar energy pioneer Arnold Goldman.

In recent years, BrightSource has signed the two largest solar power agreements in the world — to produce 1,300 megawatts for Southern California Edison, and 1,310 megawatts for Pacific Gas & Electric Company, creating solar energy that will power up to 140,000 US homes..

Pythagoras Solar has developed the world’s first solar window, which can generate power, reduce energy consumption and let in daylight.

The transparent photovoltaic glass window promises a green revolution to the construction industry. It can be easily integrated into conventional building design, allowing existing office blocks to be retrofitted with the new material instead of energy-seeping glass windows.

Israeli company AORA has constructed the world’s first gas turbine solar thermal power station in the desert near Eilat and has now built another demo power plant in Spain.

The small-scale system uses giant yellow tulip-shaped solar receivers fitted with 100-kilowatt gas turbines, which heat air to about 1,000 degrees Celsius using the sun’s energy, directing the heated air to a turbine that then converts thermal energy to electric energy.

Israel’s Seambiotic is turning harmful carbon dioxide emitted by power plants into fuel and nutraceuticals with the help of algae.

The Tel Aviv company connects a power plant flue to a series of algae-munching ponds. Aside from reducing greenhouse gas emissions, the algae also produce a valuable nutraceutical especially popular in Asia.

Seambiotic already has business deals in the United States, Italy and China, and is working with NASA to develop a commercially feasible biofuel variety from algae.

Friendly Robotics was founded in 1995 in Pardesiya in Israel by Udi Peless and Shai Abramson with the goal of creating robots that would do mundane tasks around the home.

In 1998, they released the Robomow, an automatic lawnmower. It was later followed by a robotic vacuum cleaner. The “green” products, which have zero emissions, are sold in the United States, Europe, Australia, New Zealand and South Africa. There are also plans to create snow removers, floor polishers and even an automatic mop.

The game Rummikub was invented by Ephraim Hertzano, a Romanian Jew who immigrated to pre-state Israel in the 1930s. He hand-made the sets and sold them door to door. Gradually the game took off and become Israel’s number one exported game. In 1977 it was the bestselling game in the United States.

When an Israeli dog-owner got fined for failing to pick up after his pooch, he contacted Hebrew University biotech professor Oded Shoseyov and asked him to invent a better solution.

Shoseyov’s AshPoopie scoops up the droppings and turns them into odorless, sterile ash within seconds. The device is being developed in Israel by Paulee CleanTec, which is now finalizing the design ahead of a US launch this year.

Founded in 1999, Mobileye is today the global leader in the vehicle safety market, with an advanced driver-assistance system that can warn you of an impending accident in enough time to avert a collision.

Vehicles fitted with the system see a 40-50% drop in the number of accidents, according to the Jerusalem-based company. The technology, which can even stop a car if a driver doesn’t react quickly enough, is now becoming a standard feature in new models made by BMW, General Motors, Volvo, Hyundai, Ford and Citroen.
Coca-Cola is now installing the systems in its European vehicle fleet.

When the Epilady was launched in 1986, it revolutionized the hair-removal market. The original Epilady epilator had a rotating spring that worked by catching hair and pulling it out. Current versions use a tweezing action — thought to be less painful.

Epilady may have pioneered the market, but Israeli and other international brands quickly caught up and overtook it. However, the company’s brand name is still the generic name for electric hair removers, and over its 24-year history almost 30 million Epilady units have been sold.

International company SodaClub, maker of home carbonation machines, was struggling when it was taken over in 2007 by Israeli entrepreneur Daniel Birnbaum. After more than 100 years, the fizz had gone out of the business.

Birnbaum rebranded the company SodaStream, headquartered it in Israel and turned the company around. Today its machines are sold in 40,000 stores in 41 countries, and about four million households own a SodaStream machine.

Israeli chain Max Brenner, a specialist in all things chocolate, is now a popular name worldwide with chocolate shops and restaurants in Britain, the United States, Australia, the Philippines, Israel and Singapore.

The brand was established in 1995 by Oded Brenner and Max Fichtman, who were inspired by Roald Dahl’s Willy Wonka character and whimsically marketed it as Chocolate by the Bald Man. It is now owned by the Strauss Group, after it was acquired by Elite in 2001.

56. “Paranormal Activity”

It was the surprise hit of 2009 and it was made by an Israeli games programmer. Oren Peli’s supernatural horror movie “Paranormal Activity” was filmed over a seven-day period in Peli’s suburban US home with a crew of three, including his girlfriend and another Israeli friend.

The low-budget movie, which reportedly cost just $15,000 to make, earned over $100 million in the United States alone. Some reviewers called it the scariest film ever made.

It was picked up by Paramount Pictures and though Peli is no longer involved, it has become a successful franchise. In its opening weekend last year, “Paranormal Activity 3” earned $53 million. Not surprisingly, Paramount confirmed that there will be a “Paranormal Activity 4” coming soon.

57. “Mighty Morphin Power Rangers”

What child doesn’t know the TV show “Power Rangers”? But what most audiences don’t realize is that the man who brought this long-running entertainment franchise to US televisions and cinemas is Israeli Haim Saban.

What child doesn’t know the TV show “Power Rangers”? But what most audiences don’t realize is that the man who brought this long-running entertainment franchise to US televisions and cinemas is Israeli Haim Saban.

The children’s series, which features costumed heroes leaping around like ninjas, was first produced by his company Saban Entertainment and was an instant success when it debuted in 1993. Saban later sold the franchise, but repurchased it in 2010.

As of 2011, the show had morphed into 19 television seasons of 16 different series, plus two movies.

58. “Homeland”/“In Treatment”/“Traffic Light”

Hollywood has discovered Israel. In recent years, a slew of Israeli television series have been picked up in the United States and turned into some of the world’s most popular TV programs.

“Homeland,” the internationally acclaimed Showtime television series that won a Golden Globe last year, is based on the Israeli hit series “Hatufim” (). HBO’s award-winning show “In Treatment” is based on Israel’s “BeTipul,” while Fox has debuted “Traffic Light” based on the Israeli comedy “Ramzor.” US dra-medy “The Ex List” is based on the Israeli series “The Mythological X.”

In March, it was announced that the popular Israeli series “Danny Hollywood” will be remade in the United States as “Joey Dakota”.

59. Batsheva Dance Company

Founded in 1964 by Martha Graham and Baroness Batsheva DeRothschild, Batsheva is Israel’s leading dance company. Based in Tel Aviv, the troupe is internationally acclaimed.

The company’s artistic director is Ohad Naharin, founder of the widely popular dance technique Gaga.

Israeli dancer and choreographer Ilan Azriel was in a hardware store one day when some small aluminum tubing fell to the floor. He pushed his hand through the tube and was captivated by the movement.

He turned this inspiration into a full-length dance performance, “Aluminum,” which combines movement and visual theater. The show has toured the world to great critical success.

With their white-powdered faces and red lips, the Voca People are hard to miss. This internationally acclaimed ensemble of eight musician-actors has wowed millions around the world and is renowned for its a cappella singing and self-made musical effects.

Israeli producers Lior Kalfo and Shai Fishman created the theatrical troupe in Tel Aviv. The premise is that the singers are from a planet known as Voca and they’ve crashed onto Earth. The Voca People has three troupes on the go — in Israel, Europe and the United States. The American ensemble recently found a new home at off-Broadway’s New World Stages.

Krav Maga is an eclectic self-defense system originally developed by Imi Sde-Or, a boxer who lived in Bratislava during the 1930s, in an effort to protect Jewish communities from growing anti-Semitism.

He immigrated to Israel and in 1948 when Israel was founded and the Israel Defense Forces born, he became the chief instructor for Krav Maga at the IDF School for Combat Fitness. Over the next 20 years he developed and refined the system for both civilian and military use.

Today is it used widely in Israel by the IDF, the Mossad and Shin Bet, and its popularity is growing worldwide. The CIA, FBI, US marshals, US police departments and SWAT teams all use the system. There are Krav Maga schools across the United States, Europe, Australia and South America.

Israeli pet-lovers have created the first-ever US cable channel for dogs. DogTV is a new Israeli production being test-marketed on pets in San Diego, ahead of a US rollout by Time Warner and Cox Communications.

The new channel is scientifically programmed to keep dogs happy, stimulated and comforted when they’re home alone.

64. IntelliGym: ACE Technology

In the 1980s and 1990s, Israel-based Applied Cognitive Engineering (ACE) developed IntelliGym — software-based training tools to significantly improve the performance of competitive sport players, security personnel, fighter pilots, medical staff, traders and student test-takers.

Today the company is focused solely on the sports market, with the Basketball IntelliGym — one version used by NCAA Division 1 teams and another by consumers — and the Hockey IntelliGym, first used by US national teams with unprecedented results (nine gold medals out of 12 international tournaments over a period of two years) and later adopted by the NHL, collegiate and junior players all the way down to the Pewee level.


Israelite Technology Timeline - History

This data taken from Encyclopedia Judaica. Different sources can give varying chronology!

8000 -- 4000 BCE Período Neolítico
4000 -- 3150 BCEChalcolithic Period
3150 -- 2900 BCEEarly Bronze Age I
2900 -- 2600 BCEEarly Bronze Age II
2600 -- 2300 BCEEarly Bronze Age III
2200 -- 1950 BCE Middle Bronze Age I
1950 -- 1550 BCE Middle Bronze Age II
1550 -- 1400 BCE Late Bronze Age I
1400 -- 1200 BCE Late Bronze Age II
1200 -- 1000 BCE Iron Age I
1000 -- 586 BCE Iron Age II

II. Timeline of Israeli History in Short

Source: The Highlights of Israeli History from the Israeli Ministry of Foreign Affairs

This is an abbreviated version of the source, since most events from the modern history are not relevant to the current site. Links to other detailed MFA History pages are given in the table, marked "More at MFA . "


What Happened in 1947 Important News and Events, Key Technology and Popular Culture

What happened in 1947 Major News Stories include Kon-Tiki expedition, Roswell UFO incident, India and Pakistan Beome Independent Nations, CIA established. IMF Established, Ferrari begins production of sports cars, Cold War Beginnings between East and West, United Nations votes in favor of the creation of an Independent Jewish State of Israel, Technology includes First "instant camera", "Tubeless Tire", Transistor is invented, Sound Barrier Broken, First Mobile Phone,

1947 In most areas of consumer goods demand outstripped supply in the US and the British car makers took advantage of these shortages by exporting as many cars as they could to help boost British jobs and economy and many Americans liked the idiosyncrasies from these British cars like Austin, Hillman and MG's. This year saw some of the most significant inventions that would impact lives for many years to come including the Transistor and the Mobile Phone. The start of the Cold War which lasted close to 4 decades is also seen as the Worlds two Super Powers USA and USSR worry about the dominance, politics and influence of each other on the other countries in the world. And many couples started lives living with parents due to the continuing shortages in housing
Jump To World Leaders -- Calendar -- Technology -- Popular Culture -- News and Events -- Born This Year -- Cost Of Living


Technology timeline

by Chris Woodford. Last updated: March 18, 2021.

I nventions don't generally happen by accident or in a random order: science and technology progress in a very logical way, with each new discovery leading on from the last. You can see that in our mini chronology of invention, below. Please note: it's not meant to be a complete history of everything, and it doesn't include inventions or technologies that aren't covered somehow, somewhere on this website . It's really just another way to explore the articles on the site (for which there is also an A-Z index).

Sun starts to produce energy.

Thales of Miletus discovers static electricity.

Ancient Egyptians invent lighthouses, including the huge Lighthouse of Alexandria.

Chinese invent early magnetic direction finders.

Archimedes invents the screw pump for moving water and other materials.

Hero of Alexandria, a Greek scientist, pioneers steam power.

Ts'ai Lun makes the first paper in China.

Thomas Newcomen builds the first practical (but stationary) steam engine.

Please do NOT copy our articles onto blogs and other websites

Articles from this website are registered at the US Copyright Office. Copying or otherwise using registered works without permission, removing this or other copyright notices, and/or infringing related rights could make you liable to severe civil or criminal penalties.

Text copyright © Chris Woodford 2008, 2021. All rights reserved. Full copyright notice and terms of use.


Assista o vídeo: Linha do tempo das invenções tecnológicas