Char de Rupture 2C / Char 2C

Char de Rupture 2C / Char 2C



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Char de Rupture 2C / Char 2C

O Char de Rupture 2C ou Char 2C era um tanque muito pesado que foi projetado durante a Primeira Guerra Mundial, mas produzido em pequenos números após a guerra.

A força blindada francesa da Primeira Guerra Mundial foi comandada pelo General Estienne, que desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento do primeiro tanque francês, o tanque de assalto Schneider CA.1, antes de em setembro de 1916 ser nomeado comandante da força blindada - a artilharia de assalto.

Uma das sugestões do General Estienne foi o desenvolvimento de um tanque pesado para ser usado na planejada ofensiva de 1919.

O novo tanque pesado foi projetado na FCM por Savatier e Jammy. Eles produziram uma série de protótipos - o A, IB e IA, antes do trabalho ser transferido para o enorme Char de Rupture 2C de 68 toneladas. A FCM era uma empresa de construção naval e o 2C foi construído no estaleiro Chantiers Navals de la Seyne.

O 1A foi concluído em dezembro de 1917. Era um tanque muito grande de 41 toneladas, armado com um canhão de 75 mm em uma torre frontal e duas metralhadoras de 8 mm, movidas por um motor Renault de 240 cv. Foi difícil manobrar. O 1B era semelhante, mas armado com uma arma de 105 mm. Pode ter havido também um 1C, predecessor direto do 2C, pesando 70 toneladas e carregando o mesmo armamento de um canhão de 75 mm e quatro metralhadoras.

O 2C era semelhante em layout a esses protótipos anteriores. Ele era movido por dois motores. Ele carregava um canhão de 75 mm em uma torre carregada na frente da fuselagem, tornando-o o primeiro tanque do mundo a portar esse tamanho de arma. Ele também tinha quatro metralhadoras - uma na placa frontal do casco, uma em cada lado nivelada com a torre e uma em uma pequena torre na parte traseira do tanque. Esta foi outra inovação, tornando o 2C o predecessor de uma série de tanques entre guerras com várias torres.

Um pedido de 300 2Cs foi feito em 21 de fevereiro de 1918, mas a indústria francesa já estava muito fraca e esse pedido nunca foi atendido. Dez tanques foram construídos antes do Armistício, mas não se tornaram operacionais até 1921. No final da guerra, o contrato foi reduzido para apenas dez tanques. A essa altura, eles haviam recebido dois motores Mercedes de 180 CV, considerados reparos de guerra. Posteriormente, foram substituídos por dois motores Maybach de 250 CV, também considerados reparações de guerra. A energia era fornecida às rodas motrizes traseiras usando um sistema de transmissão elétrica a gasolina - cada um dos motores a gasolina alimentava um gerador elétrico, que por sua vez estava ligado a um motor elétrico por pista. O 2C compartilhava a mesma falha básica dos protótipos - era mais de três vezes mais longo do que largo, tornando-o muito difícil de manobrar.

A suspensão era fornecida por 24 rodas duplas em seis bogies, suportadas por molas planas. Para viagens de longa distância, cada tanque tinha de ser suspenso entre dois vagões ferroviários especiais, um arranjo incomum que exigia muito tempo. Pode levar até quatro horas para carregar um tanque em suas carruagens.

Em 1921, os dez 2Cs foram emitidos para o 51 Batalhão. Nos anos seguintes, a suspensão foi aprimorada, rádios foram instalados e a comunicação interna foi aprimorada. O trabalho de melhoria do design continuou até 1932, quando as atenções se voltaram para um Char B3 de 45 toneladas e um Char BB de 50 toneladas. Nenhum desses projetos produziu nada, então o Char 2C permaneceu o único tanque pesado em serviço na França.

Em 1926, um dos 2Cs foi transformado no único 2C-bis. Ele recebeu novos motores Sautter-Harlé de 250 hp e um canhão de 155 mm de cano curto na torre principal. Ao mesmo tempo, uma armadura mais espessa foi instalada.

Em 1o de setembro de 1939, o exército francês ainda tinha 6 2Cs em serviço. Todos os seis foram destruídos em 1940, quando aviões alemães os pegaram em seus vagões ferroviários a nordeste de Langres. O bombardeio danificou a linha ferroviária e os prendeu em seus vagões. Os veículos sobreviventes foram sabotados por suas próprias tripulações no final de 15 de junho de 1940. Como resultado, o tipo nunca foi usado em combate.

Estatísticas
Produção: 10
Comprimento do casco: 33,66 pés
Largura do casco: 9,66 pés
Altura: 13,17 pés
Tripulação: 12 conforme construído, 13 em 1927
Peso: 68 toneladas (74 toneladas 2C bis)
Motor: dois motores de dirigível Mercedes de 180 hp (1921), dois motores Maybach de 250 hpo depois
Velocidade máxima: 12kph
Armamento: 75 mm (2C), 155 mm (2C bis), quatro metralhadoras de 8 mm


Desenvolvimento [editar | editar fonte]

O Char d'assaut de grand modèle [editar | editar fonte]

As origens do Char 2C sempre estiveram envoltas em um certo mistério. & # 911 & # 93 No verão de 1916, provavelmente em julho, & # 911 & # 93 General Léon Augustin Jean Marie Mourret, Subsecretário de Artilharia, concedeu verbalmente Forges et Chantiers de la Méditerranée (FCM), um estaleiro no sul da França perto de Toulon, o contrato para o desenvolvimento de um tanque pesado, um char d'assaut de grand modèle. Na época, a indústria francesa era muito ativa no lobby para pedidos de defesa, usando suas conexões com altos funcionários e oficiais para obter contratos de desenvolvimento de comissões poderia ser muito lucrativo, mesmo quando não resultasse na produção real, uma vez que eram totalmente pagos pelo Estado. O exército francês não tinha nenhuma exigência declarada para um tanque pesado, e não havia uma política oficial para adquirir um, então a decisão parece ter sido tomada exclusivamente por sua autoridade pessoal. A razão que ele deu mais tarde foi que os tanques britânicos então em desenvolvimento por um comitê naval pareciam ser mais bem concebidos quanto ao layout, ventilação e proteção contra incêndio, de modo que um estaleiro poderia melhorar os projetos franceses existentes. & # 912 & # 93 Especificações exatas, se é que alguma vez existiram, foram perdidas. A FCM então negligenciou amplamente o projeto, além de colher os benefícios financeiros. Naquela época, todos os projetos de tanques eram altamente secretos e, portanto, protegidos do escrutínio público. Isso logo mudaria, no entanto.

Em 15 de setembro de 1916, os britânicos posicionaram tanques na batalha pela primeira vez na forma do Mark I, e uma verdadeira euforia de tanques se seguiu. Quando o humor público na Grã-Bretanha ficou cada vez mais sombrio, à medida que a verdade sobre o fracasso da Ofensiva de Somme não podia mais ser suprimida, os tanques ofereceram uma nova esperança de vitória final. O povo francês ficou curioso quanto ao estado de seus próprios projetos de tanques nacionais. Os políticos franceses, não tendo se envolvido demais com eles e deixando o assunto para os militares, não foram menos curiosos. Essa atenção repentina alarmou muito Mourret, que prontamente investigou o progresso que havia sido feito na FCM e ficou chocado ao descobrir que não havia nenhum. Em 30 de setembro, ele assumiu pessoalmente o controle do projeto. No dia 12 de outubro, sabendo que a empresa Renault havia alguns meses antes feito várias propostas para construir uma argamassa pesada de esteiras que havia sido rejeitada, ele implorou à Louis Renault para ajudar a FCM no desenvolvimento de um veículo pesado adequado que a Renault atendeu. Antes mesmo de saber qual seria a natureza exata do projeto, em 20 de outubro Mourret encomendou um protótipo para ser construído pela FCM. & # 912 e # 93

Este desenvolvimento coincidiu com uma demanda política do Ministro do Armamento Albert Thomas para produzir um tanque superior aos britânicos. Em 7 de outubro, ele havia solicitado a Lloyd George que entregasse alguns Mark Is à França, mas não recebeu resposta. Concluindo corretamente que nenhuma entrega desse tipo se materializaria, em 23 de janeiro de 1917 ele ordenou que tanques franceses fossem desenvolvidos que fossem mais rápidos, e mais poderosamente armados e blindados do que qualquer veículo britânico. Ele especificou um peso de quarenta toneladas, uma imunidade contra disparos de artilharia leve e uma capacidade de passagem de trincheiras de 3,5 metros. & # 913 & # 93

Enquanto isso, a Renault havia consultado sua própria equipe liderada por Rodolphe Ernst-Metzmaier, que, desde maio de 1916, estava no processo de projetar o revolucionário tanque leve Renault FT. Este trabalho, entretanto, não os impediu de considerar outros tipos de tanques. A Renault, sempre esperando que seus funcionários fornecessem novas ideias instantaneamente, teve com essa atitude encorajou a equipe a tomar uma postura pró-ativa - estabelecendo um padrão que duraria até 1940 - e a ter vários tipos de estudos de contingência prontos para a ocasião, incluindo uma viabilidade estudo para um tanque pesado. Esta circunstância feliz permitiu que uma maquete de madeira em tamanho real fosse construída em um tempo extraordinariamente rápido. Foi visitado pelo Subsecretário de Estado das Invenções Jules-Louis Breton em 13 de janeiro de 1917, que ficou muito impressionado e desenvolveu um grande interesse pelo projeto. & # 911 & # 93 O projeto foi apresentado ao Comitê Consultivo da Artilharia de Assalto em 16 e 17 de janeiro de 1917, após a aprovação do conceito básico em 30 de dezembro. Este tanque proposto era o desenho mais avançado de seu tempo e foi recebido muito favoravelmente, também por causa do entusiástico relatório de Breton, e um consenso começou a se formar de que o projeto era o mais promissor e um potencial "vencedor da guerra". Ele apresentava um canhão de 105 & # 160 mm em uma torre, tinha um peso proposto de 38 toneladas e uma armadura de 35 & # 160 mm. A comissão decidiu desenvolver dois protótipos, um com transmissão elétrica e outro com transmissão hidráulica. & # 911 & # 93 Nesse período, tanto os militares franceses quanto os britânicos ficaram cientes dos graves problemas de mobilidade e direção de veículos pesados ​​de lagartas. Os projetos franceses compararam os extensos experimentos britânicos com todos os tipos de transmissões de tanques aprimoradas para resolvê-los.

Resistência ao projeto [editar | editar fonte]

Em janeiro de 1917, o Ministério do Armamento propôs construir três classes de peso de tanques: tanques leves, médios e pesados, & # 912 & # 93, esta última classe correspondendo ao novo projeto. No entanto, o tanque FCM já havia feito um inimigo poderoso e influente. O brigadeiro Jean Baptiste Eugène Estienne, comandante da nova força de tanques, a Artilharia de Assalto, cooperou estreitamente com a Renault no desenvolvimento do Renault FT e, por meio dessa conexão, foi mantido bem informado sobre o projeto do outro tanque. Estienne começou a temer que a produção do veículo pesado consumisse todas as instalações de produção disponíveis, impossibilitando a aquisição de um tanque leve Renault FT, muito mais prático. Ele não era avesso à produção de tanques pesados ​​como tal, mas apenas em um número limitado e com a condição de não impedir a fabricação de tanques leves. & # 913 & # 93 Que seus temores não eram infundados tornou-se aparente quando em novembro Mourret tentou obstruir o desenvolvimento do Renault FT, argumentando que todos os recursos disponíveis deveriam ser concentrados na produção de tanques pesados. Alarmado, Estienne escreveu uma carta ao Comandante-em-Chefe, General Joffre, datada de 27 de novembro de 1916 e defendendo o conceito de tanque leve. Nele, ele admitia que "navios de terra colossais" poderiam, em certas circunstâncias, ter seus usos, mas apontava que, embora ainda não estivesse provado que qualquer tipo pesado trabalhável pudesse realmente ser desenvolvido, quanto mais produzido, em número suficiente pela indústria francesa, Seria tolice não dar prioridade a tanques leves que pudessem ser construídos sem demora. Ele insistiu que Joffre usasse toda a sua influência para provocar o cancelamento do projeto do tanque pesado.

Joffre respondeu que Estienne estava sem dúvida correto em sua análise tática e organizacional, mas que não poderia agradá-lo porque o apoio político do tanque pesado era simplesmente forte demais. O Ministro do Armamento, Albert Thomas, havia se comprometido abertamente com a causa de Mourret e não ousava retirar seu apoio agora. Joffre aconselhou Estienne a não se preocupar muito, pois garantiria pelo menos que o Renault FT não fosse cancelado e, precisamente porque o desenvolvimento de tanques pesados ​​levaria tanto tempo, pois no futuro imediato não atrapalharia os tanques leves Produção. Certamente não haveria mal nenhum em permitir a construção de alguns protótipos.

O Comitê Consultivo da Artilharia de Assalto (Comité Consultatif de l'Artillerie d'Assaut ou CCAS) foi criada em 13 de dezembro de 1916 e reuniu-se pela primeira vez em 17 de dezembro. Durante esta primeira sessão, foi relatado que a Renault e a FCM estavam cooperando em um projeto de tanque pesado de trinta toneladas. Estienne nesta ocasião sublinhou que a produção deve ser "orientada para tipos pequenos e tipos muito grandes". & # 911 & # 93 Durante a próxima reunião em 30 de dezembro, Estienne ficou surpresa ao descobrir que, sem razões claras, um canhão 105 & # 160 mm foi planejado. Ele próprio preferia uma arma de 75 e # 160 mm. Estienne estava ausente na reunião crucial de 17 de janeiro, mas por carta informou ao comitê que considerou o projeto bem apresentado e satisfatório e concordou com a construção rápida de dois protótipos, ele declarou sua preferência por um 75 & # 160mm ao invés de 105 & # 160mm arma de fogo. & # 911 e # 93

Em dezembro, Joffre foi substituído como comandante supremo por Robert Nivelle. No final de janeiro, Nivelle soube do projeto do tanque pesado com Estienne. Ele estava muito mais alarmado do que Joffre. Em 29 de janeiro, ele escreveu uma carta ao Ministro Thomas, deixando claro que em nenhuma circunstância o projeto poderia impedir a produção do Schneider CA. Thomas respondeu em 5 de fevereiro que não havia perigo de que isso acontecesse, ele acabara de afirmar em 1 de fevereiro a política do General Mourret, que já havia ordenado o desenvolvimento simultâneo de três protótipos: a versão "A" mais leve, pesando trinta toneladas, tendo um comprimento de 6,92 metros, com uma suspensão com 29 rodas duplas, quatro bogies principais e cinco cilindros superiores, movidos por dois motores Renault 200 & # 160hp e estar equipado com um canhão de 75 & # 160mm, para cumprir o pedido original de 20 de outubro a versão "B" de quarenta e cinco toneladas com casco alongado para 7,39 metros, armada com um canhão 75 & # 160mm e duas metralhadoras, com suspensão com trinta rodas, cinco bogies principais e seis cilindros superiores, utilizando um novo motor de 380 e # 160 cv e uma transmissão petro-hidráulica e a versão "C" de 62 toneladas com um canhão de 75 e # 160 mm, um comprimento de 9,31 metros, uma suspensão com quarenta e cinco rodas, seis bogies principais e nove rolos superiores , e quatro motores de 110 & # 160hp combin com transmissão petroelétrica. As dúvidas de Nivelle foram reforçadas por investigações de uma comissão parlamentar de finanças liderada por Pierre Renaudel. Um plano de Breton para encomendar imediatamente cinquenta veículos mais ou menos idênticos ao modelo foi, portanto, rejeitado. A encomenda de 1 de fevereiro de dois protótipos adicionais foi confirmada pelo CCAS a 7 de fevereiro. Eventualmente, o "FCM 1A" seria desenvolvido com um canhão 105 & # 160 mm e o "FCM 1B" usaria uma transmissão mecânica a gasolina. & # 911 & # 93 No início, o progresso com o protótipo FCM 1A foi satisfatório. O diretor do FCM, Moritz, foi garantido pela Renault em janeiro de 1917 que os desejados motores de 200 HP eram confiáveis ​​e não representariam nenhum perigo para o projeto. Moritz então previu que o primeiro protótipo estaria pronto em 1º de maio de 1917. Em 10 de abril de 1917, ele ainda presumia que os primeiros testes poderiam ter começado em cinco semanas. Em 16 de abril, a Ofensiva Nivelle falhou completamente, e o primeiro uso de tanques franceses também foi um fracasso na reação. Thomas ordenou que toda a produção e projetos de tanques fossem encerrados. Isso levou a uma aliança de emergência entre Estienne e Mourret para reverter esta decisão. Quando Thomas visitou a Rússia, Mourret secretamente ordenou o reinício dos projetos dos tanques. Em seu retorno, um Thomas enfurecido fez com que Mourret fosse demitido, removendo assim o maior rival de Estienne. Enquanto isso, houve atrasos inexplicáveis ​​na entrega dos motores e da caixa de câmbio pela Renault. No dia 5 de junho, o FCM apenas pôde constatar que as peças prometidas ainda não tinham chegado. Em 24 de junho, o Ministério do Armamento queixou-se da situação. Em 13 de agosto, Breton perguntou pessoalmente à Renault e foi informado de que levaria pelo menos mais três semanas. Uma possível explicação para os atrasos pode ser uma decisão deliberada da Renault de dar prioridade a outros projetos. & # 911 & # 93 Durante uma reunião do CCAS em 18 de outubro, Moritz pôde finalmente anunciar que os julgamentos poderiam começar em 20 de novembro. Nessa reunião Estienne fez uma crítica aos tanques pesados: "a infantaria tanto precisa de tanques grandes, como precisa de canhões de 400 mm, precisa de tanques pequenos, tanto quanto precisa de 37 mm e metralhadoras". & # 911 e # 93

O FCM 1A [editar | editar fonte]

Em 17 de novembro, o diretor Moritz, apresentando ao CCAS a próxima apresentação do protótipo FCM 1A, explicou que se tratava de uma bancada de testes que não correspondia exatamente às especificações originais da "versão A". & # 911 & # 93 Na verdade, a empresa, em seus esforços para preparar um veículo real em funcionamento o mais rápido possível, construiu um protótipo que foi amplamente baseado no modelo original & # 911 & # 93 e, portanto, estava muito mais perto de o conceito "B", embora com um canhão 105 & # 160 mm e uma transmissão mecânica a gasolina, a transmissão hidráulica foi abandonada pelo CCAS em 10 de maio. & # 914 & # 93 Um relatório detalhado do exército sobre os planos de janeiro de 1917 sobreviveu e pode dar uma boa impressão das qualidades do eventual protótipo. & # 911 e # 93

O veículo era o maior tanque construído até aquela data. Tinha um comprimento de 835 centímetros, uma largura de 2842 milímetros, uma altura de casco de 198 centímetros, uma altura do telhado da torre de 2785 milímetros e uma altura total, incluindo cúpula, de três metros. Foi também o primeiro veículo tanque que ofereceu uma proteção real contra balas HE de artilharia: o casco dianteiro era coberto por uma placa de blindagem de trinta e cinco milímetros e a mesma tinha a espessura total da torre. As laterais e a traseira foram protegidas por uma placa de vinte e um milímetros, a parte superior e o teto por quinze milímetros. O peso total do tanque era de 41,4 toneladas. O peso do casco vazio era de 22,1 toneladas, 17,5 toneladas representadas pelo casco, das quais 5,5 toneladas de armadura, e 4,6 toneladas pela torre, incluindo 1,3 toneladas de armadura. & # 911 e # 93

O casco do FCM 1A era muito alongado, para atravessar valas largas. Era mais ou menos compartimentado em quatro seções, que no entanto não eram separadas por anteparas: um compartimento do motorista relativamente curto na frente, um compartimento de combate com uma torre na parte superior, uma sala de munições maior e, finalmente, um grande compartimento do motor na parte traseira . O último foi ampliado em ambos os lados sobre os trilhos, para criar espaço para longos tanques retangulares de combustível. A frente do casco seguia o perfil das faces altas de escalada dos trilhos e, portanto, curvava-se gradualmente para cima, terminando em uma placa de nariz alta e vertical. A placa glacis atrás dele foi orientada quase horizontalmente e conectada em sua parte traseira à placa frontal superior vertical do compartimento do motorista. Como o anel da torre era maior do que a largura do casco, ele parcialmente se apoiava em extensões laterais arredondadas. A torre era um cone truncado com um telhado inclinado para a frente, de modo que, na vista lateral, seu perfil era em forma de cunha.

Originalmente, uma tripulação de sete pessoas havia sido planejada, mas em dezembro de 1917 ela foi reduzida para seis: um comandante à esquerda da torre que também tinha a responsabilidade de apontar o canhão e um segundo homem à direita da torre que combinava as funções de artilheiro, metralhador e carregador, um assistente-carregador de pé entregando novos cartuchos ao carregador - nos primeiros dois deles foram vistos como necessários um motorista, um metralhador frontal e um mecânico que também atuava como metralhador traseiro. & # 911 e # 93

O armamento principal era um canhão 105 & # 160mm, um Cânon de 105 Court Schneider, encurtado para reduzir seu recuo para que pudesse caber em uma torre. Se disparou um projétil HE com quatro quilos de explosivos e uma velocidade de boca de 240 & # 160m / s. O grande casco permitia um grande estoque de munição de 122 cartuchos: dezoito, empilhados em três fileiras verticais de seis à sua frente, eram diretamente acessíveis ao artilheiro / carregador; dois lotes de oito foram armazenados abaixo do piso do compartimento de combate e quarenta e quatro , empilhados em quatro fileiras verticais de onze, revestiam cada parede da sala de munições. O comandante apontou a arma observando o alvo através de uma mira de cata-vento, instalada no teto da torre, de sua "cúpula" retangular. Havia duas metralhadoras Hotchkiss 8 e # 160 mm em posições fixas de montagem esférica. As metralhadoras de reserva ou pistolas podiam ser disparadas através de cinco fendas verticais que podiam ser conectadas: uma na parte traseira da torre, duas nas laterais da torre e duas em os lados do casco abaixo da parte traseira da torre. & # 911 e # 93

No protótipo, um único motor Renault 220 HP de doze cilindros foi instalado, permitindo uma velocidade máxima de 10 & # 160km / h a 1200 rpm. A velocidade mínima era de dois km / h. A transmissão era mecânica, usando uma embreagem de disco. A roda dentada estava na parte traseira, a polia na dianteira. A suspensão consistia em bogies, suspensos por molas de lâmina, de quatro rodas, cada uma com flanges externos e internos alternados. Os trilhos tinham 60 centímetros de largura, resultando em uma pressão sobre o solo de 0,6 & # 160kg / m². A distância ao solo foi de quarenta centímetros. O centro de gravidade ficava no meio do veículo, a um nível de um metro acima do solo. O projeto se orgulhava de não ter seções salientes na frente ou na traseira, pois havia dificultado muito a mobilidade dos primeiros tanques franceses Schneider CA1 e Saint Chamond. O tanque poderia superar um obstáculo vertical de um metro de altura e cruzar uma trincheira de 3,5 metros de largura. & # 911 e # 93

Muita atenção foi dada à ergonomia, o motivo declarado de Mourret em ter o tanque projetado por um estaleiro. O veículo era menos apertado do que os projetos anteriores, a tripulação sendo capaz de andar mais ou menos pelo casco, apenas agachando levemente. O mecânico pode acessar o motor pelos dois lados. O comandante podia se comunicar com o motorista, o metralhador frontal e o mecânico por meio de tubos de fala. As comunicações externas eram de responsabilidade do mecânico que poderia levantar uma machadinha logo atrás da torre para dar sinais por fanions, dispositivos pirotécnicos ou luzes elétricas. O tanque podia ser acessado pela cúpula, mas cada membro tinha escotilhas de escape ovais ou redondas acima e abaixo dele. & # 911 e # 93

O Char 2C é ordenado [editar | editar fonte]

Em dezembro de 1917, o primeiro protótipo, o FCM 1A, estava pronto para ser mostrado a uma comissão de investigação. Mourret havia sido substituído como chefe da comissão por Estienne, cujo bom amigo, o general Philippe Pétain, o novo alto comandante do exército francês, pediu-lhe que usasse sua posição para encerrar o projeto. Estienne disse a Pétain que isso foi imprudente enquanto o público questionava por que esses tanques pesados ​​não haviam sido produzidos. Além disso, os aliados (especificamente os britânicos e os EUA) só consentiriam em dar à França 700 do novo Mark VIII Liberdade design se a França tivesse feito pelo menos um esforço simbólico para produzir seus próprios tanques pesados. Assim, as autoridades francesas tiveram de atrasar o projeto, embora externamente o endossassem. Estienne já havia traçado esse rumo ao escolher a versão mais pesada, a “C”, para produção, exigindo um protótipo totalmente novo, causando um atraso considerável. Então Pétain exigiu números de produção excessivamente altos, atrasando o planejamento e iniciando uma disputa política.

Pétain pediu que 300 tanques pesados ​​estivessem prontos até março de 1919, causando uma disputa entre Clemenceau, que era primeiro-ministro e ministro da Guerra, e Louis Loucheur, o ministro do Armamento, que achava impossível fornecer a mão-de-obra e aço necessário. Enquanto isso, Estienne e Pétain complicaram a questão com novas demandas. Pétain pediu pontões especiais e Estienne exigiu que os aríetes e os detectores eletrônicos de minas fossem consertados. Quando a guerra terminou, nenhum tanque havia sido construído.

No início, a ordem de produção do Char 2C foi cancelada. Apesar do fim das hostilidades, no entanto, manteve-se a forte pressão política para a adoção de novos projetos de tanques pesados, visto que havia agora um considerável excedente de capacidade na indústria pesada. Para parar isso, o Direction de l’Artillerie d’Assaut por instigação de Estienne decidiu em abril de 1919 adquirir dez Char 2Cs afinal, e usar isso como um argumento para rejeitar quaisquer outros projetos. Isso não foi totalmente bem-sucedido até 1920, foi proposto ao Section Technique des Appareils de Combat para construir um tanque de 600 toneladas com blindagem de 250 e # 160 mm e # 91 citação necessária & # 93. Na FCM Jammy e Savatier terminaram o protótipo Char 2C, os outros nove tanques sendo construídos quase simultaneamente, todos os dez foram entregues em 1921 e modificados pela fábrica até 1923. Eles seriam os últimos tanques franceses a serem produzidos para o mercado doméstico até o Char Pré-série D1 de 1931.


O início do “Char de Rupture”

Os franceses, testemunhando o impacto dos tanques britânicos & # 8220rhomboid & # 8221 em 1916, imaginaram um tanque de avanço definitivo para uma ofensiva final da Entente que havia sido planejada para março de 1919, às vezes referida como "ataque da Linha Hindenburg". Este “char de rupture” foi iniciado por dois generais do Exército francês: General Jean Baptiste Eugene Estienne, proponente do Schneider CA1 e mais tarde do pequeno e relativamente ágil tanque FT, e General Léon Augustin Jean Marie Mourret, apoiador do fortemente armado mas Saint-Chamond desajeitado. Embora eles estivessem em desacordo com seus projetos de tanques concorrentes, eles eventualmente se reuniram para trabalhar no protótipo FCM 1A. Os tanques franceses anteriores, como o já mencionado Schneider CA1 e o Saint-Chamond, lutavam em terrenos acidentados, especialmente quando se tratava de cruzar trincheiras. Tanto o CA1 quanto o Saint-Chamond tinham cascos longos, que se projetavam significativamente além de seus rastros. Ao contrário dos tanques britânicos "romboides", os trilhos também não contornavam todo o casco. Essas escolhas de design se traduziram em um tanque que não poderia atravessar adequadamente um campo de batalha. Os aspectos negativos dessas escolhas de design podem ser vistos na Batalha de Flandres em 1918, onde apenas oito dos trinta tanques Saint-Chamond conseguiram lutar em um período de cinco dias, com vários tanques passando por falhas mecânicas ou ser incapaz de atravessar o terreno.

Estienne imaginou um tanque mais pesado que não fosse tão limitado quanto o CA1 ou Saint-Chamond. Em fevereiro de 1917, ele propôs que um tanque pesado deveria complementar três a quatro tanques leves em cada unidade. Também foi necessário projetar um tanque que pudesse navegar com sucesso no terreno em que os projetos anteriores haviam falhado, já que as falhas do Saint-Chamond e do CA1 fizeram com que alguns líderes franceses rejeitassem o conceito de tanque. O resultado deste pedido foi a Forges de Chantier de Méditerranée (FCM) 1A. Na época, o FCM era conhecido principalmente por suas capacidades de construção naval. O projeto 1A foi comissionado em outubro de 1916, mas veria alguns atrasos, principalmente atribuídos à Renault, que foi encarregada de fornecer o trem de força. O 1A foi levado a julgamento em dezembro de 1917, meses depois do planejado originalmente. Durante os testes, o 1A provou que seu design lhe permitiu conquistar terrenos difíceis. Os testes foram filmados, mostrando o 1A subindo encostas íngremes, conquistando valas profundas e cruzando valas largas. Apesar do sucesso do protótipo em testes, o 1A nunca entrou em produção, em parte devido à experiência que o FCM aprendeu ao criar e testar o 1A o levou a propor uma infinidade de designs mais modernos e prontos para a batalha. O maior desses projetos seria aceito para produção, o 2C, que estaria pronto para produção em fevereiro de 1918.

O protótipo FCM Char 1A durante o teste. Fonte: chars-francais.net


FCM 2C / Char 2C - Combate

No início de 1939, todas as 10 cópias foram preservadas (números 90-99), algumas das quais não estavam prontas para o combate. A essa altura, eles ainda estavam no mesmo 511º regimento de tanques em Verdun, do qual não saíam há muito tempo. Em julho, foi decidido transferir os tanques para Belrup (5 km do local inicial), onde se formou o 51º Batalhão de Tanques (51 BCC), composto por três divisões, comandado pelo Coronel Fournet. Em cada um deles havia três tanques, e outro servia como veículo de comando.

No entanto, uma tentativa de superar até mesmo uma distância tão pequena tornou-se uma tarefa impossível para alguns 2C. Na marcha, os motores antigos da Mercedes literalmente sufocaram , em consequência do que dois tanques exigiram reparos sérios. Após o início da guerra, em outubro de 1939, o batalhão foi realocado para Briya, 43 km a nordeste de Verdun. Aqui, os tanques novamente realizaram um treinamento intensivo com tiro prático, enquanto os tanques foram reequipados com os motores Maybach retirados do arsenal de Puto. Eles foram recebidos em 1919 como indenizações da Alemanha e permaneceram não reclamados até aquele momento. Em 10 de maio de 1940, oito tanques prontos para o combate foram levados para um campo de campo a 5-6 km de Verdun e, no mesmo mês, visitaram Noroy ECP e Joudreville.

Na tarde do dia 12 de maio, o comandante do batalhão recebeu ordem de carregar tanques no posto de Landres e avançar para a linha de frente à disposição do 3º Exército. Demorou várias horas para se preparar para a marcha e por volta das 20 horas conseguiram pegar a estrada, perdendo dois tanques por motivos técnicos. Chegando a Landre, descobriu-se que não havia locomotivas livres. Somente após as insistentes demandas do comandante do batalhão e a intervenção do comandante da estação, as locomotivas foram selecionadas e na madrugada de 13 de junho teve início o carregamento dos tanques nas plataformas. Deles formam duas composições de três tanques cada. A primeira composição saiu às 13:30, a segunda - às 14:30. Nesta altura, o comandante do 513º Regimento (GBC513), Coronel Saint-Sernin (Saint-Sernin), tendo em vista o rápido avanço das tropas alemãs ordenou às tropas que explodissem dois tanques não transportáveis ​​presos em Menville (N.º 95 Tourane ) e Pienne (No. 92 Picardie ").

Chegando à estação Gondrecourt-le-Chateau (Gondrecourt-le-Chateau), o batalhão estava em uma situação difícil. Não havia comunicação com o quartel-general do 3º Exército, portanto, não havia de quem receber mais instruções. Poucas horas depois, representantes do 51º batalhão conseguiram encontrar o comando, que ordenou que pousassem em Certilleux e Landaville, que fica a 5 e 8 km ao sul de Neufchateau, e ali assumissem a defesa. Porém, a poucos quilômetros da estação, as composições são submetidas a bombardeios aéreos, mas desta vez sofreram apenas ferimentos leves. O quartel-general do batalhão que os seguia, liderado pelo coronel Fournet, ficou para trás de seus tanques, pois a ferrovia na estação de Sertilleux foi destruída e os trabalhadores da estrada fugiram.

Tendo partido para procurar seus trens com tanques, Furn chega a Nofshato, onde ele tenta perguntar sobre o destino deles com o comissário local. Ele, obviamente não possuindo a situação, não soube responder nada inteligível. A situação foi parcialmente salva pelo switchman, que disse que os dois trens poderiam ser enviados ao longo dos trilhos através da estação Ys-sur-Thil, que fica a 22 km de Dijon. Voltando às “posições iniciais”, o comando do batalhão passou a esperar pacientemente pela notícia.

A primeira informação veio um dia depois - 15 de maio. Descobriu-se que os tanques estavam presos perto de Nofshato. Enquanto isso, o quartel-general do exército aprova a rota de movimento por Ys-sur-Thil como a mais segura. Between 9 and 10 am, the train managed to get through Nofshato, but the motorcyclist sent with this report cannot report this to headquarters, since he had already managed to migrate to another city. From that moment on, the commander of the 51st battalion with the communications headquarters no longer had. At 4:00 pm, Fournet sent Captain Rolle to find out where and in what condition the convoys are. Returning an hour later, Rolle reported that the tanks were blocked in the Meuse (40 km from Nofshato), where another 5 trains accumulated at the station in front and behind them. Worse, the fuel train in front is burning, and the machinists and locomotive mechanics have escaped, having deactivated them.

By this time, German troops occupied the city of Culmont-Chalindri (Culmont-Chalindrey) 24 km from Maas. Not being able to unload tanks from the platforms, Fournet makes a difficult, but quite justified decision - in order to avoid the capture of the remaining 2C by the Germans, they should be destroyed. By 7 o'clock in the evening it was over. The personnel and headquarters were evacuated by trucks, leaving the broken tanks to the enemy. Nevertheless, the Germans, got the tank No. 99 in almost intact state, which prevented it from being completely impossible to fully disable. Apparently, the French were in too much of a hurry, and in this case they limited themselves to damage to individual units. This machine was delivered to Berlin, where it was exhibited at the exhibition of captured weapons. At the end of the war the Russians seize it. He was photographed in East Germany in 1948 and could still exist. Information about her ultimate fate was not preserved.


Contents

At the beginning of World War II , all ten tanks built by the Forges et Chantiers de la Méditerranée company were ready for action. They were combined in a separate tank battalion, the 51st Bataillon de Chars de Combat . The tanks were already obsolete, slow and easily vulnerable by then, but were still used for propaganda purposes. To do this, they were named after historical provinces of France :

The ten Char 2C
número Surname
90 Poitou
91 Provence
92 Picardy
93 Alsace
94 Brittany
95 Touraine
96 Anjou
97 Normandy
98 Berry
99 Champagne

Normandy was renamed Lorraine in 1939 .

The tanks were deliberately not used in combat, but were used by propaganda as invulnerable "super tanks". After the German Reich broke through the French lines during the western campaign , the decision was made on June 10, 1940 to bring the Char 2C south. The transport train was stopped by a burning train on June 15, 1940 and the tanks had to be blown up so as not to let them fall into the hands of the Germans. German propaganda spoke of a Stuka attack. Despite the explosions, a tank, Champagne , more or less functional, was captured and brought to Berlin.


Trials – Estienne’s horse

FAMH’s Char de Bataille was trialed along with the three other vehicles in Rueil, starting with their presentation on 13th May 1924.

The Char de Bataille FAMH was powered by a Panhard engine producing 120 hp at 1500 rpm. This was the same engine as on the FCM, however, the FAMH weighed in at 17,000 kg, whereas the FCM had a weight of just 15,640 kg. This made the FAMH the vehicle with the lowest power-to-weight ratio of the four, with 7 hp/ton – 1 hp/ton under the requirements of 8. The vehicle could reach a maximum speed of 18.2 km/h, which actually appears to have made it the fastest of the Char de Bataille, by 0.2 km/h in comparison to the Schneider-Renault B. However, a domain in which the difference between the FAMH and the other vehicles was notable, and not in a good way for Saint-Chamond’s vehicle, was range. With the smallest fuel tank of all designs, at only 230 l, and a medium hourly consumption of 30 liters, the FAMH had a range of only about 75 km, the second-worst. The Schneider-Renault B had a whole 50 km more, with 125 km. Out of the three vehicles of which we know the trench-crossing capacity, the FAMH also had the shortest one, being able to cross a 2-meters wide gap, a consequence of the shorter suspension which did not fully go around the vehicle’s hull. At the same time though, the pneumatic drive of the FAMH considerably reduced the physical efforts of the driver and was quite appreciated.

A rear view of the Char de Bataille FAMH, showing the rear and side ventilation for the Panhard 120 hp engine. Source: char-français

The vehicle’s armament had both issues and advantages. The central mounting of the 75 mm gun proved mediocre for the driver, as it took a considerable amount of space, and made his position quite cramped. At the same time, the central casemate mounting was praised by Estienne. It was judged as perfectly placed, both in axis and height, to fire through the embrasures of enemy fortifications, where a successful shot would inflict the most damage. In general, out of all the Char de Bataille proposals, the FAMH appeared to be Estienne’s favorite.


French Tanks of World War II (1) Book Review

In 1940, France mustered more and better tank designs then Nazi Germany did.

But despite generally superior vehicle numbers and quality, French armored elements faced serious logistical and doctrinal drawbacks. Germany, by contrast, leveraged major tactical and organizational advantages into stunning strategic success, conquering France in just six weeks.

Now in French Tanks of World War II – the first of two volumes from Osprey Publishing – Steven J. Zaloga expertly explains the complex interplay of military, political and economic factors facing France. And he deftly distills these through capsule case studies of 11 "infantry and battle" vehicles:

  • Renault FT
  • Char de Rupture 2C
  • Char Léger D1
  • Char Puissant D2
  • Renault R35
  • Char Léger FCM 36
  • Hotchkiss H35 and H39
  • Char B
  • Char B1 bis
  • Renault UE
  • Chenillette Lorraine

The French, Zaloga astutely observes, suffered from a "profoundly defensive strategic outlook", "belated and grudging" interest in armored divisions, and operational defects.

For instance, despite the inclusion of modern, powerful designs into force structures, new armored divisions had "not yet worked out refueling procedures". And with the limited range of French tanks, this acutely compromised combat capabilities. The "belated formation" of French armored divisions also resulted in inadequate crew training and experience, further diluting unit performance.

Zaloga's splendid study also sports useful notes on "the arms race of the late 1930s", proposed, unrealized French tank designs, and bibliographic sources. Photos, extended captions and charts season text. And Ian Palmer's informative illustrations superbly spice the whole thing. Just savor that garish R35 on page 17!

The French Army apportioned armor into infantry and cavalry formations. And Osprey's second study surveys the latter. Look for it in July 2014.

I loved Zaloga's brilliant little book. Admirably indexed, it deserves pride of place in every World War II enthusiast's library. Now line-up behind me for Volume 2!


French Tank Classification

Post by Lohengram » 27 May 2020, 08:26

I am hoping someone with a bit more knowledge and ability in the France language could help me sort out the French tanks of the interwar and WWII period into their correct French categories. I know the french had Char Léger d’Infanterie, Automitrailleuses de Reconnaissance, etc. But, I am not sure which tank goes into which category or how the french system exactly worked. I sometimes for example see the S 35 classified as a Char Moyen or a Char de Cavalerie. Which is correct and what other tanks belong to these and other categories? If someone can point out a resource, thread, or simply reply with the correct categories with the tanks in them I would be very thankful. If possible I am also wondering about prototypes such as AMX 40 or the Char G1 where they would be placed within the French system.

Re: French Tank Classification

Post by Loïc » 04 Jun 2020, 20:47

Chars légers
Renault FT
H 35
H 39
R 35
R 40
FCM 36

Chars de bataille
D1
D2
B1 bis
probably taking place here the five several - 26 to 37,5 t. - G1 types

given the dualism within the French Army until 1942 about the Armored Force divided between Tanks attached to the Infantry Arm and the Cavalry, it existed also
Char de Cavalerie
SOMUA S 35
and probably also for this one
http://chars-francais.net/2015/index.ph . yen-amx-40

Re: French Tank Classification

Post by Carl Schwamberger » 06 Jun 2020, 04:15

Re: French Tank Classification

Post by Lohengram » 16 Jun 2020, 06:43

I was thinking something along these lines what do people think?

Automitrailleuses de Cavalerie
AMC 34
AMC 35

Automitrailleuses de Reconnaissance
AMR 35
AMR 35 ZT-1
AMR 35 ZT-2
AMR 35 ZT-3

Char Léger d’Infanterie
AMX 38
AMX 40
Char D1
FCM 36
Renault FT Modifié 31
Renault NC
Renault R35
Renault R40

Char Leger d’Cavalerie
Hotchkiss H35
Hotchkiss H35 Modifié 38
Hotchkiss H35 Modifié 39
SARL 42
SOMUA S35
SOMUA S40

Char de Bataille
ARL 44
BDR G1B
Char B1
Char B1 Bis
Char B1 Ter
Char D2
Char D2 Bis
FCM 50t
Renault G1R

Char de Rupture
Char 2C
Char 2C Modifié
FCM F1

Chasseur de Chars
AMX Chasseur de Char
Chasseur de Char Lorraine
Renault FT AC (25mm)
Renault FT AC (47mm)

Canon Automoteur
AMX Automoteurs Antichars
ARL V 39
SOMUA SAu 40


Char 2c wot

Find out the unbelievable story of the biggest operational tanks in history - the French Char 2C, and their peculiar fate. Help support my channel: https://w.. Will we ever get the Char 2C? - posted in Heavy Tanks: Though I presume I am in a stark minority of players who would even want such a thing, I will say the humongous and impractical French Char 2C tank is one of my favorites, and I wonder if theres still any interest by anyone else besides me to have this beast in the game somewhere

Char 2C Champagne - posted in Armored Vehicle History: The char 2C. The largest tank that ever went into operational status. These 69 ton gaints where designed during WW1 and where used during WW2 as propaganda tools by the french describing them as invincible gaints These tanks where hastly sended to the south when the germans invaded france World of Tanks (WoT) Gameplay mit Mootality - German Wir werfen einen Blick auf den französischen Tier 9 Medium, welcher als Belohnung für die kommenden Spezialmodi kommen. Viel Spaß! Stream.

The Char FCM 2C remains the only super heavy tank produced in series and used operationally in any army, and the heaviest tank ever built until the arrival of the German Tiger II in 1944. Although designed to take part in the Hindenburg line assault of 1919, the second FCM project entered service after the First World War and never fired a shot in anger - only in front of the cameras. A WWI. The Char 2C or FCM 2C remains the only super heavy tank produced in series and used operationally in any army, and the heaviest tank ever built until the arrival of the German Tiger II in 1944. The Char 2C was being planned and designed in the final year of the First World War. Although designed to take part in the Hindenburg line assault of 1919, the second project of FC WoT Char Futur 4 weak spots, WoT Char Futur 4 guide, WoT Char Futur 4 tank guide, it's all here if you understand what you watch. #worldoftanks #wot #games-----World of Tanks is a Free 2 Play.

Char 2C - Wikipedi

  • WoT's New in World of Tanks? Object 777 version II and Char Futur 4 unveiling / gameplay! I talk about Frontline's / Steel Hunter's new tier 9 reward tanks, what ones I think are the best, and hop.
  • Char Futur 4 Kampfpanzer 50t Object 777 Version II Übersicht. Es gibt kaum etwas Ärgerlicheres, als Geld für einen Premiumpanzer auszugeben und dann festzustellen, dass einem dieses Fahrzeug wirklich absolut nicht liegt. Damit genau das nicht passiert hat das DEPAC im Dezember 2018 eine tägliche Panzerbewertung zu den Angeboten aus dem Adventskalender geschrieben und euer Feedback dazu
  • about 3 years after the war, the Giant tank was finished & was named the Char 2C or FCM 2C whichever you prefer. Armament: 75mm Cannon + 4 8mm machine guns (1 on the front, 1 on each side, & a secondary turret on the back) Armor: Front & Turret- 45mm's, Sides & Rear- 22mm's, Top- 13mm's, bottom- 10mm's, Secondary Turret- 22mm's. Speed: 15km/h Weight: 69 tons Crew: 12 10 were at least made.
  • Le Tankopédia vous présentera les véhicules que vous allez rencontrer en jeu, vous aidant à étudier leurs caractéristiques. Chercher des véhicules en utilisant des filtres spéciaux ou explorez nos collections de véhicules faites sur mesure
  • Katgeorie:Allgemein, News, World of Tanks | 2 Kommentare zu WoT 1.9.1: Informationen zur zweiten Battle-Pass Saison Mai 28 WoT: Sommer, Sonnenschein und Specials im Jun
  • (WOT) Char 2C heavy tank. Subscribe. Subscribed. Unsubscribe In 1 collection by FutamiYoshikawa (GotengoCla. My mods. 60 items. Description. Yep, a year or so ago i made a map on gmod about the Char 2C, today i bring a full on prop of the 2C to the workshop, one of my all time favorite tanks. This 2C in particular is from an old World Of Tanks halloween event, hence why the rear turret.
  • Char FCM 2C - Super-heavy French tank - case report. V i v e l a F r a n c e! Yesterday, this cute finally arrived at my house! Simply, the largest tank ever built . FCM Char 2C French Super-heavy tank - MENG Models: The French girl is massive!! History: The Char 2C, also known as FCM 2C, is a French super-heavy tank developed, although never deployed, during World War I. It was, in physical.
  1. Chars. Important information. Forum - Foire Aux Questions Posted by Azkolek Règles du jeu World of Tank
  2. The Char 2C is a Behemoth featured in the Battlefield 1: They Shall Not Pass expansion on two multiplayer maps.. The Char 2C is a powerful five-seater tank armed with a variety of mounted weapons. While slow and cumbersome, the tank is incredibly powerful, with the driver having access to the main gun Capable of taking out other tanks, in one to two hits, depending on what type of land.
  3. Char 2C (фр. Танк 2C, в ряде источников обозначается, как FCM 2C) — французский сверхтяжёлый танк.Разработан во время Первой мировой войны, однако в военных действиях участия не принимал.Char 2C — крупнейший по метрическим.
  4. World War II Album Volume 10: French Tanks Char B1 - Char D1 - Char D2 - Char 2C - Ray Merriam 2015. This entry was posted in and tagged char, france, tank. Post navigation. Site statistics: photos of World War 2 : over 29200 aircraft models: 168 tank models: 95 vehicle models: 91 gun models: 5 units: 2 ships: 47. France . Tanks Invasion of Normandy 1944 Germany. Artillery Luftwaffe.

Char 2C - The World's Biggest Operational Tank - YouTub

Char de Rupture 2C Typ: Schwerer Kampfpanzer. Geschichte. Ein großes Problem mit den ersten beiden französischen Kampfpanzern Saint-Chamond und Schneider-Panzer im 1. Weltkrieg war, daß beide Typen breite deutsche Gräben an der Front nicht überwinden konnten. Deshalb begann die Forges et Chanitier de la Mediterranee - kurz FCM - in La Seyne bei Toulon im Jahr 1916 mit der Entwicklung. Nouvelles de World of Tanks : lisez les dernières nouvelles du jeu MMO gratuit World of Tanks, le meilleur jeu pour garçon Char 2C - superciężki czołg francuski opracowany w czasie I wojny światowej, nie zdążył jednak w niej wziąć udziału. Znany również jako FCM 2C. Historia. Dokładna historia powstania tego czołgu owiana jest mgłą tajemnicy. Kiedy wiosną 1918, zaledwie trzy lata po rozpoczęciu projektowania pierwszego francuskiego czołgu, specjalna komisja sejmu francuskiego rozpoczęła. 2 Antworten: char or less : Letzter Beitrag: 14 Apr. 08, 16:52: habe ich in einer SMS-Nachricht gefunden, freistehend und ohne Satzzusammenhang. Könnte mir 4 Antworten: interchar / char space: Letzter Beitrag: 30 Dez. 17, 14:09: INTERCHARSCALE=Interchar space CHARSPACE=Char space CHARWIDTH=Char Width CHARHEIGHT=Char He 6 Antworten: barrel char: with hints of roasted spices and barrel.

Will we ever get the Char 2C? - Heavy Tanks - World of

  • Bei einer Abmessung von 5,67 m Länge, 3,16 m Breite und einer Höhe von 2,37 m konnte das Gewicht des Char 25T unter 25 t gehalten werden. In Kombination mit einem SOFAM-3M.27.1.01-Motor mit 500 PS erreichte der Char 25T eine Höchstgeschwindigkeit von 65 km/h. Als Besatzung war eine 4-Mann-Crew vorgesehen, wobei die Verwendung eines Funkers relativ ungewöhnlich war. Die meisten Panzer.
  • The Char B1 was a French heavy tank manufactured before World War II.. The Char B1 was a specialised break-through vehicle, originally conceived as a self-propelled gun with a 75 mm howitzer in the hull later a 47 mm gun in a turret was added, to allow it to function also as a Char de Bataille, a battle tank fighting enemy armour, equipping the armoured divisions of the Infantry Arm.
  • g. Read recent WoTS EU news
  • This category is empty. Unfortunately, there are currently no items here, but they will be added in the future. Don't worry, there are lots of attractive offers available in other categories. or more + bonus The final cost of virtual goods may vary depending on the selected payment method. To see the final cost, click the button for the selected payment method. For more information see.
  • A small number of Premium tanks and researchable tanks have a reduced upper Battle Tier spread. Template System. Three templates are used by the matchmaker to create games
  • Über 80% neue Produkte zum Festpreis Das ist das neue eBay. Finde ‪Char 2c‬! Riesenauswahl an Markenqualität. Folge Deiner Leidenschaft bei eBay
  • Le char Leclerc [7] est un char de combat français de troisième génération, fabriqué à l'arsenal de Roanne par Nexter — anciennement Giat Industries — jusqu'en juillet 2008. Il a été nommé en l'honneur du maréchal Leclerc.. Malgré une mise au point très longue, il devient l'unique char de combat principal des forces blindées françaises, permettant d'assurer la relève de l.

worldoftanks.co le TACAM R-2 (basé sur un char R-2 et un canon ZiS-3 de 76,2 mm). Un projet roumain similaire au Hetzer, et arrivé au stade de prototype, a été le chasseur de chars Mareșal. De nos jours. Des Centauro B1 de l'armée de terre espagnole en 2015. Mowag Piranha I 6x6 armé du missile TOW chasseur de char 90 de l'armée suisse. Depuis les années 1970, quelques engins blindés à roues sont. Welcome to World of Tanks. Play online in epic 15V15 battles with some of history's most memorable tanks Maintenant, retournons à notre formule pour calculer les vraies caractéristiques du chars. Si vous avez été attentif avant ça, vous devriez savoir que ces 2,5 s pour faire tourner le barillet lors des tirs sont effectuées automatiquement par le char et ne sont pas influencées par le niveau de qualification de l'équipage. Recharger le barillet, toutefois, dépend de l'équipage. En.

Découvrez le jeu de tir en char légendaire ! Rejoignez une communauté composée de 100 millions de joueurs dans le monde. Combattez au format 7 contre 7 seul ou avec des amis, recherchez et améliorez vos véhicules blindés, employez différentes tactiques et gagnez. Choisissez un char et rejoignez les combats ! GAME FEATURES • Un vaste monde de chars : plus de 350 véhicules uniques et. Hey noobs j/k I want to buy a char for 50EU psc as fast as possible CHAR MUST BE : -iSro or rSro -lvl 98+ -no wizards please All times are GMT +2. The time now is 14:54

Video: Char 2C Champagne - Armored Vehicle History - World of

The new and improved Tank Rewards is here! Your chance to win great prizes! Are you ready for a challenge? Play now for fre KRZYBooP => WOT Chick Ace Tanker Replays thread: 0д 15ч : KRZYBooP => Incoming! 30 days of Premium. 0д 15ч : Felipe6666Original => [Supertest] CS-52: 0д 17ч : Grenoli => Что за обнова сейчас скачалась? 1д 17ч : Grenoli => Вопросы разработчикам: 2д 20ч : Grenoli => Предложения июня: 2д 20ч : Grenoli => Предложе Pour moi, XVM tue le jeu, je comprends pas que les gens persiste avec cette merde, dans War thunder il y a pas se genre de chose et quand je vois qu'un char se retourne bien souvent il y a 2 - 3 alliés pour tenter de l'aider je me dis que si un jour il y a cette même fonction pour retourner les chars dans wot elle ne sera jamais utilisé, parce que la minute que tu passe a retourner ton. World of Tanks official customer service center. Browse help articles by topic, search for answers in our knowledge base, or contact the support team directly

. Compare up to 3 tanks including their packages and weak spots. Values displayed below are using 100% trained crews. The higher the package number the better the package. Colour formatting as follows for comparing tank values: Green - Value is highest when compared with other listed tank The legendary tank shooter. Fight in 7vs7 team battles alone or with friends, research and upgrade armored vehicles, experiment with different tactics and win. Choose a tank and join the battle Historia. Char B1 z wyglądu przypominał pojazd pancerny z okresu I wojny światowej, gdyż jego koncepcja powstała zaledwie kilka lat po jej zakończeniu.Początkowo miał być działem samobieżnym uzbrojonym w haubicę 75 mm, umieszczoną w kadłubie. Później, już na początku lat 30., dodano do niego wieżę z armatą 47 mm, co zmieniło jednocześnie jego przeznaczenie na czołg. Немецкие солдаты позируют на фоне французского танка-гиганта Char 2C. Немецкие солдаты позируют на фоне французского танка-гиганта Char 2C (FCM 2C)..

Char Futur 4 - World of Tanks - Deutsch - YouTub

Calculate advanced player stats: WN7, WN8, efficiency: WoT Statistics PC Version for following Servers EU,US,RU,ASIA. Attention console WoT players - please select XBOX or PS4 server! Select server: search Examine and track your WoT progress over last time. Following ratings are supported: WN7, WN8 and efficiency rating. See your progression charts based on WN7, WN8, Efficiency, win rate. WoT: Frontline Stage 4. May 21, 2020

Sebastianul. Stage 4 of Frontline 2020 is about to begin. We hope you've enjoyed your time playing in the most epic mode in World of Tanks while winning many glorious battles. Don't miss out on this last opportunity to jump back in and earn tons of sweet prizes! Frontline 2020: Stage 4. May 25, 03:00 UTC through June 1, 00:00 UTC. Add Unique Predators. Interpreting the height/weight chart. This chart is only suitable for people aged 18 and over. Underweight. If you're in the underweight range, there are a number of possible reasons for this. Your GP can help you find out more, and give you help and advice. Learn more by reading about nutrition for underweight adults. Healthy weight. If you're in the healthy weight range, you're a healthy.

伝説の戦車戦ゲーム! ソロまたは友達と共に 7 対 7 の戦闘に参加し、装甲車輌の研究とアップグレードを行い、様々な戦術を試しながら勝利を掴みましょう。さあ、戦車を選んで戦場へ Load your replays on www.wotreplays.com and then email the URL of your replay to [email protected] Subscribe to support the channel! Show les This World of Tanks equipment guide will touch on what each piece of equipment in World of Tanks does and whether or not it is worth putting on your tank. To find specific equipment load-outs for a certain tank hop over to the tank guide/review section which will cover equipment for specific tanks listed there engine rpm chart johnson®® rpm® chart hp/model years wot rpm gear ratio 4 hp 1980-1983 4000-5000 1.65 6 hp 1986-2005 4500-5500 2.23 8 hp 2000-2005 5000-6000 2.23 9.9 hp 2000-2005 5000-6000 2.42 15 hp 2000-2004 5000-6000 2.42 15 hp 2005-2007 5500-6500 2.42 25 hp 1984-2005 4500-5500 2.15 25 hp 3 cyl. 1984-2005 5200-5800 2.15 30 hp 1984-2000 5200-5800 2.15 30 hp 2001-2005 4500-5500 2.23 35 hp.

World of Tanks — free-to-play award-winning online game. MMO-action about World War II tanks. Official Community Forum Lorraine 155 mle. 51 Performance Analyzer Chart. This chart compares vehicle's performance based on firepower, armor, mobility, view range and hitpoints. The French Lorraine 155 mle. 51 is a tier 8 SPG under the Battle Tier of 8 to 10. In the category of All Vehicles of Same Type and Tier, it was analyzed against 7 vehicles in its selected category. It scored average firepower, poor armor. Quotes are not sourced from all markets and may be delayed up to 20 minutes. Information is provided 'as is' and solely for informational purposes, not for trading purposes or advice Mit Wot-Life.com kann die aktuelle Entwicklung von World of Tanks Spielern und Clans ermittelt werden

Maquette Char : Leopard 2 A6M - Revell. 14 €99. Maquette char : PzKpfw VI Ausf. H TIGER - Revell. 14 €99. Maquette Char : Tiger II Ausf. B - Revell. 14 €99. Maquette char : T-55A - Revell. 12 €99. Maquette Char : Canon Automoteur SU-76M - Maquettes Tamiya. 48 €99. Maquette Char : Wespe Front. Wir bieten Ihnen, hintergrundbilder herunterladen world of tanks, char g1, kv-2, panzer, weltkrieg ii, online-spiele, wot, poster aus einer reihe von kategorien spiele die für die Auflösung des monitors sie kostenlos und ohne anmeldung. als ergebnis können sie eine schöne und bunte tapeten in hoher qualität zu installieren. WoT Express , Dom1n.com , Status Report , Reddit より。 前記事スーパーテスト中の仏ティア9中戦車 (Project 4-1改め)Char Futur 4 の6回目の車両 Stats tracking. Every day one checked his stats they are tracked in the database (incl. battle count with each vehicle). The players are able to track their stats progress up to last 12 months. Camo calculator. This tool gives a possibility to calculate camo values and view ranges based on unique tank configuration. Precise statistics. Players have a view of all game aspects. Such as. World of Tanks wiki magyarul - Ismertetők és gyakran ismételt kérdése és válaszo

Char FCM 2C - Tank Encyclopedi

  1. utes, 59 seconds. 30,228 views 3 days ag
  2. g. Další změny v charakteristice francouzského Projektu 4-1. Tentokrát se změnilo množství životů a název vozidla na Char Futur 4. Než vše bude oficiální, je možné že dojde k tomu, že vozidlo bude hlavní cenou nejen pro režim Frontline, ale také pro režim Steel Hunter (další postup.
  3. FCM F1 and superheavy artillery - part 2 AMX Chasseur de Chars Batchat 25t photos ELC Part I - ELC Even 4×120 Peugeot Char 1918 French Armor in Indochina - part 1 French Armor in Indochina - part 2 Chaffees at Dien Bien Phu - part 1 Chaffees at Dien Bien Phu - part 2 How Char G1R Started ARL 2C Turret for Somua S35.

Pinned KBS: Tanking Videos and other helpful information about WoT. Started by KRZYBooP, Aug 22 2018 KRZY, How2Tank, How2play and 7 more. 15 reply 14,155 view snpplole_ Jun 02 2020 Pinned The New Player's Guide to Picking Your First Tier 8 Tech Tree Tank Started by Private_Public, Dec 05 2018. 1 2 3 Hot 45 reply 29,076 view tankforsee May 24 2020 Pinned Tanker Guides Started by. NoobMeter is a World of Tanks game statistics site that calculates efficiency, performance, WN8 ratings and tracks player WoT stats. It has player and clan graphs and comparison. NoobMeter.com - World of Tanks statistics. Blog Login. Server . Top players by : Recent top players by : Top clans by : Recent top clans by : Please support us on Patreon to help us pay the large hosting bill and. This is a reference chart for the different colors found on the ratings of the signature images. Keep in mind that ratings are skewed for low battle counts and new players who are still learning the game. This scale will not apply properly to you until you have at least a few thousand battles under your belt. Win rate: WN8 Rating: Under 46%: Under 300: 46%: 300 to 449: 47%: 450 to 649: 48% to. Ma 7:00-tól 10:45-ig állnak az EU szerverek: Elérhetővé válik az EU3 szerver az Út Berlinbe esemény idejére. Javítanak néhány technikai problémát

62 Astonishing Images Of The Char 2C The Largest Tank

Wot-Life est un service web gratuit créé par un joueur pour World of Tanks.WoT-Life n'est pas un site officiel de Wargamming.net ou un de ses services. World of Tanks est marque déposée de Wargaming.ne This chart will tell you! How long does it take to crack my password? This chart will tell you! Back to main website. DOWNLOAD WOT. This chart will show you how long it takes to crack your password. If you're using your dog's name as your email password, keep reading. A weak password can be cracked in under one millisecond by a hacker! By now you understand some of the requirements and. World of Tanks Char Futur 4 ♦ New French Tank ♦ 8 Kills ♦ WoT Replays. 1 . Bourrasque - WOT Replays - 7 Kills . 1 . WOT Replays - TS-5 - 9 Kills - 9k Damage. 1 . Maus - World of Tanks Replays - 12 Kills - 8.6k Damage. 1 . World of Tanks - M54 Renegade - 8 Kills - 8k Damage - WOT Replays - WOT Tutorial. 1 . 15 Kills - World of Tanks Replays - MKD. Welcome to Reddit, the front page of the.

engine rpm chart // troubleshooting data sheet // aqualube. a8 engine rpm chart johnson®® rpm® chart hp/model years wot rpm gear ratio 4 hp 1980-1983 4000-5000 1.65 6 hp 1986-2005 4500-5500 2.23 8 hp 2000-2005 5000-6000 2.23 9.9 hp 2000-2005 5000-6000 2.42 15 hp 2000-2004 5000-6000 2.42 15 hp 2005-2007 5500-6500 2.42 25 hp 1984-2005 4500-5500 2.15 25 hp 3 cyl. 1984-2005 5200-5800 2.15 30 hp. Official Singles Chart Top 40 29 May 2020 - 04 June 2020 The Official UK Top 40 chart is compiled by the Official Charts Company, based on official sales of sales of downloads, CD, vinyl, audio. Skills and Perks are additional Proficiencies that a crew member can learn beyond those of his Major Qualification. These abilities only become available for selection after a crew member's Training Level in his Major Qualification reaches 100%. Get some ingame money. The table of experience for WorldOfTanks crew Experience main perk1 perk2 perk3 perk4 perk5 perk6 perk7 perk8 0% -> 1% 100 200. 2.500 Gold Pz. Kpfw. T25 Tier 5 mittlerer Panzer spielt bis Tier 7 AMX Chasseur de chars Tier 8 mittlerer Panzer spielt bis Tier 10 Silber Bonus - 50% EP Bonus - 15% 7.450 Gold. With Wot-Life.com you can determine the development of World of Tanks players and clans

WoT Char Futur 4 ***NEW TANK*** - YouTub

World of Trucks is an online platform that complements SCS Software's two trucking games, Euro Truck Simulator 2 and American Truck Simulator. Main Content Home Gallery My Page. Procurar. Join Now Sign In. Join Operation Genoa Bridge. Help Genoa finish its new state-of-the-art bridge. Deliver materials to and from two new construction depots in Italy. Get ready for Idaho. Mountainous. Il Char G1 fu un carro francese prodotto per rimpiazzare il carro medio Char D2. Fin dal 1936 molti prototipi vennero prodotti da diverse compagnie , ma non ne venne completato uno in tempo prima della caduta della francia nel 1940. I progetti mostrano uno dei carri più avanzati della francia relativamente a quel periodo. Se mai fosse stato completato sarebbe stato in linea di massima simile. Yamaha* WOT RPM Range Chart HP/Model Year Wide Open Throttle RPM Range* Gear Ratio 4: 1986-1999: 4500-5500: 2.08: F4 4-Stroke: 1999-2014: 4000-5000: 2.08: F4 4-Strok Wir bieten Ihnen, hintergrundbilder herunterladen world of tanks kv-2, sowjetische heavy assault tank, valhallan ragnarok, wot, char g1, französisch tank, baudet-donon-roussel aus einer reihe von kategorien spiele die für die Auflösung des monitors sie kostenlos und ohne anmeldung. als ergebnis können sie eine schöne und bunte tapeten in hoher qualität zu installieren. Color Hex Color Codes. Color-hex gives information about colors including color models (RGB,HSL,HSV and CMYK), Triadic colors, monochromatic colors and analogous colors calculated in color page. Color-hex.com also generates a simple css code for the selected color. Html element samples are also shown below the color detail page

J'aime · Répondre · 2 · Il y a 15 minutes. Naël Khalifa pour recevoir vos points ou Or sans les payer les gars fo juste se desabonner apres c simple srx J'aime · Répondre · 7 · Il y a 1 heure. Camilia Macquer Mercee bcp le ! les deux fois on marché pr oim, j'fais bader tts mes potes mdr J'aime · Répondre · 8 · Il y a 3 heures. Nicolas Cert Je tennais vraiment à vous dire merci. Подробная инструкция и советы по быстрому прохождению рефералки wot 2.0 (4 сезон). Регистрируем аккаунт новичка с инвайтом для получения 3000 бон, 2 уникальных 2d-стиля и 2 прем-танка viii уровня Our platforms (wows-numbers.com, wot-numbers.com) present data from Wargaming's products.This data is accessed via publicly available API as part of the WG DPP program.In order to be able to use all the functionalities of our platforms, you must agree to access the API. Remember that our platforms only access publicly available information (e.g. number of battles, statistics)

WoT's New Object 777 Version II & Char Futur 4 - YouTub

Peugeot Char 1918 37mm tank/SPG. Posted on June 12, 2014 by Silentstalker. Hello everyone, Everyone knows about the success of the Renault FT-17 tank. It was the first tank ever to use the classic turret configuration we see on practically all tanks of today and it started the long development of these war machines, that hasn't ended yet and is constantly evolving. Every modern tank. Hey noobs j/k I want to buy a char for 50EU psc as fast as possible CHAR MUST BE : -iSro or rSro -lvl 98+ -no wizards please All times are GMT +2. The time now is 12:41

WoT/GuP models: SD Char B1. Created by Moon. The SD B1 ragdoll model from World of Tanks. Contains Girls und Panzer skin: SD Char B1 Bis Ooarai Contains the following variants of the B1: Char B1 1937 Char B1 1940 Char B1 Bis Please report any bugs you find Credits: Wargaming for Wor. WoT/GuP models: SD Hetzer. Created by Moon. The SD Jagdpanzer 38(t) Hetzer ragdoll model from World of Tanks. Ergattert fantastische Beute, indem ihr euch in Ny'alotha, der Erwachten Stadt - dem neuen Schlachtzug mit 12 Bossen - dem Alten Gott N'Zoth und seinen Dienern stellt, euren Kontrahenten in Arenen und auf Schlachtfeldern gegenübertretet und euer Können in herausfordernden mythischen Schlüsselsteindungeons auf die Probe stellt victoire WoT 13_04_2016 18_16_27 char leger rang III BT-7 URSS. S Gaillard. Suivre. il y a 4 ans | 2 vues. Combat char léger rang III BT-7 URSS Victoire de l'équipe mais destruction de mon char. Signaler. Vidéos à découvrir.

PANZER ALMANACH - World of Tanks - DEPA

I Challenger Char Futur 4 Charioteer Chi-Ni Chieftain/T95 Chimera Chrysler K Chrysler K GF Churchill Gun Carrier Churchill I Churchill III Churchill VII Comet Conqueror Conqueror Gun Carriage Covenanter Cromwell Cromwell B Cruiser Mk. I Cruiser Mk. II Cruiser Mk. III Cruiser Mk. IV Crusader Crusader 5.5-in. SP D1 D2 Dicker Max Durchbruchswagen 2 E 100 E 25 E 50 E 50 Ausf. M E 75 E 75 TS ELC. Performing a volumetric efficiency test can reveal the accuracy of a vehicle's Mass Airflow Sensor (MAF) as well as potential issues with the engine and can be the key to successfully diagnosing and fixing a vehicle. To perform a volumetric efficiency test, the engine must be at operating temperature. During a road test, perform a Wide Open Throttle (WOT) and record, with your scan tool's. Wide open throttle RPM range chart for Honda powered boats. THE PROP FINDER SITE Boat Engine Brands » Honda Models » RPM Range Chart Honda WOT RPM Range Chart* Honda* WOT RPM Range Chart HP/Model Year Wide Open Throttle RPM Range* Gear Ratio BF 8: 1987-1999: 4950-5500: 2.4: BF 9.9: 1988-1999: 4500-5500: 2.1: BF 9.9: 2000

5000-6000: 2.33: BF 15: 1991-2002: 5000-6200 : 2.1: BF 15: 2003.

FCM 1A, FCM 2C, 2C BiS, & 2C Lorraine - Heavy Vehicles

with Web Of Trust. Powered by over 6 Million Users. Website Security Check. Use WOT for safety checks on any website based on community ratings, reviews, and ML algorithms. Safe Browsing . Catch potential threats by using WOT extension which supports all popular search engines including Google, Yahoo, DuckDuckGo, Bing, Yandex, and More. Malware & Virus Alerts. Ensure your safety. WOT provides. PassMark Software has delved into the thousands of benchmark results that PerformanceTest users have posted to its web site and produced nineteen Intel vs AMD CPU charts to help compare the relative speeds of the different processors. Included in these lists are CPUs designed for servers and workstations (such as Intel Xeon and AMD EPYC/Opteron processors), desktop CPUs (Intel Core Series and. 11 Фев, 2019 в Линия фронта WOT tagged AE Phase I / Char Futur 4 / карта линия фронта / линия фронта / линия фронта 2020 / линия фронта wot / линия фронта ворлд / Объект 777 / режим линия фронта by WOT-DRIVE.CO Victoire char lourd heavy tank rang VI. Recherche. Bibliothèque. Se connecter. S'inscrire. Regarder en plein écran. il y a 4 ans | 5 vues. victoire WoT 24_04_2016 07_55_23 char lourd rang VI. S Gaillard. Suivre. il y a 4 ans | 5 vues. Victoire char lourd heavy tank rang VI. Signaler. Vidéos à découvrir. À suivre . 9:15. WoT 12_04_2016 victoire char lourd Heavy Thank rang VI 21_57_03. The very latest chart stats about you wot - peak chart position, weeks on chart, week-by-week chart run, catalogue numbe

Tankopédia : revues, comparaison et collections des

L'IS2 M, char premium sorti le 2 décembre, est super rare, je n'en ai toujours pas croisé, pourtant il était pas cher (équivalent de 10/12 € me semble avec un lot) , et bien pour la simple raison que les joueurs ne veulent plus être pris pour des dindons et acheter des premiums qui sont quasiment des copiés-collés d'autres premium, et surtout en Tiers 7, celui qui prend le plus cher. UserBenchmark. Speed test your CPU in less than a minute. 28,999,666 CPUs tested. Free Download. We calculate effective speed which measures real world performance for typical users. Effective speed is adjusted by current prices to yield a value for money rating. Our calculated values are checked against thousands of individual user ratings. The customizable table below combines these factors. bien joué, bravo ! _____ Guerre et paix, mais toujours dans la bonne humeur

- detailllez le blindage de n'importe quel char sur le modèle 3D - detailllez l'équipage et les modules internes pour la plupart des chars - pas de publicité. Anglais, français, allemand, chinois et Japonais. * Armor Inspector est une application pour la série de jeux World of Tanks et WoT Blitz WoTLabs is a statistics tracker for World of Tanks. Follow your performance in daily, weekly, monthly and bimonthly form Kliknij na zdjęcia, by je powiększyć via WoT Express. 12. Prosto z Supertestu / World of Tanks. 16:00, 3 Czerwiec 2020. Prosto z Supertestu: CS-52. Kompletna charakterystyka polskiego CS-52. CS-52. Wstępne parametry: Tier: MT-8, Polska, premium Wytrzymałość: 1 300 Moc silnika: 620 KM Waga: 36,575 t Maksymalne obciążenie: 38,0 t Moc na tonę: 16,95 KM / t Maksymalna.

Und genau das haben sich auch die Erfinder von C gesagt und eine Zeichenkette als ein Array von char definiert. Für eine Zeichenkette definiert man also ein char-Array und sammelt darin Buchstaben: char name [20] name [0] = 'K' name [1] = 'a' name [2] = 'i' Das Programm will natürlich wissen, wann der Name zu Ende ist. Zu diesem Zweck wird eine 0 hinten angehängt. Vorsicht! nicht '0. Получай премиум танки WOT em 149 рублей в новых кейсах WoT! Каждый день раздаем 5000 голды! Сегодня тебе повезет! Попробуй бесплатно - заходи! Выигрыши Live olympiche *** несколько секунд назад. AMX CHASSEUR DE CHARS. 7455. MoR194 *** несколько секунд. Modelo 3D rápido para o concurso World of Tanks Diorama com Sketchfab, do Char B1 Bis um tanque pesado francês fabricado antes da Segunda Guerra Mundial. - Char B1 Bis WoT - modelo 3D por Rober Digiorge (@roberdigiorge) [a5c91fb Comentários. Logo (937) 845-3663. Telefone . Social. Home Nosso Menu Sobre Nós Resenhas Notícias Direções PÁGINA PRINCIPAL Abra o Menu. Home Nosso Menu Sobre Nós Críticas Notícias Direções Menu Principal. Avaliações. Wot-A-Dog Drive-In. 4.2. Baseado em 375 comentários. Don Hall. 11h27, 29 de maio. Os melhores cachorros chilenos e root beer, ou shakes! Equipe incrível! Sempre um must have quando em New Carlisle! Bonny Bowman. 18:24 23 de maio 20.


Histórico operacional

O Char B1 serviu com as divisões blindadas da Infantaria, as Divisões Cuirassées de Réserve. Eram unidades ofensivas altamente especializadas, otimizadas para romper posições inimigas fortificadas. A fase móvel de uma batalha seria realizada pelas divisões blindadas da Cavalaria, equipadas com o SOMUA S35. O primeiro e o segundo DCR tinham 69 Char B1, cada um do terceiro 68. O 37º Bataillon de Chars de Combat, servindo com 1DCR, foi inicialmente equipado com o B1 original e esses veículos foram reformados com o canhão SA 35 mais longo na primavera de 1940. A designação do tipo de torre foi alterada para APX1A. O batalhão foi reequipado com o Char B1 bis e em maio reforçado por cinco dos tanques originais. Após a invasão alemã, várias unidades ad hoc foram formadas: o 4DCR com 52 Char B1's e cinco empresas autônomas (347e, 348e, 349e, 352e e 353e Compagnie Autonome de Chars) com um total de 56 tanques: 12 B1's e 44 B1 bis. Também o 28BCC foi reconstituído com 34 tanques. As divisões regulares destruíram alguns tanques alemães, mas não tinham infantaria e artilharia orgânicas suficientes para funcionar como uma reserva móvel eficaz. Uma série de Char B1 (161) foram capturados pelos alemães durante a queda da França. Posteriormente, eles foram colocados em serviço como veículos de segunda linha e de treinamento sob o nome de Panzerkampfwagen B-2 740 (f). Sessenta se tornaram plataformas para lança-chamas como Flammwagen auf Panzerkampfwagen B-2 (f). Dezesseis foram convertidos em artilharia autopropelida de 105 mm. Versões de tanques comuns também eram modificadas com frequência. Por exemplo, uma armadura adicional foi colocada acima do canhão principal e um mecanismo de guincho foi adicionado atrás da torre. Uma unidade, Panzer-Abteilung 213, foi equipada com o Char B1 bis e implantada nas Ilhas do Canal de 1941 a 1945. Um de seus tanques é exibido pelo Museu de Tanques de Bovington, embora repintado em cores francesas.


Assista o vídeo: Czy TFSI to kupa gówna? Ogromny przewodnik po słabych punktach i ulepszeniach EA888 gen2. Napisy!