19 de setembro de 1939

19 de setembro de 1939



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

19 de setembro de 1939

Setembro de 1939

1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
> Outubro

Frente Oriental

Tropas soviéticas ocupam Vilna



Hoje na história da tribo: 19 de setembro de 1939

Diante de uma suposta multidão de 500 pessoas no Griffith Stadium, o Cleveland Indians fez uma tripla jogada no quinto turno. Isso não ajuda sua pontuação final, no entanto, como apesar de se reunirem para empatar o jogo no nono, eles caem por 10-9 para o Washington Senators.

Na quinta entrada, os senadores viram cada um dos cinco primeiros rebatedores chegar à base com segurança. O sexto homem em Washington, arremessador Wynn adiantado, lançou um bunt para o homem da terceira base Ken Keltner, que se acreditava ter largado o refrigerante de propósito e, em seguida, jogado para Lou Boudreau cobrindo o segundo. O futuro Tribe Hall of Famer marcado Mickey Vernon, o corredor líder, antes de lançar para Oscar Grimes, que marcou Al Evans e foi o primeiro a aposentar Wynn, que ainda estava de pé no home plate.

Por sorte de Washington, este triple play não seria o último da temporada. Os pobres senadores foram atingidos mais uma vez em casa apenas cinco dias depois, na sétima rodada de um jogo contra o New York Yankees.


19 de setembro de 1939 - História

Hipódromo histórico de meia milha no

Kansas State Fairgrounds

Terça-feira, 19 de setembro de 1939

Sancionado por International Motor Contest Association (I.M.C.A.)

Starter oficial e I.M.C.A. Oficial Aut Swenson

Secretário da Feira de Estado e I. M. C. A. Oficial Sam M. Mitchell

Esta foto foi tirada na frente da frente imediatamente durante a corrida da segunda bateria neste dia em Hutchinson. Na liderança está Bert Hellmueller, seguido por Lyle Christie, Bud Burdi e Posey Reeves. O carro traseiro não foi identificado. Clique com o mouse na foto para ver outra cópia desta foto na qual os nomes estavam escritos no momento. Essa é a única foto localizada até agora que foi tirada naquele dia e rotulada Coleção Swart

Para ver mais doze fotos tiradas neste mesmo dia e todas do mesmo ponto de vista que a foto acima

Lista Publicada de Entradas

Charlie Jackson Crash Waller

Colorado Springs, Colorado

Waldo Barnett, dirigindo o Grenard Special de propriedade de Morris Grenard de Oklahoma City e Ralph Pratt, dirigindo o Turco Special de Joe Turco de Omaha, Nebraska foram impedidos de competir nessas corridas quando se recusaram a assinar uma carta de 8 pontos assumindo total responsabilidade para um strike nas corridas em Tulsa, Oklahoma, na semana anterior. Barnett e Pratt alegaram que os promotores se recusaram a deixá-los saber com antecedência qual seria a bolsa e que eles não haviam recebido sua parte integral da bolsa nas corridas anteriores.

Joe Turco foi citado como tendo dito “Os meninos estão apenas dando um show quando eles fazem malabarismos com seus carros para uma boa finalização na frente da arquibancada. Não é uma corrida aberta, como anunciado, a menos que todas as entradas bonificadas sejam aceitas e a menos que o dinheiro da bolsa vá para o homem que vence a corrida, independentemente da margem pela qual ele ganha.

O Starter Aut Swenson negou que as corridas fossem um hipódromo, mas admitiu que foram feitas garantias a alguns dos melhores pilotos para garantir a entrada de bons carros e um bom programa de corrida, dizendo: "Eles ganham o que ganham".


Setembro de 1939: East Suffolk High faz história

Publicado às 22h02 da terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Em setembro de 1939, centenas de estudantes afro-americanos entraram pela primeira vez na East Suffolk High School.

W. Ross Boone é ex-presidente da East Suffolk High School Alumni Association Inc. e formou-se em 1961. “Tínhamos várias escolas primárias em várias comunidades, mas quando chegou a hora de ir para o ensino médio, você veio para East Suffolk”, disse Boone.

East Suffolk High abriu suas portas entre as ruas South Sixth e Seventh no lado leste de Suffolk.

Foi construído no local da East Suffolk Elementary School, um prédio de tijolos Colonial Revival de um andar com um auditório central ladeado por salas de aula e construído em 1926, de acordo com o Departamento de Recursos Históricos da Virgínia.

Ambos faziam parte das milhares de Escolas Rosenwald que foram construídas em todo o país para atender principalmente os alunos negros. Eles faziam parte de uma parceria entre o ex-presidente da Sears, Roebuck and Company Julius Rosenwald e Booker T. Washington, fundador do Tuskegee Institute no Alabama.

Mas, embora o Fundo Rosenwald tenha contribuído com o capital inicial para a escola, a maior parte da arrecadação de fundos foi feita por doadores locais na comunidade de Suffolk, disse Boone.

“Foi um esforço comunitário para realmente colocar a escola em funcionamento”, disse ele.

A escola foi supervisionada durante todos os seus 26 anos de funcionamento pelo único diretor da escola, William Turner. Boone descreveu Turner como um homem severo que não aceitava nada além do melhor de seus alunos, mas que também lutaria por tudo o que eles ou o corpo docente precisassem.

“Se havia algo que precisava ser feito, ele fez isso”, disse ele.

Isso incluía exercer a dupla função de professor. Turner tinha uma equipe de apenas três professores e, por isso, deu aulas do governo dos EUA na escola. Ele teve uma homeroom de 19 alunos, de acordo com eastsuffolkalumniassociation.com.

Thelma Hamilton veio para lecionar na escola recém-saída do Virginia State College com um bacharelado em economia doméstica. Ela ensinou biologia e economia doméstica para meninas e meninos e teve uma homeroom para 59 alunos.

Ela também organizou o primeiro time de basquete feminino da escola.

“Alguns de seus meninos se autodenominavam‘ caras durões ’, mas de alguma forma ela conquistou a confiança deles”, de acordo com o site dos ex-alunos.

Boone se lembra de ter feito o melhor com livros “de segunda mão” e equipamentos de laboratório usados ​​e desatualizados. Mas cada aluno ainda tinha a chance de ser tão competitivo quanto qualquer outro graduado em todo o país, graças a professores excepcionais como Turner e Hamilton.

“Não tínhamos necessariamente o melhor equipamento, não tínhamos necessariamente os melhores livros, mas tínhamos os melhores professores”, disse ele.

Mais do que isso, cada professor da East Suffolk High morava na mesma comunidade que seus alunos. Boone podia contar quatro professores que viviam em quatro casas de onde ele cresceu.

“Os professores eram reverenciados porque eram pessoas da comunidade que ajudaram você a se tornar a melhor pessoa que poderia ser”, disse ele.

A escola cresceu junto com seu corpo discente. O ginásio foi construído em 1951. Duas estruturas de madeira foram construídas para economia doméstica e o zelador que vivia na propriedade, disse Boone. Uma lanchonete foi adicionada para que os alunos pudessem comer refeições quentes.

A decisão de 1954 da Suprema Corte Brown v. Conselho de Educação pôs fim à segregação racial nas escolas americanas e deu início ao lento fim do Colégio East Suffolk. Sua turma final se formou em 1965, e seu campus foi convertido na East Suffolk Elementary School em 1966, até que também fechou em 1979.

O Complexo Escolar de East Suffolk agora existe como o Centro de Recreação de East Suffolk e os escritórios administrativos de Parques e Recreação, com memorabilia daqueles dias de escola ainda exibidos com orgulho.

O complexo foi incluído no Registro Nacional de Locais Históricos em 2003 como uma distinção bem merecida por um marco tão crítico na história do Condado de Nansemond e da cidade de Suffolk, disse Boone.

“Representou o esforço do condado - e mais tarde o esforço da cidade - para identificar e se alinhar claramente com a educação contínua das pessoas de cor nesta comunidade”, disse ele.


A ocupação da Polônia

Em termos de ocupações que se seguiram, ambos os países foram igualmente miseráveis.

Se por acaso você estivesse no leste da Polônia sob ocupação soviética, é provável que você quisesse ir para o oeste porque o regime soviético era tão cruel que você estaria disposto a arriscar-se com os alemães.

Existem até judeus que tomaram essa decisão, de forma notável. Mas a mesma coisa acontecia com as pessoas sob a ocupação alemã, muitos consideravam isso tão terrível que queriam ir para o leste porque achavam que deveria ser melhor do lado soviético.

Os dois regimes de ocupação eram essencialmente muito semelhantes, embora aplicassem sua brutalidade de acordo com critérios muito diferentes. No oeste ocupado pelos nazistas, esse critério era racial.

Qualquer pessoa que não se encaixasse na hierarquia racial ou qualquer pessoa que caísse na base dessa escala estava em apuros, fossem poloneses ou judeus.

Enquanto isso, nas zonas orientais ocupadas pela União Soviética, esse critério era definido pela classe e político. Se você fosse alguém que apoiou partidos nacionalistas, ou alguém que era proprietário de terras ou comerciante, estava em sérios problemas. O resultado final costumava ser o mesmo em ambos os regimes: deportação, exploração e, em muitos casos, morte.

Cerca de um milhão de poloneses foram deportados do leste da Polônia pelos soviéticos para os confins da Sibéria naquele período de dois anos. Essa é uma parte da narrativa da Segunda Guerra Mundial que foi esquecida coletivamente e realmente não deveria ser.


Cronologia do Holocausto de 1939

Reichsbank O presidente Hjalmar Schacht informa Adolf Hitler que a economia alemã está à beira de uma inflação desastrosa.

& ldquoImigração ilegal & rdquo começa da Alemanha para a Palestina. 27.000 judeus imigrarão ilegalmente até o final de 1940.

Os judeus são eliminados da economia alemã e sua capital é confiscada, embora alguns judeus continuem trabalhando sob o comando dos alemães.

No campo de concentração de Buchenwald, Alemanha, o subcomandante Arthur Römldl ordena que vários milhares de internos se reúnam para inspeção pouco antes da meia-noite. Ele seleciona cinco homens e os chicoteia ao som da melodia tocada pela orquestra dos internos. As chicotadas continuam a noite toda.

A Alemanha declara os judeus caraítas isentos da aplicação das Leis de Nuremberg.

Decreto relativo à expiração de licenças para dentistas, veterinários e farmacêuticos judeus.

nazista Generalfeldmarschall Hermann Göoumlring ordena a Reinhard Heydrich que estabeleça um Escritório de Emigração Judaica e o informa para acelerar a emigração de judeus. Heydrich nomeia o chefe da Gestapo, Heinrich M & uumlller, para chefiá-lo.

No sexto aniversário de sua nomeação como chanceler, Hitler ameaça no Reichstag que se a guerra estourar, o resultado será o extermínio dos judeus europeus. Ridicularizando os aliados ocidentais & rsquo falta de ação humanitária em relação aos judeus, ele observa que & ldquoit é um espetáculo vergonhoso ver como todo o mundo democrático está exsudando simpatia pelo pobre e atormentado povo judeu, mas permanece insensível e obstinado quando isso acontece para ajudá-los. & rdquo

Uma bomba destrói uma sinagoga de Budapeste, Hungria, matando um adorador.

7 a 20 de fevereiro

A Conferência do Palácio St. James é realizada em Londres para encontrar uma solução pacífica para o impasse político na Palestina. Os delegados judeus se retiram quando os delegados árabes se recusam a se reunir com seus colegas judeus - e quando os delegados britânicos apóiam a posição árabe.

A legislação antijudaica é aprovada na Itália.

10 de fevereiro

Papa Pio XI morre. Sua encíclica não publicada sobre racismo e anti-semitismo não vai além da política tradicional do Vaticano em relação aos judeus. Esta política é baseada na doutrina de Santo Agostinho de que os judeus são Cains que não devem ser mortos, mas que devem vagar no sofrimento por toda a eternidade, até que vejam a luz e escolham a conversão ao catolicismo romano.

20 de fevereiro

O Bund germano-americano realiza uma manifestação na cidade de Nova York. Cerca de 20.000 entusiastas comparecem, a maioria do Padre Charles Coughlin & rsquos Christian Front.

Os nazistas exigem que os judeus renunciem a todo o seu ouro e prata.

Fevereiro a junho de 1939

O senador democrata de Nova York Robert F. Wagner, um alemão-americano, e a representante democrata de Massachusetts Edith Nourse Rogers propõem em conjunto o projeto de lei Wagner-Rogers para permitir 20.000 crianças alemãs (especificamente, crianças judias) nos Estados Unidos durante um período de dois anos. O projeto está marcado com tantas emendas que, após audiências, nunca sai da Câmara ou do Senado. O projeto de lei recebe apoio considerável da imprensa e de certas igrejas, e muitos indivíduos e organizações testemunham a favor ou contra o projeto. Mas o anti-semitismo predominante no público americano e no Congresso - e a falta de apoio do presidente Franklin Roosevelt - afundam o projeto. O principal oponente de Wagner-Rogers Bill & rsquos, o senador Robert Reynolds, da Carolina do Norte, tem uma relação secreta com o agente nazista germano-americano August Gausebeck. O sócio da Gausebeck & rsquos é Walter Schellenberg, coordenador das atividades da Gestapo nos Estados Unidos.

Questionada sobre a sua opinião sobre o projeto, a Sra. James Houghteling, esposa do comissário de imigração, sussurra que o único problema com o projeto de lei Wagner-Rogers é & ldquothe que 20.000 crianças [judias] feias logo se transformariam em 20.000 adultos feios. & rdquo A Sra. Houghteling é Laura Delano Houghteling, prima do presidente Roosevelt & rsquos.

Como resultado das políticas da administração e rsquos de Roosevelt, os Estados Unidos oferecem refúgio a menos crianças judias - cerca de 1000 de 1934 a 1945 - do que a Bélgica, França, Grã-Bretanha, Holanda ou Suécia.

O cardeal Eugenio Pacelli é eleito Papa Pio XII.

A Hungria promulga uma lei que permite o estabelecimento do Sistema Húngaro de Serviços de Trabalho (Munkaszolg e aacutelat). Segundo a lei, os judeus em idade militar serão empregados em trabalhos de construção, mineração e fortificação para os militares.

As tropas nazistas entram na Tchecoslováquia e ocupam Praga. Nenhuma nação toma medidas violentas contra o movimento. De cerca de 50.000 judeus na cidade, apenas 19.000 escaparão da Europa. Dezenas de milhares de judeus ficam presos quando as tropas nazistas entram nas províncias tchecas da Boêmia e da Morávia.

A Eslováquia se torna um satélite alemão e se declara um estado independente sob a proteção da Alemanha nazista.

Hitler anuncia que a Tchecoslováquia deixou de existir e declara a Eslováquia um protetorado do Reich.

Cerca de 5.000 pinturas, desenhos e esculturas considerados & ldquodegenerados & rdquo pelos nazistas são queimados em uma enorme pira em Berlim.

As tropas nazistas entram em Memel, Lituânia, forçando os judeus a fugir.

O governo francês aprova uma legislação que proíbe o incitamento ao ódio racial.

Enquanto 500.000 pessoas assistem, 20.000 manifestantes marcham em um desfile & ldquoStop Hitler & rdquo realizado na cidade de Nova York.

O primeiro-ministro britânico, Neville Chamberlain, anuncia que o Reino Unido e a França garantirão a soberania da Polônia.

A Guerra Civil Espanhola termina, com Francisco Franco e fascistas como vencedores.

O governo alemão emite uma diretriz secreta para a tomada de Danzig, na Polônia, uma "cidade livre de quinhentos", que fará parte da preparação alemã para uma guerra maior.

o Institut zur Erforschung des j & uumldischen Einflusses auf das deutsche kirchliche Leben (Instituto para o Estudo da Influência Judaica na Vida da Igreja Alemã) é fundado.

Eleitores na Grande Alemanha aprovam o Anschluss--A anexação da Alemanha e dos rsquos da Áustria em 1938.

O presidente dos Estados Unidos, Franklin Roosevelt, pede a Hitler que respeite a independência das nações europeias.

Leis racistas anti-judaicas aprovadas na Eslováquia definem os judeus pela religião. Cancelamento da proteção de despejo.

o Wirtschafts- und Verwaltungshauptamt (Escritório Central de Economia e Administração da WVHA) é atualizado. Preocupa-se com questões econômicas da SS, particularmente em campos de concentração.

A Alemanha cancela o pacto de não agressão com a Polônia e o Acordo Naval de 1935 com a Grã-Bretanha.

Hitler oferece uma resposta zombeteira ao pedido do presidente dos Estados Unidos, Franklin Roosevelt, em 15 de abril, de respeitar a independência das nações europeias. Ele renuncia ao Pacto Naval Anglo-Alemão e ao Pacto Polonês de Não Agressão.

A proteção de locação para judeus na Alemanha foi revogada. Isso abrirá o caminho para a sua mudança para & ldquocommunal casas judaicas. & Rdquo

Na Hungria, leis discriminatórias são aprovadas contra judeus envolvidos com a lei e a medicina. A participação judaica na economia é restrita a 6%.

Na esperança de estabelecer uma reaproximação com a Alemanha nazista, o líder soviético Joseph Stalin substitui seu comissário judeu para relações exteriores, Maksim Litvinov, pelo menos orientado para os britânicos Viacheslav Molotov.

A SS transfere quase 900 prisioneiras do campo de concentração feminino de Lichtenburg para Ravensbr & uumlck. Após esta transferência, Ravensbr & uumlck substitui Lichtenburg como o principal campo para mulheres presas na Alemanha.

O navio refugiado alemão USS St. Louis sai de Hamburgo. A maioria dos cerca de mil passageiros são fugitivos judeus da Alemanha nazista. Eles têm passes de desembarque para Cuba, bem como números de cotas que os permitiriam entrar nos Estados Unidos daqui a três anos.

O governo britânico publica um Livro Branco (comumente chamado de Livro Branco MacDonald) que limita a imigração judaica a 10.000 por ano durante cinco anos. O Livro Branco permite que 75.000 imigrantes judeus (até 10.000 por ano, mais um adicional de 25.000 se certas condições forem atendidas) para entrar na Palestina. O Livro Branco também restringe a compra de terras para judeus na Palestina. A política do governo britânico terá sucesso em manter o número real de imigrantes judeus muito abaixo das cotas para assentamento na Inglaterra e na Palestina.

Ernst Toller, um dramaturgo judeu alemão exilado na cidade de Nova York, comete suicídio.

Hitler jura atacar a Polônia na primeira oportunidade.

O navio refugiado alemão USS St. Louis chega a Cuba. Mas depois que demandas extorsivas por dinheiro são feitas pelo governo cubano, o USS St. Louis sai de Cuba e navega ao longo da costa leste dos Estados Unidos. O presidente Roosevelt ordena à Guarda Costeira que impeça qualquer um dos passageiros de pousar nos EUA, mesmo que abandonem o navio.

O jornal da Igreja da Ciência Cristã de Boston, Massachusetts, ataca os refugiados judeus como causadores de seus próprios problemas, uma posição assumida por muitos jornais protestantes importantes da época.

Depois de ter o acesso negado a Cuba e aos Estados Unidos, o navio de refugiados alemão USS St. Louis docas em Antuérpia, Bélgica. A Bélgica se oferece para levar 214 passageiros, a Holanda 181, a Grã-Bretanha 287 e a França 224. No final das contas, os nazistas vão matar a maioria dos passageiros, exceto os aceitos pela Grã-Bretanha.

Um transporte de 440 mulheres ciganas (ciganas), com seus filhos, chega a Ravensbr & uumlck de Burgenland, na Áustria. Em 1945, cerca de 5.000 mulheres ciganas terão passado pelo campo Ravensbr & uumlck.

Os judeus alemães não têm o direito de ocupar cargos públicos.

Adolf Eichmann (deputado de Reinhard Heydrich) é encarregado da sucursal de Praga do escritório de emigração.

Reagindo às políticas antijudaicas alemãs e refletindo a atitude de muitos outros funcionários na Grã-Bretanha e na Europa Ocidental, o primeiro-ministro britânico Neville Chamberlain escreve: & ldquoNão há dúvida de que os judeus não são um povo adorável, eu mesmo não me importo com eles. Mas isso não é suficiente para explicar o pogrom. & Rdquo

A Alemanha e a União Soviética assinam um pacto de não agressão, conhecido como Pacto Ribbentrop-Molotov (em homenagem a Ministros das Relações Exteriores). Secretamente, o pacto dividiu a Polônia e outras partes da Europa Oriental.

Preocupado que os alemães possam ser os primeiros a desenvolver uma bomba atômica, o físico alemão expatriado Albert Einstein escreve ao presidente Franklin Roosevelt sobre o desenvolvimento de uma bomba americana.

O Ministério do Interior do Reich publica uma lista de nomes permitidos que pais judeus podem dar a seus novos bebês.

O navio de refugiados judeus romenos Aro, com destino à Palestina, encalha e arde em Rodes, Itália.

O discurso de Hitler e rsquos aos generais pede a liquidação dos poloneses na guerra que se aproxima, a fim de ganhar Lebensraum (& ldquoLiving space & rdquo) para alemães.

O Pacto Alemão-Soviético de Não-Agressão (Pacto Ribbentrop-Molotov) é assinado em Moscou, libertando Hitler por um momento da preocupação de uma guerra da Frente Oriental. O pacto contém um protocolo secreto sobre a disposição da Polônia, que será dividido entre as duas nações maiores. Eles também concordam em dividir a Europa Oriental, incluindo a Polônia, os estados bálticos da Lituânia, Estônia e Letônia, e partes da Romênia.

É assinada a Aliança Anglo-Polonesa, pela qual a Grã-Bretanha ajudará a Polônia caso a Polônia seja vítima de agressão.

Hitler garante respeitar a neutralidade da Bélgica, Holanda, Luxemburgo e Suécia.

A economia alemã muda para um pé de guerra. As questões do governo nazista restritivas Lebensmittelkarten (cartões de racionamento) para ciganos e estrangeiros residentes dentro das fronteiras do Reich. Os cartões de racionamento para judeus restringem os portadores a uma dieta de fome de 200 a 300 calorias por dia.

Por causa de uma programação prolongada de filmagens em Nova York, as estrelas populares de filmes judeus poloneses Leon Liebgold e Lili Liliana perdem seu navio de volta à Polônia dois dias antes da invasão nazista de sua terra natal. O casal permanece em Nova York.

Sessenta crianças judias-alemãs são conduzidas de trem e de barco pela Holanda para a segurança na cidade portuária britânica de Harwich.

Setembro de 1939

Os nazistas internaram dezenas de milhares de republicanos espanhóis na França antes de enviá-los para o trabalho escravo em pedreiras em Mauthausen, na Áustria.

O principal jurista judeu-alemão Gerhard Leibholz, destituído de seu cargo na Universidade de G & oumlttingen em 1936, foge para a Suíça com sua esposa e duas filhas.

As forças alemãs invadiram o oeste da Polônia, instigando a Segunda Guerra Mundial. Três mil civis judeus morreram no bombardeio de Varsóvia. As tropas alemãs entram em Danzig, prendendo mais de 5.000 judeus. Por toda a Alemanha e Áustria, os judeus não podem sair de casa depois das 20h. no inverno e 21h00 no verão.

1 de setembro a 25 de outubro

Operação Tannenberg, realizada pela SS Einsatzgruppen (esquadrões móveis de extermínio), leva ao assassinato de judeus poloneses e intelectuais católicos e ao incêndio de sinagogas na Polônia.

2 de setembro

Em Stutthof, Polônia, um subcampo é estabelecido para & ldquocivilianos prisioneiros de guerra. & Rdquo

Enquanto 1400 judeus fugiam da Polônia, Romênia, Bulgária e Tchecoslováquia aterrissando em uma praia de Tel Aviv, Palestina, soldados britânicos atiraram e mataram dois refugiados.

Grã-Bretanha, França, Índia, Austrália e Nova Zelândia declaram guerra à Alemanha. O governo britânico cancela todos os vistos anteriormente concedidos a "cidadãos inimigos". Um dos efeitos é que os judeus alemães não podem mais imigrar para a segurança na Inglaterra.

Em uma reunião do Executivo da Agência Judaica, uma organização informalmente reconhecida como o governo judaico ad hoc da Palestina, David Ben-Gurion promete que os judeus lutarão contra Hitler. Um total de um milhão e meio de judeus lutarão nas forças armadas de nações que se opõem à Alemanha: 555.000 soldados judeus nas Forças Armadas americanas 500.000 pela União Soviética 116.000 pela Grã-Bretanha (26.000 da Palestina e 90.000 da Comunidade Britânica) e 243.000 judeus para outras nações europeias.

6 de setembro

8 de setembro

As forças alemãs ocupam L & oacutedz, Radom e Tarn & oacutew, Polônia.

14 de setembro

As forças alemãs ocupam Przemysl, na Polônia.

20 de setembro

Todos os rádios pertencentes a judeus na Grande Alemanha foram confiscados.

O chefe do Serviço de Segurança SS, Reinhard Heydrich, ordena aos chefes de Einsatzgruppen estabelecer, em cooperação com as autoridades civis e militares alemãs, guetos judeus na Polônia ocupada pela Alemanha. Ele decreta que todas as comunidades judaicas na Polônia e na Grande Alemanha com populações abaixo de 500 devem ser dissolvidas, para que as deportações de judeus para guetos urbanos e campos de concentração possam ser aceleradas. Além disso, Heydrich ordena o estabelecimento de gueto Judenr & aumlte (Conselhos judaicos). Os principais objetivos do processo de guetização são isolar os judeus, forçá-los a fabricar itens para a Alemanha e fornecer acesso fácil aos nazistas para assassinato e deportação.

22 de setembro

o Reichssicherheitshauptamt (RSHA State Security Main Office) é fundado.

Após a invasão alemã da Polônia no início de setembro, as primeiras prisioneiras polonesas chegam a Ravensbr & uumlck. Em 1945, mais de 40.000 mulheres da Polônia e dos territórios orientais ocupados pela Alemanha terão sido deportadas para Ravensbrück.

Neste Dia da Expiação Judaico, os judeus de toda a Polônia são humilhados publicamente pelas tropas SS: trabalho forçado, aparas de barbas forçadas, destruição de propriedades, espancamentos e danças forçadas. Em Piotrk & oacutew, Polônia, os judeus são obrigados a fazer suas necessidades na escola da sinagoga local e, em seguida, usar xales de oração e livros sagrados para limpar a bagunça.

24 de setembro

Prisioneiros de guerra judeus mantidos no Estádio Zyardow, na Polônia, por dez dias sem comida, são forçados a limpar latrinas com as próprias mãos.

Varsóvia, Polônia, se rende às tropas alemãs.

Berlim emite uma ordem para estabelecer guetos judeus na Polônia.

Reclusos no campo de concentração de Dachau, na Alemanha, são transferidos para um campo em Mauthausen, na Áustria, para que Dachau possa ser usado como campo de treinamento para os Waffen-SS.

28 de setembro

A Polônia se rende e o país é dividido entre a Alemanha e a União Soviética, como foi delineado em uma emenda secreta ao Pacto Molotov-Ribbentrop. Mais de 2 milhões de judeus vivem na área alemã e 1,3 milhão no território controlado pelos soviéticos.

A SS seleciona o início do festival judaico de uma semana de Sucot para deportar à força mais de 8.000 judeus de Pultusk, na Polônia.

Setembro a dezembro de 1939

Divisões administrativas alemãs da Europa Oriental são estabelecidas. Eles são Grande Danzig (norte da Polônia), Prússia Ocidental (norte da Europa no Báltico), Grande Prússia Oriental (norte da Europa no Báltico) e Warthegau (oeste da Polônia). Os judeus são expulsos à força dessas áreas.

Outubro 1939

Em Viena, Áustria, & Uumlbersiedlungsaktion (Ação de reassentamento) é instituída contra homens judeus saudáveis. Esses judeus são deportados para a Polônia para trabalhos forçados.

Os nazistas iniciam o internamento de poloneses e deficientes mentais na aldeia polonesa de Piasnica.

Hitler ordena que médicos selecionados sejam autorizados a administrar & ldquomercy mortes & rdquo - eutanásia - a cidadãos alemães incuráveis ​​ou indesejáveis. Nenhuma justificativa legal para as mortes é necessária. Profissionais de saúde enviaram milhares de pessoas com deficiência mental e física institucionalizadas para centros de extermínio centrais de & ldquoeutanásia & rdquo, onde os mataram por injeção letal de na câmara de gás.

O governo polonês no exílio é formado na França. Quando as hostilidades aumentarem, o governo se mudará para Londres.

Em um endereço para o Reichstag, Hitler oferece paz à Inglaterra e à França, mas somente se as ex-colônias da Alemanha forem devolvidas, a Alemanha terá permissão para ingressar no comércio mundial e a Grã-Bretanha e a França permitirão que a Alemanha resolva o & ldquoproblema judaico & rdquo.

Primeiro gueto (desprotegido e sem vedação) estabelecido em Piotrk & oacutew Trybunalski, Polônia.

Os alemães criaram um Generalgouvernement na Polônia. É uma área administrativa não incorporada à Grande Alemanha. Os alemães vão localizar seus campos de extermínio no Generalgouvernement.

Em reunião na Casa Branca, o economista Alexander Sachs apresenta carta ao presidente Roosevelt. A mensagem, escrita por Albert Einstein e com o apoio de outros físicos & mdash Leo Szilard, Eugene Wagner e Edward Teller entre eles & mdash, conclama o governo dos Estados Unidos a explorar os potenciais militares da energia nuclear. Na carta, Einstein avisa que os alemães pararam de vender urânio das minas tchecas, uma pista de que os nazistas estão tentando construir uma arma nuclear. Roosevelt responde: “O que você está procurando é ver que os nazistas não nos explodam”. Desse início, o Comitê Consultivo sobre Urânio nasce com a missão de iniciar um programa de armas nucleares.

Começa a deportação nazista de judeus da Áustria e Morávia para a Polônia.

Hans Frank é nomeado governador-geral da Polônia ocupada.

Hitler anuncia ao seu estado-maior geral seus planos de conquistar o Ocidente e derrubar os Países Baixos, depois a França e finalmente a Inglaterra. Halder e Brauchitsch concordam em tentar dissuadir Hitler. Halder, em aliança com Beck, Canaris e Oster, e os outros conspiradores retiram os planos secretos para a segunda tentativa de golpe.

meados de outubro de 1939

A SS inicia assassinatos em massa de & ldquomentais defeituosos & rdquo em uma floresta fora de Piasnica, Polônia, perto de Danzig.

Krak & oacutew, uma das comunidades judaicas mais importantes desde 1300, foi designada a capital do Generalgouvernement.

Hitler dá palestras ao General Wilhelm Keitel e outros importantes Wehrmacht generais sobre a necessidade de "judeus, poloneses e lixo semelhante" serem removidos dos antigos e novos territórios do Reich.

Os judeus em Wloclawek, Polônia, são obrigados a usar um triângulo de pano amarelo que os identifica como judeus.

A Alemanha anexa as antigas regiões polonesas da Alta Silésia, Pomerânia, Prússia Ocidental, Poznan e a cidade independente de Danzig. As áreas da Polônia ocupada não anexadas pela Alemanha ou pela União Soviética foram colocadas sob a administração civil alemã e foram chamadas de Governo Geral (Generalgouvernement).

O Departamento de Trabalho do Generalgouvernement da Polônia Ocupada emite o Arbeitspflicht Decreto (obrigação de trabalho), que torna o trabalho escravo obrigatório para todos os homens e mulheres poloneses com mais de 14 e menos de 60 anos.

26 de outubro de 1939 - início de fevereiro de 1940

Em um plano elaborado por Adolf Eichmann, os nazistas deportaram e & ldquoresettle & rdquo cerca de 78.000 judeus para uma & ldquoreservation & rdquo localizada na região de Lublin-Nisko, sudeste da Polônia. O projeto é temporariamente suspenso quando o material ferroviário rodante é necessário para as campanhas militares alemãs contra os Países Baixos.

O chefe da SS, Heinrich Himmler, designa os próximos três meses como o período durante o qual todos os judeus devem ser retirados das áreas rurais do oeste da Polônia. Centenas de comunidades serão afetadas e milhares de judeus serão expulsos com nada além do que podem levar consigo.

O governo britânico publica um relatório que critica o tratamento dado pelos nazistas aos prisioneiros dos campos de concentração.

Brauchitsch e Halder dirigem até a Chancelaria para ver Hitler, que explode de raiva e jura destruir o espírito de Zossen. & Rdquo Halder entra em pânico e aborta a segunda tentativa de golpe. Os conspiradores ordenaram o fechamento de toda a conspiração.

Novembro de 1939

Vários generais alemães tramam um Putsch projetado para derrubar Hitler em Zossen, Alemanha, mas nunca é executado.

Hans Frank, governador-geral da Polônia ocupada, cria o primeiro conselho judaico & autogovernado & rdquo (Judenrat) dentro dos guetos judeus. Os líderes do conselho devem obedecer às exigências dos nazistas.

Com a cláusula de Cash-and-Carry prestes a expirar, o Congresso dos Estados Unidos aprova uma legislação que prolonga sua lei e permite que as democracias europeias comprem materiais de guerra.

Os nazistas começam a deportações em massa de judeus do oeste da Polônia.

Hans Frank nomeado governador do Generalgouvernement (com sede em Cracóvia).

Hitler quase é morto por uma bomba do assassino e rsquos (o assassino solitário George Elser) plantada em B & uumlrgerbraukeller, Munique, Alemanha.

11 de novembro

Seiscentos judeus são assassinados por tropas alemãs em Ostrow Mazowiecki, Polônia.

Dois judeus estão entre seis homens e três meninos levados de Zielonka, na Polônia, para serem baleados em um bosque próximo.

O chefe do Serviço de Segurança da SS, Reinhard Heydrich, ordena que todos os judeus sejam removidos da recém-formada província de Warthegau (antiga Polônia ocidental) da Grande Alemanha. O pedido é feito para que a região possa ser preparada para reassentamento por alemães étnicos.

The Nazis begin the deportation of Jews from Lódz, West Prussia, Poznan, and Danzig (in annexed Poland) to other locations in the Generalgouvernement.

13 de novembro

SS troops in Poland arrest and execute 53 Jewish men who happen to reside at the same address as a Jewish man who has shot and killed a Polish policeman.

November 15

The antisemitic Fideikommissariat (Estate commission) is established to &ldquoAryanize&rdquo Jewish-owned businesses in Occupied Poland.

November 15-17

Nazis destroy all of the synagogues in Lódz, Poland.

November 18

Hans Frank, the governor-general of Occupied Poland, reiterates Reinhard Heydrich&rsquos order of September 21 regarding the establishment of Judenräte in Jewish ghettos.

Polish Jews are ordered, by December 1, to wear white armbands with a blue Star of David whenever appearing in public.

SS chief Heinrich Himmler orders the death penalty for German Jews who refuse to report for deportation.

November 30, 1939-March 13, 1940

Soviet Union invades Finland and carries out the Winter War.

November-December 1939

General Johannes Blaskowitz, the commander-in-chief of Greater Germany&rsquos Eastern sector, complains to the German High Command that the activities of Einsatzgruppen (killing squads) are excessively brutal and a threat to army discipline. His complaints are noted but are largely ignored Einsatzgruppen activities continue as before.

December 1939

German Field Marshal Johannes Blaskowitz, commander-in-chief of the German Army Group East, reports that many Jewish children in transport trains are arriving at their destinations frozen to death.

The Lipowa camp at Lipowa Street in Lublin, Poland, is established. It is initially an assembly point for Polish-Jewish POWs, and it will later be a Jewish work camp.

Lódz (Poland) Ghetto administrator Friedrich Übelhör notes that ghettoization of Jews is only temporary. The final goal is to clean Jews out of Lódz, to &ldquoutterly destroy this bubonic plague.&rdquo

1350 Jews are murdered by German troops at Chelm, Poland.

December 1-9

The forced march of 1800 Jewish men from Chelm and Hrubieszow, Poland, to the Soviet border results in the deaths of all but 200.

December 5-6

German authorities seize Jewish property in Poland. Items that are appropriated include businesses, homes, furniture and other household goods, currency and bank accounts, art, jewelry, and other valuables. Now economically helpless, the Jews have virtually nothing with which to sustain themselves.

As an example of its policy of blocking all Jewish escape routes in Central Europe, the British Foreign Office warns Bulgaria that if it ships its Jews to Palestine, the British will &ldquoexpect the Bulgarian government to take the immigrants back.&rdquo

Six Jews and 25 non-Jewish Poles, accused of committing acts of sabotage, are shot in Occupied Warsaw.

December 12

In eastern areas of Greater Germany, two years of forced labor is made compulsory for all Jewish males aged 14 to 60.

Jews are expelled from Kalisz in the Warthegau region of Poland many flee to Warsaw.

16 de dezembro

Jewish girls in Lódz, Poland, who have been impressed for forced labor, are forced to clean a latrine with their blouses. When the job is complete, the German overseers wrap the filthy blouses around the girls&rsquo faces.

27 de dezembro

106 non-Jewish Poles are murdered at Wawer, Poland.

December 30

The riverboat Urano reaches the Iron Gates gorge in Romania, on the Yugoslavian border, with 1210 fugitive Jews from Vienna, Austria, and Prague, Czechoslovakia. The boat&rsquos journey is halted after Great Britain, holder of the Mandate on Palestine, protests to the Yugoslavian government.

1939: Other important events

Approximately 78,000 Jews leave Germany. Jewish valuables throughout Germany are confiscated.

Hermann Esser&rsquos antisemitic book, The Jewish World Plague, is published in Germany.

SS chief Heinrich Himmler is appointed Reich commissioner for strengthening German nationhood. Eager to increase the growing Aryan birth rate, Himmler orders his SS men to impregnate their wives and to act as &ldquoconception assistants&rdquo to childless women over the age of 29.

A primeira edição de Die Aktion: Kampfblatt für das neue Europa (The Action: Newspaper for Fighting for the New Europe), an antisemitic propaganda periodical distributed outside of Germany, is published.

An antisemitic film comedy, Robert und Bertram, is produced in Germany.

In the United States, the House Un-American Activities Committee (HUAC) investigates the pro-Nazi German-American Bund.

An Elmo Roper poll claims that 53 percent of Americans feel Jews are &ldquodifferent&rdquo and require &ldquosocial and economic restrictions.&rdquo

A Gallup poll reports that 83 percent of Americans oppose the admission of a larger number of Jewish refugees.


Today in Tribe History: September 19, 1939

In front of a reported crowd of 500 at Griffith Stadium, the Cleveland Indians pull off a triple play in the fifth inning. It does not help their final score, however, as despite rallying to tie the game in the ninth, they fall 10-9 to the Washington Senators.

In the fifth inning, the Senators saw each of their first five batters reach base safely. The sixth man up for Washington, pitcher Early Wynn, popped up a bunt towards third baseman Ken Keltner, who was believed to have dropped the pop on purpose and then threw to Lou Boudreau covering second. The future Tribe Hall of Famer tagged Mickey Vernon, the lead runner, before throwing to Oscar Grimes, who tagged Al Evans and stepped on first to retire Wynn, who was still standing down at home plate.

As luck would have it for Washington, this triple play would not be the final one of the season. The poor Senators were struck once again at home just five days later in the seventh inning of a game against the New York Yankees.


The Holocaust and World War II: Key Dates

The mass murder of Europe’s Jews took place in the context of World War II. As German troops invaded and occupied more and more territory in Europe, the Soviet Union, and North Africa , the regime’s racial and antisemitic policies became more radical, moving from persecution to genocide. Explore a timeline of key events during the Holocaust and World War II.

Este conteúdo está disponível nos seguintes idiomas

January 30, 1933
President Hindenburg appoints Adolf Hitler Chancellor of Germany.

March 20, 1933
SS opens the Dachau concentration camp outside of Munich.

April 1, 1933
Boycott of Jewish-owned shops and businesses in Germany.

April 7, 1933
Law for the Reestablishment of the Professional Civil Service.

July 14, 1933
Law for the Prevention of Progeny with Hereditary Diseases.

March 16, 1935
Germany introduces military conscription.

March 7, 1936
German troops march unopposed into the Rhineland.

August 1, 1936
Summer Olympics begin in Berlin.

March 11-13, 1938
Germany incorporates Austria in the Anschluss (Union).

November 9/10, 1938
Kristallnacht (nationwide pogrom in Germany).

May 13, 1939
o São Luís sails from Hamburg, Germany.

September 29, 1938
Munich Agreement. Germany, Italy, Great Britain, and France sign the Munich agreement, by which Czechoslovakia must surrender its border regions and defenses (the so-called Sudeten region) to Nazi Germany.

17 de setembro de 1939
The Soviet Union occupies Poland from the east.

October 8, 1939
The Germans establish a ghetto in Piotrków Trybunalski, Poland.

April 9, 1940
Germany invades Denmark and Norway.

May 10, 1940
Germany attacks western Europe (France and the Low Countries).

July 10, 1940
Battle of Britain begins.

6 de abril de 1941
Germany invades Yugoslavia and Greece.

July 6, 1941
Einsatzgruppen (mobile killing units) shoot nearly 3,000 Jews at the Seventh Fort, one of the 19th-century fortifications surrounding Kovno.

3 de agosto de 1941
Bishop Clemens August Graf von Galen of Muenster denounces the “euthanasia” killing program in a public sermon.

September 29-30, 1941
Einsatzgruppen shoot about 34,000 Jews at Babi Yar, outside Kiev.

November 7, 1941
Einsatzgruppen round up 13,000 Jews from the Minsk ghetto and kill them in nearby Tuchinki (Tuchinka).

November 30, 1941
Einsatzgruppen shoot at least 11,000 Jews from the Riga ghetto in the Rumbula Forest.

December 6, 1941
Soviet winter counteroffensive.

December 7, 1941:
Japan bombs Pearl Harbor and the United States declares war the next day.

8 de dezembro de 1941
The first killing operations begin at Chelmno in occupied Poland.

December 11, 1941
Nazi Germany declares war on the United States.

January 16, 1942
Germans begin the mass deportation of Jews from Lodz to the Chelmno killing center.

January 20, 1942
Wannsee Conference held near Berlin, Germany.

March 27, 1942
Germans begin the deportation of more than 65,000 Jews from Drancy, outside Paris, to the east (primarily to Auschwitz).

28 de junho de 1942
Germany launches a new offensive towards the city of Stalingrad.

15 de julho de 1942
Germans begin mass deportations of nearly 100,000 Jews from the occupied Netherlands to the east (primarily to Auschwitz).

July 22, 1942
Germans begin the mass deportation of over 300,000 Jews from the Warsaw ghetto to the Treblinka killing center.

September 12, 1942
Germans complete the mass deportation of about 265,000 Jews from Warsaw to Treblinka.

November 23, 1942
Soviet troops counterattack at Stalingrad, trapping the German Sixth Army in the city.

April 19, 1943
Warsaw ghetto uprising begins.

July 5, 1943
Battle of Kursk.

October 1, 1943
Rescue of Jews in Denmark.

November 6, 1943
Soviet troops liberate Kiev.

May 15, 1944
Germans begin the mass deportation of about 440,000 Jews from Hungary.

June 6, 1944
D-Day: Allied forces invade Normandy, France.

June 22, 1944
The Soviets launch an offensive in eastern Belorussia (Belarus).

July 25, 1944
Anglo-American forces break out of Normandy.

August 1, 1944
Warsaw Polish uprising begins.

August 15, 1944
Allied forces land in southern France.

August 25, 1944
Liberation of Paris.

January 12, 1945
Soviet winter offensive.

January 18, 1945
Death march of nearly 60,000 prisoners from the Auschwitz camp system in southern Poland.

January 25, 1945
Death march of nearly 50,000 prisoners from the Stutthof camp system in northern Poland.

27 de janeiro de 1945
Soviet troops liberate the Auschwitz camp complex.

March 7, 1945
US troops cross the Rhine River at Remagen.

April 16, 1945
The Soviets launch their final offensive, encircling Berlin.

April 29, 1945
American forces liberate the Dachau concentration camp.

April 30, 1945
Adolf Hitler commits suicide.

May 7, 1945
Germany surrenders to the western Allies.


This 75-Year-Old Map Shows Europe 'Ready for War'

T he declarations had not yet come, but on Aug. 28, 1939, Europe already knew war was on its way. On that day, 75 years ago, the armies that would fight what became World War II had gathered.

Just how many soldiers that meant differed by nation, as TIME pointed out to its readers with the map below, which ran in the Sept. 4, 1939 issue. The annotated chart also provides evidence that, no matter how many men were under arms, there was no way for the continent to be entirely ready for what was to follow. In Poland, for example, President Ignacy Moscicki was said to have told Roosevelt that he was willing to negotiate with Germany. By the time Sept. 4 came around &mdash the magazine arrived on stands before then&mdash that willingness had already proved pointless.

On desktop, roll over the map to get a closer look. If you’re reading on a mobile device, click to zoom.

TEMPO

Stay tuned next week for further coverage of the 75th anniversary of the beginning of World War II.


Activity 2. Should aid be sent to Great Britain?

By late 1940 all of Great Britain's European allies had gone down to defeat, and England faced not only aerial attacks on its cities and submarine attacks on its shipping, but the very real possibility of a full-scale naval invasion. This led to a growing demand that the United States take more positive action to assist the British.

To begin, have students access the interactive timeline "America on the Sidelines" to look at events that occurred in Europe from September 1939 through December 1940. As they work their way through the timeline, they should note the locations mentioned in the various events on a blank map of Europe during World War II (a good one is available at this site). If students completed Activity 2 of the previous lesson in this unit, they should add these locations to the map they already started in that lesson.

Note that each event has at least one primary source document associated with it. These are included to provide students with a deeper understanding of the events, but they are not absolutely necessary to the lesson. Teachers should decide whether or not to require their students to read these, depending on the skill level of their students and the amount of time available for this subject.

Once students have become familiar with world events from this period, they will assume the role of President Roosevelt. Hand out the following documents, found in their excerpted form on pages 8–11 of the Text Document, and in their entirety at the site of the Franklin D. Roosevelt Presidential Library and Museum (accessible via the EDSITEment-reviewed New Deal Network).

Students may either read this for homework or during class. Once they are done reading the documents, they should write a five-paragraph letter to Churchill in response to his request for assistance. The letter should respond to each of Churchill's specific concerns, explaining why the United States will or will not provide the help that he asks for. Remind students that the neutrality laws—as amended in 1939—remain in force, thus placing certain limits on the president's freedom of action.

To conclude, select several students to read their letters to the class.

Both the written record of the silent debate from Activity 1 and the letter to Churchill from Activity 2 might be graded as forms of assessment. Students could also be asked to write a brief essay in response to the following:

  • How did the American conception of "neutrality" change during the first fifteen months of World War II in Europe? Was this change a positive or negative development?

In addition, students should be able to locate the following on a blank map of Europe during World War II:

  • Dinamarca
  • Noruega
  • Os Países Baixos
  • Bélgica
  • França
  • Grã Bretanha

Teachers might wish to have students compare Roosevelt's neutrality message of September 3, 1939, with Woodrow Wilson's neutrality message of August 19, 1914. The latter is available at the EDSITEment reviewed Great War Document Archive. Students should be asked in particular to compare how each president seemed to define neutrality-Wilson's admonition to be "impartial in thought, as well as action," could be contrasted to Roosevelt's statement that "Even a neutral cannot be asked to close his mind or his conscience."