Robôs descobrem possíveis sacrifícios humanos de 3.000 anos no Peru

Robôs descobrem possíveis sacrifícios humanos de 3.000 anos no Peru



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Com a ajuda de pequenos robôs off-road, uma equipe de pesquisadores liderada pelo arqueólogo americano John Rick, diretor do Projeto Arqueológico Chavín de Huántar, no Peru, foi possível trazer à luz possíveis sacrifícios humanos de até 3.000 anos no templo de Chavín de Huántar. É o primeiro grande centro religioso e de peregrinação da história da América do Sul.

Os ‘Chavín Rover’, como foram batizados pela equipe de arqueólogos que os usaram em uma das ruínas mais antigas do Peru, entraram por estreitos condutos que conectam as galerias do complexo, em grande parte ainda ocultas até que a descoberta mais importante deste site seja alcançada nos últimos 50 anos.

Os robôs foram equipados com microcâmeras que entraram neste templo, das quais apenas 15% são conhecidas. A Stanford University (EUA) dirige este projeto há 25 anos. Desde 1985, o templo Chavín de Huántar faz parte do patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO.

Através da Sincronizar

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como um meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes da arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Resumindo, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: Robô revela indícios de sacríficio humano de 3 mil anos no Peru