Exposição «Olhem para mim!: Retratos e outras ficções da Colecção« la Caixa »de Arte Contemporânea» na Turquia

Exposição «Olhem para mim!: Retratos e outras ficções da Colecção« la Caixa »de Arte Contemporânea» na Turquia


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O Museu Pera de Istambul (Turquia), inaugurou no dia 7 de dezembro a exposição «Olhe para mim!: Retratos e outras ficções da Coleção «la Caixa» de Arte Contemporânea«, Que pode ser visto até 4 de março de 2018.

Esta exposição explora o retrato através de um grande número de obras do nosso tempo, tanto pinturas e fotografias, esculturas ou vídeos, examinando diferentes conceitos de verdade, aparência e representação, bem como memória e ficção.

Nimfa Bisbe Molin, curadora da exposição e diretora das Coleções de Arte da Fundação Bancária ”la Caixa”, afirma que “Hoje, o retrato abrange várias formas de produzir imagens da condição humana e explorar a complexa noção de identidade«.

A exposição, para uma melhor apreciação, está dividida em quatro secções temáticas, «A emoção no palco», «As convenções de identidade», «A memória do rosto"Y"Máscaras e outras ficções».

Neles podemos apreciar obras de Janine Antoni, Eduardo Arroyo, Juan Navarro Baldeweg, Jean-Michel Basquiat, Christian Boltanski, Rineke Dijkstra, Marlene Dumas, Esther Ferrer, Günther Förg, Curro González, Stefan Hablützel, Roni Horn, Sharon Lockhart, Pedro Mora , Vik Muniz, Óscar Muñoz, Bruce Nauman, Carlos Pazos, Cindy Sherman, Antoni Tàpies, Gillian Wearing e Sue Williams.

Todo este material faz parte da Colecção «la Caixa» de Arte Contemporânea, criada em 1985 e que actualmente reúne quase mil obras que vão desde a Europa do pós-guerra aos nossos dias, contendo representantes de cada país, estilo e movimento.

Todos eles constituem o base de exposições temáticas que abordem temas universais e preocupações actuais, caracterizados por darem uma abordagem transversal evidenciando semelhanças e afinidades entre artistas de gerações e origens muito diferentes, onde encontramos artistas de grande renome como os que podemos encontrar nesta exposição.

O Museu do Pera pode ser visitado de terça a sábado, das 10h00 às 19h00, e aos domingos, das 12h00 às 18h00 As sextas-feiras são denominadas "sextas-feiras longas", sendo que o Museu da Pera funciona com entrada franca das 18h00 às 20h00. As quartas-feiras são as "quartas-feiras jovens!" e a entrada é gratuita para os alunos.

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como um meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes da arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Em suma, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: MEVLUT NA TURQUIA - QUAL A RELIGIAO DO NOSSO BEBÊ


Comentários:

  1. Selwyn

    Quero dizer que você não está certo. Eu posso provar.



Escreve uma mensagem