900 sítios arqueológicos descobertos no Afeganistão graças às fotografias da OTAN

900 sítios arqueológicos descobertos no Afeganistão graças às fotografias da OTAN


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Na semana passada, em Roma, representantes do governo afegão e da UNESCO anunciaram o descoberta de 900 sítios arqueológicos no Afeganistão, que foram encontrados graças às fotos em alta resolução fornecidas pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

Esses 900 depósitos foram descobertos pela primeira vez em 2015, quando o governo afegão propôs avaliar seis áreas de mineração em Cabul como uma etapa preliminar para a escavação. A OTAN ofereceu sua ajuda para a captura de imagens, e em um ano conseguiu cobrir 16 mil quilômetros quadrados onde foram observados um total de 2.500 sítios arqueológicos, entre os quais 900 novos.

Entre os descobertas mais notáveisForam encontrados templos budistas e islâmicos, fortificações de argila, mosteiros, assentamentos nômades e um caravançarai, que era usado no Oriente como uma pousada na rota das caravanas.

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como um meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes da arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Resumindo, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: PRÉ-HISTÓRIA parte 2 A Serra da Capivara