O "Homem de Pequim" usou fogo 600.000 anos atrás

O


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Foi encontrado nova evidência do uso de fogo pelo 'Homem de Pequim' , ancestral do homem moderno, há 600.000 anos em um sítio arqueológico perto de Pequim.

Arqueólogos passaram três anos escavando no oeste de Pequim e, de acordo com Gao Xing, pesquisador do Instituto de Paleontologia da Academia Chinesa de Ciências, eles foram descobertos no local. um lugar para fazer fogo e queimar pedras e ossos.

Alguns ossos de animais estavam completamente carbonizados e escurecidos, tanto por dentro quanto por fora”Gao explicou. "Podemos dizer que, a partir dessas constatações, são fruto de ter feito fogo"Gao acrescenta, e outros locais para fazer fogo rodeado de pedras também foram encontrados.

o Peking Man permanece Eles foram descobertos em 1920, incluindo um crânio inteiro, o que deu a Zhoukoudian a fama de ser um dos lugares de origem da humanidade.

Cinzas, ossos queimados e pedras, bem como sementes carbonizadas foram encontrados em 1929 de acordo com Gao, é por isso que muitos arqueólogos concluíram que O Homem de Pequim sabia como usar o fogoMas sempre houve muito ceticismo sobre essa questão.

"As evidências que temos agora são mais convincentes", disse Gao. "Agora encontramos evidências que não foram tocadas e não foram danificadas."


Vídeo: Peking Man Site - UNESCO World Heritage Site


Comentários:

  1. Fesar

    Os Futesas!

  2. Audric

    Que pergunta divertida

  3. Egidio

    maravilhosamente, muita informação útil

  4. Kandiss

    Isso é uma coisa muito valiosa

  5. Vudojind

    Thank you very much for the information you need.



Escreve uma mensagem