Mitologia grega: a lenda de Pégaso

Mitologia grega: a lenda de Pégaso


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A mitologia grega é toda uma torrente de boas histórias e lendas e talvez uma das mais famosas seja a de Pegasus, o famoso cavalo alado de impressionante cor branca, filho de poseidon, Deus grego do mar, e Medusa, a Górgona.

Diz-se que nasceu nas nascentes do oceano e por isso recebeu esse nome, que vem do grego phgh (pagé), que significa primavera. Muitas coisas foram ditas sobre seu nascimento ao longo da história, onde se diz que ele nasceu na Terra, tendo sido fertilizado pelo sangue que foi derramado pela Medusa, quando ela foi morta por Perseus.

Uma das versões mais difundidas sobre o nascimento do cavalo Pégaso é que ele nasceu do pescoço da Medusa quando Perseu cortou seu pescoço bem perto do mar, onde seu sangue, em contato com a água, fez com que seu irmão, o gigante Chrysaor, nascesse.

Pegasus foi representado inúmeras vezes E não o conhecemos apenas dos livros de história, tivemos a oportunidade de ver recriações desse ser fantástico em filmes, séries e até quadrinhos, demonstrando a grande importância que este ser da mitologia grega tem apesar de ter passado tantos séculos desde que sua lenda começou.

Uma das características deste ser fenomenal é que Ele podia voar e fazer a água fluir por onde pisasse e que estava completamente indomável. Essas características não passaram despercebidas a Belerofonte, filho do rei Glauco de Corinto, que há muito o desejava e organizou expedições para capturá-lo.

[Tweet "#Mythology - Pegasus podia voar e estava completamente indomado"]

Dado que Belerofonte se esforçou muito para tentar pegá-lo, a deusa Atena forneceu-lhe uma rédea de ouro para domesticá-lo, o que ele fez e logo se tornou de carne e osso, conseguindo matar um inimigo tão importante e perigoso como a Quimera, outro dos personagens mitológicos mais importantes.

Tempo passou, Belerofonte ganhou fama e queria se tornar um deus a fim de chegar ao Olimpo dos deuses com Pégaso, algo que Zeus não gostou, que enviou um inseto para picar Pégaso. Quando isso aconteceu, Pegasus estremeceu violentamente, jogando Bellerophon no chão, deixando-o impedido e o corcel foi capaz de escapar dele.

Finalmente, Zeus nomeia Pegasus como o portador dos raios e trovões, dois dos símbolos mais importantes de seu poder, mas também lhe ordenou que se encarregasse de dirigir o carro de Aurora e também o transformou em uma constelação formada por quatro estrelas brilhantes, algo que hoje podemos ver no céu.

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como um meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes da arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Em suma, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: UNICÓRNIOS - VERDADEIROS OU FALSOS?


Comentários:

  1. Jansen

    Em vez de criticar escrever as variantes.

  2. Jemal

    Sim, você é o talento :)

  3. Benzion

    Eu acho que você não está certo. Nós discutiremos. Escreva em PM, vamos conversar.

  4. Shaktijin

    Peço desculpas por interferir... Estive aqui recentemente. Mas este tema é muito próximo de mim. Está pronto para ajudar.

  5. Ellison

    Eu recomendo que você procure no google.com

  6. Hare

    haaaaaa ........ classe



Escreve uma mensagem