O Estado Islâmico destrói dois mausoléus em Palmyra

O Estado Islâmico destrói dois mausoléus em Palmyra


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Maamoun Abdulkarim, chefe do Departamento de Antiguidades e Museus da Síria, explicou à AP que o Estado Islâmico destruiu dois mausoléus históricos em Palmyra, aumentando o temor de que as ruínas romanas da cidade estejam entre seus próximos alvos.

Abdulkarim comentou que o primeiro mausoléu localizado ao norte de Palmira corresponde ao túmulo de Mohammad bin ali, um descendente de Iman Ali, primo do Profeta Muhammad e um santo xiita profundamente reverenciado.

A segunda tumba é a mais próxima da zona arqueológica da cidade e foi a local de descanso do erudito sufi Nizar Abu Bahaa Eddine, que morou em Palmira há 500 anos.

Deve-se notar que os militantes do Estado Islâmico são Sunitas que seguem uma interpretação radical do Islã, que vêem tumbas e santuários religiosos como contrários à sua visão, permitindo a idolatria. Ao mesmo tempo, vêem os xiitas como hereges e os seguidores das ordens místicas Sufi como desviantes.

Desde que o Estado Islâmico capturou Palmyra no mês passado, temores se espalharam destruir o impressionante legado arqueológico da cidade outrora conhecido por ser um dos locais turísticos mais importantes do Oriente Médio.

No início desta semana, Abdulkarim disse que recebeu “notícias não oficiais»De Palmira, onde militantes do IS planejavam explodir a cidade, o que o levou a entrar em contato com os chefes tribais da região para tentar dissuadi-los.

Por outro lado, o Estado Islâmico comunicou na época da captura de Palmyra que eles não tinham planos de destruir as ruínas já que "eles não representam religiosidade ou se prestam à idolatria«, Sendo apenas restos de casas.

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como um meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes da arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Em suma, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: Estado Islâmico destruiu 30% da cidade histórica de Palmira, na Síria


Comentários:

  1. Wodeleah

    Eu acho que cometo erros. Eu proponho discutir isso. Escreva para mim em PM.

  2. Mandar

    Parabéns, essa ótima ideia apenas gravada



Escreve uma mensagem