Patuxtent II AO-44 - História

Patuxtent II AO-44 - História


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Patuxent II

(AO-44: dp. 22.325 (f.); 1. 520 '; b. 68'; dr. 30 '; s. 18 k .; cpl.
352; uma. l 4 ", 4 3", 12 20 mm; cl. Mattaponi).

O segundo Patuxent (AO-44) foi estabelecido sob o contrato da Comissão Marítima em 5 de março de 1942 como Emmkay (casco MC 159) pela Sun Shipbuilding Co. em Chester, Penn., Para a Keystone Co .; lançado em 25 de julho de 1942; patrocinado pela Sra. W. H. Blanehard; adquirido pela Marinha da Comissão Marítima em 28 de setembro de 1942, convertido pela Maryland Dry Dock Co., Baltimore, Maryland, e comissionado em 22 de outubro de 1942, Comdr. Burton Davis no comando.

Em 12 de novembro de 1942, Patuxent apresentou-se à Base Naval dos EUA, Norfolk, Va. Para o serviço. Em 17 de dezembro, ele partiu para Curaeao nas Índias Ocidentais Holandesas e em 27 de dezembro transitou pelo Canal do Panamá. Navegando pelo Pacífico, ela operou com o Grupo de Trabalho 62.9 durante fevereiro de 1943 na captura e defesa de Guadalcanal. Durante esta campanha, ela forneceu gasolina de aviação para as pistas de pouso de Guadalcanal.

Em seguida, ela partiu para os Estados Unidos através das Ilhas Fiji, chegando a San Pedro, Califórnia, em 6 de março. Após a revisão, ela partiu novamente para o sul do Pacífico. Durante os meses seguintes, Patuxent abasteceu navios e campos de aviação durante as operações de consolidação nas Ilhas Salomão do sul. De 10 de julho a 20 de novembro, ela fez viagens entre Espiritu Santo, Novas Hébridas, e Guadaleanal e Ilha da Flórida, com dois cruzeiros para Noumea, Nova Caledônia.

Durante essas corridas, ela abasteceu a frota em Purvis Bay e Tulagi Harbor, na Ilha da Flórida, e bombeou gasolina de aviação para o Campo de Henderson e outras pistas de combate em Guadalcanal. Ela partiu de Noumea em 20 de novembro e carregou gasolina para Wellington, Nova Zelândia. A seguir, Patente fez corridas de abastecimento que duraram todo o mês de dezembro. Em 30 de dezembro, partiu da baía de Purvis para seu primeiro encontro com os principais navios da frota para operações de abastecimento no mar. Apoiando ataques ao largo de Kavieng, Nova Irlanda, de 31 de dezembro de 1943 a 1º de janeiro de 1944, ela abasteceu dois porta-aviões e três destróieres. Ela partiu para o Espírito Santo em 10 de janeiro de 1944 e navegou entre Guadaleanal e as Novas Hébridas até 9 de março.

Em 8 de abril de 1944, Patuxent foi para seu segundo encontro de reabastecimento no mar. Ela então retornou via Purvis Bay, para os Estados Unidos, chegando a San Pedro, Califórnia, em 10 de maio de 1944 para revisão. Saindo da Costa Oeste no dia 19 de junho, ela se juntou ao grupo de apoio logístico na campanha das Marianas em apoio à operação de Saipan.

Ela voltou a Eniwetok em 8 de agosto e se juntou a um grande grupo de petroleiros de frota, navios de carga, rebocadores, escoltas e, 12 dias depois, fez uma surtida de Eniwetok para manobras, prosseguindo para a Ilha Manus no grupo da Ilha Admiraltv.

Saindo de Manus em 6 de setembro, Pattente começou a trabalhar com o grupo de apoio logístico para a campanha da Ilha de Palau. Depois de uma semana abastecendo-se no mar, ela voltou para Seeadler Harbor. No dia 18, ela voltou à área de Palau, abastecida e dirigiu-se ao encontro a leste das Ilhas Filipinas para abastecer a força-tarefa de porta-aviões rápido que atacou ali de 9 a 24 de setembro. Ela voltou para Seeadler Harbor em 8 de outubro.

Em 13 de outubro, ela acompanhou as forças invasoras filipinas para fora do porto de Seeadler e prosseguiu para a área das Filipinas mais uma vez, participando das operações de apoio logístico na costa leste. Patuzent estava com o grupo de trabalho ao largo de Luzon quando os japoneses enviaram sua frota para varrer a cabeça de praia de Leyte. As ordens chegaram para seguir para o leste na velocidade do flanco. O grupo de trabalho correu para as Carolinas Ocidentais, chegando a Ulithi em 30 de outubro, o porto de origem de Patuent pelos próximos dez meses.

Retornando às Filipinas novamente em 2 de novembro, ela operou com o grupo de apoio logístico. Um tufão atingiu a área de abastecimento em 18 de dezembro, enviou três contratorpedeiros ao fundo e danificou gravemente vários outros navios. Embora prejudicado por um boom danificado, Patu ~ ent abasteceu os navios castigados pela tempestade e, em seguida, rumou para Ulithi.

Patu: cent partiu de Ulithi em 7 de janeiro de 1945. Ela se juntou ao Fast Carrier Task Group, então se preparando para uma surtida no Mar do Sul da China. Durante este período, a frota atingiu a costa da China e Formosa, e também apoiou as operações no Golfo de Lingayen, Luzon. Sob a cobertura da noite, os petroleiros entraram no Mar da China Meridional e abasteceram a Frota 3D. Os acampamentos do exército japonês foram avistados na costa, e uma balsa aérea não identificada passou por cima durante a noite. Este cruzeiro no Mar da China Meridional encerrou a parte de Pattente na recaptura e libertação das Ilhas Filipinas.

Patuzent partiu de Ulithi em 8 de fevereiro, para a área das Ilhas Voleano e para a campanha de Iwo Jima. O grupo-tarefa balançou para sudoeste para ficar de prontidão enquanto os navios de combate iam para apoiar as cabeças de ponte.

Depois de uma explosão e um incêndio para a frente, Patu ~ ent seguiu em vapor para Saipan para reparos, chegando em 19 de fevereiro de 1945, depois rumou para Ulithi. Partindo de lá em 22 de março, ela voltou ao seu grupo de trabalho no apoio logístico da frota para a invasão de Okinawa. Nos dois meses seguintes, Patente fez quatro viagens de Ulithi para áreas de abastecimento de combustível ao largo de Okinawa. Depois que Okinawa foi assegurado, Patuzent viajou para as Filipinas, chegando à Baía de San Pedro em 14 de junho, antes de se juntar ao grupo de logística da Frota 3D em Ulithi dia 24.

Patuxent apoiou ataques contra o Japão de 10 de julho a 5 de agosto. Depois de reabastecer em Ulithi, o petroleiro estava ansioso para reunir-se ao grupo de apoio ao largo de Honshu quando a notícia da capitulação do Japão chegou ao navio. Em 4 de setembro, dois dias após a cerimônia formal de rendição lá, ela se juntou à baía de Tóquio com os forecs de ocupação.

Em 16 de setembro, ela voltou para casa via Eniwetok, chegou a São Francisco em 24 de outubro e relatou a inativação ao Comandante do 12º Distrito Naval.

Em 18 de janeiro de 1946, ela foi transferida para os estaleiros Graham, Oakland, e descomissionada lá em 21 de fevereiro de 1946. Ela foi excluída da Lista da Marinha em 12 de março de 1946 e transferida para a Administração de Navegação de Guerra para o dia 1º de julho de 1946. Ela foi subseqúentemente vendida para a Pure Oil Co., Chicago III. e operado em Baltimore como David D. Iru1in.

Patuxent recebeu oito estrelas de batalha pelo serviço prestado na Segunda Guerra Mundial.


Uma História da Família Americana

Ninian Beall nasceu por volta de 1625 na Escócia.

Ele estava no exército escocês que foi derrotado na Batalha de Dunbar em 3 de setembro de 1650. Ele foi exilado e contratado para Richard Hall do Condado de Calvert, Maryland.

Então veio Ninian Beall do condado de Calvert, plantador, e provou seu direito a 50 acres de terra por seu tempo de serviço, como prisioneiro militar, realizado com Richard Hall do referido condado. Essa servidão que veio a ele através da sorte da guerra era uma honra. (De Liber 2, Folio 195, Maryland Land Office, 16 de janeiro de 1957)

Em 1668, Ninian casou-se com Ruth Moore. Ruth nasceu por volta de 1652. Ela era filha de Richard Moore e Jane Foster. Eles moravam em Bacon Hall Plantation em Patuxent River, três milhas ao sul de Marlboro. Os Bealls eram presbiterianos.

Charles Beall (1672, casou-se com Mary Wolstead e Mary Price),
Ninian Beall (1673, casou-se com Elizabeth Magruder),
John Beall (1674),
Mary Beall (1676, casou-se com Andrew Hambleton),
Rachel Beall (1679, casada com James Offutt?),
Thomas Beall (1682),
Hannah Beall (1684, casou-se com John Deavor),
Jane Beall (1685, casada com Archibald Edmonston)
Hester Beall (1687, casou-se com Joseph Belt)

Em 16 de janeiro de 1666, Ninian provou seu direito aos 50 acres A fortuna do soldado.

Em 20 de setembro de 1668, ele adquiriu 50 acres, denominado Escolha de solteiros, perto do riacho de Lyon.

Em 1668, ele foi chamado de tenente nos registros da cidade de Saint Mary.

Em 1676, ele era tenente do iate de Lord Baltimore, o Leal Charles.

Em 1688, ele se envolveu na revolução protestante

.Em 1690, ele foi nomeado oficial da Marinha pela Assembleia para cobrar taxas alfandegárias no condado de Calvert

De 1692 a 1694 ele foi o Alto Xerife do Condado de Calvert.

Em 1694 foi coronel em chefe de todas as forças de Sua Majestade.

Em 1696 foi eleito o primeiro Burgess do recém-formado Condado de Prince George. Ele também foi eleito em 1697, 1699 e 1701.

Em 25 de junho de 1700, Ninian Beall vendeu a Thomas Prather 56 acres, parte de uma extensão de terra chamada Santo André.

Em 1703, ele patenteou Rock of Dunbarton.

Em 1706, Ninian e Ruth venderam os 70 acres de Lewis Poynt no condado de Prince George para o filho Charles.

Ele morreu em 1717, aos 92 anos e provavelmente foi enterrado em Bacon Hall no condado de Prince George.

Condado de Fayette fica no sudoeste da Pensilvânia, adjacente a Maryland e West Virginia. Foi criado em 26 de setembro de 1783, em parte do condado de Westmoreland.

a partir de História Genealógica e Pessoal do Condado de Fayette, Pensilvânia, Volume 2
por James Hadden

O ancestral americano, Coronel Ninian Beall, veio da Escócia no condado de Calvert, Maryland, em 1655.. .

Em Maryland, logo se tornou líder nos assuntos militares da província, fato que indica experiência anterior nesse assunto. Em 1676, ele foi comissionado como tenente do iate ou navio de guerra de Lord Baltimore, chamado de "Charles Leal de Maryland".

Ele participou ativamente da revolução de 1689 liderada por Goode, que se diz chamar o major Ninian Bell de seu & quotArgyll & quot, em homenagem ao grande covenanter escocês. Ele foi nomeado major em 1689, e em 1690 foi um dos 25 comissários para regular assuntos em Maryland até a próxima reunião da assembléia em 1692, quando foi nomeado alto xerife do condado de Calvert. No ano seguinte foi designado coronel, e em 1697 foi um dos comissários para tratar com os índios.

Um ato aprovado em 1699 diz: & quotUm ato de gratidão ao coronel Ninian Beall. & Quot. Depois de recitar seus valiosos serviços, o ato concede & quot75 libras esterlinas a serem aplicadas na compra de três negros prestativos & quot;

Nesse mesmo ano, ele foi nomeado comandante-chefe dos Rangers. Em 1696, ele prestou juramento como membro da casa dos burgueses do condado de Calvert, e também foi o primeiro representante eleito para o condado de Prince George.

Embora fosse um presbítero da igreja presbiteriana, ele assinou uma petição em 1696 ao rei para o estabelecimento da Igreja da Inglaterra em Maryland. Cinco anos depois, ele doou meio acre de terra no condado de Prince George para "erguer e construir uma casa para servir ao Deus Todo-Poderoso". Ele sempre permaneceu um presbiteriano leal e manteve os presbiterianos no Patuxent juntos até a chegada de Nathaniel Taylor que veio com uma congregação de escoceses de Fifeshire em 1690. Ele era um homem rico e

planejou para seus filhos muitos milhares de hectares mais férteis de Maryland. Seu filho, Coronel George Beall, herdou parte do tratado concedido a seu pai chamado The Rock of Dumbarton onde foi construída a cidade de Georgetown, cidade fundada pelo Coronel Ninian Beall. História de Scharf em Maryland afirma que o coronel Ninian Beall, por volta do ano de 1678, induziu os presbiterianos a se estabelecerem ao redor e sobre a localidade onde agora estão as cidades de Washington e Georgetown, D. C.

O coronel Beall morreu com a idade de noventa e dois anos. Ele foi enterrado na plantação de sua casa, e quando nos últimos anos seus restos mortais foram removidos, devido ao crescimento de Georgetown, onde sua casa estava situada, descobriu-se que ele tinha quase dois metros de altura e que seu cabelo ruivo escocês tinha reteve todo o seu matiz ígneo. . .

Ele tem uma posteridade distinta - a maior parte da aliança de filhos e netos foi com famílias escocesas que se estabeleceram no condado de Prince George, na parte chamada New Scotland. - Duas de suas filhas se casaram com Magruders, outra com um Belt, outra com Edmondson.

Em nome de Deus, amém. Eu, Ninian Beall, do condado do Príncipe Geroge. . .

Eu lego e concedo da seguinte maneira:

Item. Eu dou e lego ao meu filho George, minha plantação e área de terra chamada de Rock of Dumberton, deitado e estando em Rock Creek, e contendo quatrocentos e oitenta acres com todo o rebanho nele, tanto gado quanto porcos, eles e seus frutos, para meu filho George e para seus herdeiros para sempre.

Item. Eu dou e lego ao meu Genro, Andrew Hamilton, minha negra Allie, a ele e herdeiros para sempre.

Item. Eu dou e lego ao meu neta, Mary Beall, a filha de meu filho, Ninian Beall, falecida, a metade de todos os bens móveis para propriedade pessoal de gado e porcos, horas, bens domésticos, depois que meus legados antes legados forem pagos e satisfeitos, a ela a dita Mary Beall, e para seus herdeiros para sempre.

Item. Eu dou e lego ao meu neto, Samuel Beall, a parte restante de Bacon Hall, juntamente com a plantação e o pomar, as casas de fumo pertencentes a elas (com esta condição) que quando ele atingir a idade de um e vinte anos, ele transmita por meio de um transporte firme, todos os seus direitos e títulos que possui para um determinado Trato de Terra chamado Iguais começando no lado sul da estrada, indo para o Monte Calvert, até a dita Maria e seus herdeiros para sempre, mas se meu dito neto por acaso morresse antes de chegar a essa idade, para reformar a terra como foi dito, então eu faço minha dita neta Mary, todo o trato de Bacon Hall, com as casas e pomar nele, para ela e herdeiros para sempre.

Item. Eu dou e lego ao meu neto, Samuel Beall, meu moinho de água no Ramo de Collington, casas de Trabalho de Ferro e todos os outros materiais pertencentes a ela, para o Samuel e seus herdeiros para sempre.

Item. Eu dou e lego ao meu genro, Joseph Belt, uma parte de um pedaço de terra chamado Boa sorte, contendo duzentos e quarenta e cinco acres, permitindo aos meus herdeiros a soma de quatro mil libras de fumo, de acordo com nosso acordo anterior, deduzindo o que devo a ele em seus livros por várias mercadorias e mercadorias, ao referido Joseph Cinto e seus herdeiros para sempre.

Item. Considerando que devo várias dívidas, posso dar poderes aos meus curadores doravante nomeados, para capacitá-los a pagar o mesmo, a vender um determinado pedaço de terra, chamado Recuperação, jazendo e nas areias do rio Patuxent, perto da cabeceira do Ramo Ocidental, para ser vendido, contendo quatrocentos acres, o referido trato de terra legado a meu filho Belt, é anexado a isso.

Item. Eu dou e lego ao meu filho Charles Beall, um livro do trabalho do bispo Cooper, Os Atos da Igreja e Crônicas do Rei Carlos o Primeiro e do Rei Carlos o Segundo, e eu peço e obrigo meu filho Charles e meu filho George a enviar uma dúzia de livros intitulados Um conselho para jovens, idosos e meia-idade, definido por um certo Sr. Christopher Ness, esses livros para serem distribuídos entre meus netos e afilhados.

Item. Dou e lego ao meu filho Charles, mil hectares de terra, chamados Dunn Back, situado no lado sul do Grande Choptank, em um riacho chamado Watt's Creek, para ele e seus herdeiros para sempre.

E, por último, eu faço, ordeno, declaro e designo meu neto, Samuel Beall, para ser meu único e integral executor desta minha última vontade e testamento.

E eu planejo meu amado filho, Charles Beall, Joseph Belt e George Beall, para fazer e executar meus planos conforme expresso acima, e para definir e executar para meu executor até que ele chegue à idade de um e vinte anos, revogando e anulando todos os outros testamentos por mim em qualquer momento até agora feitos e assinados.

E eu planejo meus ditos filhos para usarem seu melhor cuidado e me esforçarem para que meus dois netos, os filhos de minha amada Ninian Beall, falecida, sejam criados e tenham curadores para este meu último testamento, para fazerem sua aparição toda terça-feira de Páscoa, ou em qualquer outro momento que eles considerem um momento mais adequado, em minha plantação de habitação, anualmente, para inspecionar todos os seus negócios, e de um aumento anual de todas as criaturas em minha plantação e no Moinho, para e em nome de meus dois netos, que serão co-partilhas, minha neta terá sua parte no dia de seu casamento.

Em testemunho do que, tenho, para esta minha última vontade e testamento, colocar minha mão e selo, neste dia quinze de janeiro, no ano de nosso Senhor, um mil setecentos e dezessete. [1717]
Ninian Beall

Para o mandato do Tribunal de março de 1741/42, John Hepburn foi o Xerife Thomas Lee, Escriturário do Tribunal e Lingan Wilson, Capataz do Grande Júri. . .

Ninian Beall pediu que uma negra pertencente a ele fosse taxada gratuitamente por motivo de idade e doença. O pedido foi atendido.


Intérprete e Guia para os Peregrinos

Agora fluente em inglês, Squanto voltou à sua terra natal em 1614 com o explorador inglês John Smith, possivelmente atuando como um guia, mas foi capturado novamente por outro explorador britânico, Thomas Hunt, e vendido como escravo na Espanha. Squanto escapou, viveu com monges por alguns anos e finalmente voltou para a América do Norte em 1619, apenas para encontrar toda a sua tribo Patuxet morta de varíola. Ele foi morar com os Wampanoags próximos.

Em 1621, Squanto foi apresentado aos Peregrinos em Plymouth e, posteriormente, atuou como intérprete entre os representantes dos Peregrinos e o Chefe Wampanoag Massasoit. No outono de 1621, os Peregrinos e Wampanoags celebraram o primeiro Dia de Ação de Graças depois de colher uma safra bem-sucedida. No ano seguinte, Squanto aprofundou a confiança dos Peregrinos, ajudando-os a encontrar um menino perdido e ajudando-os a plantar e pescar.

O conhecimento único de Squanto & aposs da língua inglesa e dos costumes ingleses deu-lhe poder. Ele procurou aumentar seu status entre outros grupos nativos exagerando sua influência sobre os colonos e até mesmo indo ao ponto de dizer-lhes que se eles não fizessem o que ele queria, ele poderia fazer com que os ingleses liberassem a praga, que ele afirmava estar segurando em depósitos de armazenamento. & # xA0


Pilotos da 2ª Guerra Mundial: The Original Fly Girls

WASP (da esquerda) Frances Green, Margaret Kirchner, Ann Waldner e Blanche Osborn deixam seu B-17, chamado Pistol Packin 'Mama, durante o treinamento de balsa na base da Força Aérea do Exército de Lockbourne em Ohio. Eles estão carregando seus pára-quedas. Arquivos Nacionais ocultar legenda

Em 1942, os Estados Unidos enfrentaram uma grave escassez de pilotos, e os líderes apostaram em um programa experimental para ajudar a preencher o vazio: treinar mulheres para pilotar aeronaves militares para que os pilotos homens pudessem ser liberados para tarefas de combate no exterior.

WASP Interactive

O grupo de pilotos do sexo feminino foi chamado de Women Airforce Service Pilots - WASP. Em 1944, durante a cerimônia de formatura da última aula de treinamento WASP, o general comandante das Forças Aéreas do Exército dos EUA, Henry "Hap" Arnold, disse que quando o programa começou, ele não tinha certeza "se um deslize de uma garota poderia lute contra os controles de um B-17 em condições climáticas adversas. "

"Agora, em 1944, está registrado que as mulheres podem voar tão bem quanto os homens", disse Arnold.

Pouco mais de 1.100 mulheres jovens, todas civis voluntárias, voaram em quase todos os tipos de aeronaves militares - incluindo os bombardeiros B-26 e B-29 - como parte do programa WASP. Eles transportaram novos aviões a longas distâncias, das fábricas às bases militares e pontos de partida em todo o país. Eles testaram aviões recém-revisados. E eles rebocaram alvos para dar aos artilheiros terrestres e aéreos treinamento de tiro - com munição real. O WASP esperava se tornar parte do exército durante seu serviço. Em vez disso, o programa foi cancelado depois de apenas dois anos.

WASP com um avião chamado "Miss Fifinella", o mascote projetado para mulheres pelos Walt Disney Studios Cortesia de The Woman’s Collection, Texas Woman's University ocultar legenda

Eles não receberam o status de militar até a década de 1970. E agora, 65 anos após seu serviço, eles receberão a mais alta homenagem civil concedida pelo Congresso dos EUA. Em julho passado, o presidente Obama assinou um projeto de lei concedendo ao WASP a Medalha de Ouro do Congresso. A cerimônia será realizada na quarta-feira, no Capitólio.

Mulheres com Moxie

Margaret Phelan Taylor cresceu em uma fazenda em Iowa. Ela tinha 19 anos, tinha acabado de completar dois anos de faculdade e estava pronta para a aventura em 1943 quando um Vida a história de capa da revista sobre as pilotos do sexo feminino chamou sua atenção. Seu irmão estava treinando para ser piloto do Exército. Por que não ela? Ela pediu ao pai que lhe emprestasse dinheiro para uma licença de piloto - $ 500, uma quantia enorme na época.

“Eu disse a ele que tinha que fazer isso”, disse Taylor. "E então ele me deu o dinheiro. Acho que nunca paguei a ele também."

Mas havia um problema. Ela era meia polegada mais baixa do que o requisito de 5 pés e 2 polegadas.

“Fiquei na ponta dos pés”, diz ela. Quando ela chegou ao Avenger Field em Sweetwater, Texas, onde a maioria dos WASP foram treinados, "Bem, havia muitos outros baixinhos como eu, e rimos sobre como entramos."

Baixinhos, altos, magros, largos, todos vieram sabendo voar. Os militares treinaram pilotos do sexo masculino do zero, mas não as voluntárias civis.

"Eles não queriam trazer um bando de garotas que não sabiam pilotar um avião", disse Katherine Sharp Landdeck, professora associada de história na Texas Woman's University, que está escrevendo um livro sobre o WASP, provisoriamente chamado Contra os ventos predominantes: The Women Airforce Service Pilots and American Society. "Então você tem mulheres que estão saindo do colégio e pegando cada centavo que tinham para aprender a voar para que pudessem ser uma WASP."

Um Trabalho Perigoso

Uma vez, quando Taylor estava transportando uma aeronave para cross-country, em algum lugar entre o Arizona e a Califórnia, ela viu fumaça na cabine. Taylor foi treinado para pular fora se algo desse errado. “Mas os pára-quedas eram muito grandes. Eles não eram adequados para nós”, diz ela. "A força daquele ar e aquela velocidade e tudo mais, por que isso apenas arranca as coisas de você. Você escorregaria imediatamente."

Margaret Phelan Taylor foi uma WASP durante a Segunda Guerra Mundial. Cortesia da Família Taylor ocultar legenda

Então, seu avião estava fumegando e Taylor enfrentou um momento decisivo.

“Eu pensei, 'Quer saber? Não vou até ver uma chama. Quando eu vir fogo de verdade, então vou pular.' "

Ela estava com medo? "Não. Eu nunca tive medo. Meu marido costumava dizer: 'É muito difícil assustar você.' "

O problema do avião acabou por ser um instrumento queimado.

Mas 38 pilotos mulheres perderam suas vidas servindo seu país. Um deles era Mabel Rawlinson, de 26 anos, de Kalamazoo, Michigan.

“Sempre soube dela como a heroína da família”, diz a sobrinha de Rawlinson, Pam Pohly, que nunca conheceu sua tia. "Aquele que perdemos muito cedo, aquele que todos amavam e desejavam que ainda estivesse por perto."

Rawlinson estava estacionado em Camp Davis, na Carolina do Norte. Ela estava voltando de um exercício de treinamento noturno com seu instrutor quando o avião caiu. Marion Hanrahan, também um WASP em Camp Davis, escreveu um relato de testemunha ocular:

Acredita-se que a escotilha de Rawlinson não funcionou bem e ela não conseguiu sair. O outro piloto caiu do avião e sofreu ferimentos graves. Como Rawlinson era civil, os militares não eram obrigados a pagar por seu funeral ou para que seus restos mortais fossem enviados para casa. Então - e esta é uma história comum - seus colegas pilotos contribuíram.

“Eles coletaram dinheiro suficiente para enviar seus restos mortais para casa de trem”, disse Pohly. "E um casal de seus colegas WASP acompanhou seu caixão."

Mesmo sendo considerada uma civil, a família de Mabel Rawlinson cobriu seu caixão com uma bandeira, uma tradição reservada para membros das forças armadas. Embora o funeral pareça pouco freqüentado, muitos estavam alinhados atrás do fotógrafo, como pode ser visto no reflexo do carro. Cortesia de Pam Pohly ocultar legenda

Mesmo sendo considerada uma civil, a família de Mabel Rawlinson cobriu seu caixão com uma bandeira, uma tradição reservada para membros das forças armadas. Embora o funeral pareça pouco freqüentado, muitos estavam alinhados atrás do fotógrafo, como pode ser visto no reflexo do carro.

E, como Rawlinson não era considerado militar, a bandeira americana não podia ser colocada sobre seu caixão. Sua família fez isso de qualquer maneira.

O programa foi interrompido

O chefe do programa WASP era Jacqueline Cochran, uma aviadora pioneira. (Depois da guerra, ela se tornou a primeira mulher a quebrar a barreira do som.) O objetivo de Cochran era treinar milhares de mulheres para voar para o Exército, não apenas algumas dezenas integradas ao programa masculino. Ela queria uma organização feminina separada e acreditava que a militarização viria se o programa fosse um sucesso. E foi. Os registros de segurança das mulheres eram comparáveis ​​e às vezes até melhores do que os de seus colegas homens fazendo as mesmas tarefas.

Mas em 1944, diz o historiador Landdeck, o programa foi ameaçado. "Foi uma época muito controversa para as mulheres que pilotavam aeronaves. Houve um debate sobre se elas ainda eram necessárias", disse Landdeck.

No verão de 1944, a guerra parecia estar terminando. Os programas de treinamento de voo estavam fechando, o que significava que os instrutores civis do sexo masculino estavam perdendo seus empregos. Temendo o alistamento militar e sendo colocados no Exército terrestre, eles fizeram lobby pelos empregos das mulheres.

“Era inaceitável que as mulheres substituíssem os homens. Elas podiam liberar os homens para cumprir suas obrigações - isso era patriótico - mas não podiam substituir os homens”, diz Landdeck.

E assim, Arnold anunciou que o programa seria encerrado em dezembro de 1944, mas aqueles que ainda estavam em treinamento poderiam terminar. The Lost Last Class, como foi apelidado, se formou, mas serviu apenas 2 semanas e meia antes de ser mandado para casa em 20 de dezembro, junto com todos os outros WASP.

Lillian Yonally serviu seu país por mais de um ano como WASP. Quando ela foi demitida de sua base na Califórnia, não houve cerimônia. "Nada mal. Disseram-nos que deixaríamos a base. E pegamos aviões para voltar para casa." Home for Yonally ficava em todo o país, em Massachusetts.

Lillian Yonally em uma foto publicitária de 1943 no Camp Irwin, na Califórnia. Cortesia de Lillian Yonally ocultar legenda

Lillian Yonally em uma foto publicitária de 1943 no Camp Irwin, na Califórnia.

Cortesia de Lillian Yonally

Essa era uma história familiar, mas Landdeck diz que havia algumas bases que davam festas ou tinham críticas completas sobre a partida do WASP.

Agitando o ninho do WASP

As mulheres continuaram com suas vidas.

Alguns deles conseguiram empregos de piloto após a guerra, mas não em nenhuma das principais companhias aéreas. E algumas delas ficaram no ar como aeromoças. Naquela época, nenhuma grande companhia aérea comercial contratava essas mulheres experientes como pilotos. Como muitos veteranos da Segunda Guerra Mundial, a maioria dos WASP nunca falou sobre suas experiências.

E, de acordo com Taylor, eles também nunca esperaram nada.

"Éramos filhos da Depressão. Era o fim ou a morte. Você tinha que cuidar de si mesmo. Ninguém nos devia nada", diz ela.

O WASP manteve contato por um tempo. Eles até formaram um grupo de reunião após a guerra. Mas isso não durou muito. Então, na década de 1960, eles começaram a se encontrar novamente. Eles tiveram reuniões. Eles começaram a falar sobre empurrar para o status militar. E então algo aconteceu em 1976 que irritou todo o ninho do WASP.

“A Força Aérea chega e diz que vai admitir mulheres em seu programa de aviação”, diz Landdeck. Um comunicado da Força Aérea diz que "é a primeira vez que a Força Aérea permite que mulheres pilotem seus aviões."

Trinta anos depois, esse comentário ainda perturba o ex-WASP Yonally.

“Era impossível alguém dizer isso. Não era verdade. Fomos os primeiros”, diz Yonally.

Margaret Phelan Taylor em sua casa em Palo Alto, Califórnia Cindy Carpien / NPR ocultar legenda


Winterthur durante a Segunda Guerra Mundial: The Curtain Project

Esta visão estereoscópica mostra o quarto de Ruth Wales du Pont em 1938 e mostra o tratamento da janela na época. Como em todas as seguintes estereovisões, Robert Brost tirou a foto, que foi então colorida à mão por Annette Karge.

Estou tentando catalogar a casa inteira - costurando etiquetas em todas as cortinas mostrando os cômodos e as estações em que serão usadas, etc. e acho que levará mais um ano até que eu termine totalmente esta performance.
- H. F. du Pont para sua prima Bessie Andrews, 23 de julho de 1943 (carta nos Arquivos Winterthur, HF242)

Durante os longos anos da Segunda Guerra Mundial, a maior parte da casa em Winterthur foi fechada e a maior parte do pessoal afastado para a guerra. H. F. du Pont e sua esposa, Ruth, passaram esses anos como civis preocupados, fazendo o que podiam pelo esforço de guerra em casa. Ruth foi voluntária em um hospital local, e H. F. doou leite para o hospital.

Durante o tenso ano de 1942, du Pont escapou do sempre presente tambor de más notícias das frentes do Pacífico e da Europa, organizando sua coleção Americana. Em 7 de agosto, ele passou horas ditando a seu secretário de 43 anos, William Ersfeld, suas idéias sobre como o futuro Museu Winterthur deveria cuidar dos tecidos para móveis:

As cortinas, estofados, tapeçarias e colchas de Winterthur são eles próprios um museu têxtil e a forma como os materiais são drapeados, estofados, etc. cumpre a melhor tradição de um museu de artes decorativas. Muitas, muitas horas foram gastas olhando pinturas, gravuras e livros para encontrar os modelos corretos para o período de cada sala, e sua execução consumiu inúmeras horas de costura à mão. … Eles não têm preço, custaram milhares de dólares para serem confeccionados e os materiais não podem ser recuperados novamente.

Apenas fragmentos muito gastos permanecem deste conjunto de cortinas que Potts descreveu como penduradas no quarto de Ruth Wales du Pont & # 8217s (também conhecido como Quarto Azul) durante a guerra. Cada uma dessas janelas teria mudanças sazonais rotativas, às vezes duas no verão e no inverno e às vezes até quatro.

Leslie Potts, que nasceu na propriedade em 1905 e mais tarde se tornou superintendente da fazenda Winterthur, trabalhou como desenhista para du Pont durante a guerra. Ele se formou na Escola de Agricultura da Universidade de Delaware e recebeu treinamento como arquiteto na Temple University. Em 1943, ele fez planos de quartos de Winterthur e também iniciou um projeto de estudo de cortina, que parece não ter sido concluído. Hoje, apenas uma pequena amostra dos desenhos coloridos feitos por Potts das cortinas sobreviveu.

A curadora de têxteis de Winterthur, Linda Eaton, notas, & # 8220Ao longo dos anos 1930, & # 821740s e & # 821750s Ernest Lo Nano trabalhou com Henry Francis du Pont para criar os têxteis de mobiliário - cortinas, estrados e capas de estofamento - aqui em Winterthur .

Du Pont só permitiria que Lo Nano se chamasse criador de cortinas e estofador do recém-inaugurado Museu Winterthur em seus anúncios porque o próprio du Pont afirmou ter feito a pesquisa demorada necessária para projetar os interiores. Mesmo assim, du Pont o considerou o melhor na área.

O trabalho de Lo Nano representou uma interpretação do mobiliário histórico consistente com os melhores estudos da época. Trabalhando com os estudiosos mais importantes, Lo Nano estava usando algumas das mesmas fontes que usamos hoje para interpretar como os têxteis eram usados ​​em interiores históricos. & # 8221

Aqui estão alguns exemplos de desenhos de Potts & # 8217s ao lado de imagens anteriores dos quartos que mostram os têxteis de mobiliário.

Quarto Cecil ou H. F. du Pont e quarto # 8217s

Leslie Potts & # 8217s desenho das cortinas bordadas à mão do século 18 penduradas na janela do quarto de H. F. du Pont.

As cortinas, mostradas aqui na visão estereoscópica de maio de 1935, ainda são muito valorizadas e estão penduradas ao redor da cama no Patuxent Room hoje.


Sala de Jantar Centerville

Desenho de Potts & # 8217s das cortinas penduradas na sala de jantar Centerville.

Uma lâmina de vidro de 1947 da sala Phyfe com cortinas que parecem extremamente semelhantes.

Empire Parlor

Uma visão estereoscópica de 1938 mostrando as cortinas no lugar.


Grey Room ou H. F. du Pont & vestiário # 8217s

Uma visão estereoscópica de 1935 com as cortinas no lugar.

Quarto Patuxent

Desenho de Potts & # 8217s das cortinas da Sala Patuxent.

The Patuxent Room em stereoview, cortinas de inverno, 1935.

Port Royal Parlor

Potts’s drawing of curtains in the Port Royal Parlor.

A 1947 glass slide showing portiers of the same design hanging in Port Royal Parlor.

By Maggie Lidz, estate historian and curator of garden and estate objects. Don’t miss Color Counts, Maggie’s special exhibition at the Delaware Antiques Show this November 9–11, which focuses on H. F. du Pont’s use of color in decorating and entertaining.


4. CVT Mount Bachelor

Mount Bachelor RTT – via cascadiatents.com

The Mount Bachelor soft shell RTT from Cascadia Vehicle Tents has a super small footprint, which means it can fit even on your two-door Jeep. This tent is designed to sleep two people and weighs just 98 pounds, making it one of the lightest RTTs available. All of the screened windows and doors have awnings to keep out rain and direct sunlight, and the tent body is constructed from 280-gram poly/cotton.

The floor of the tent is lightweight aluminum, and each tent includes a rain fly, a 3-inch high-density foam mattress, and a sliding aluminum ladder. The Mount Bachelor can also be paired with an optional annex for additional space.


More Info About Old Pennies

I’m the Coin Editor here at TheFunTimesGuide. My love for coins began when I was 11 years old. I primarily collect and study U.S. coins produced during the 20th century. I’m a member of the American Numismatic Association (ANA) and the Numismatic Literary Guild (NLG) and have won multiple awards from the NLG for my work as a coin journalist. I’m also the editor at the Florida United Numismatists Club (FUN Topics magazine), and author of Images of America: The United States Mint in Philadelphia (a book that explores the colorful history of the Philadelphia Mint). I’ve contributed hundreds of articles for various coin publications including COINage, The Numismatist, Numismatic News, Coin Dealer Newsletter, Coin Values, and CoinWeek. I’ve authored nearly 1,000 articles here at The Fun Times Guide to Coins (many of them with over 50K shares), and I welcome your coin questions in the comments below!

I'm the Coin Editor here at TheFunTimesGuide. My love for coins began when I was 11 years old. I primarily collect and study U.S. coins produced during the 20th century. I'm a member of the American Numismatic Association (ANA) and the Numismatic Literary Guild (NLG) and have won multiple awards from the NLG for my work as a coin journalist. I'm also the editor at the Florida United Numismatists Club (FUN Topics magazine), and author of Images of America: The United States Mint in Philadelphia (a book that explores the colorful history of the Philadelphia Mint). I've contributed hundreds of articles for various coin publications including COINage, The Numismatist, Numismatic News, Coin Dealer Newsletter, Coin Values, and CoinWeek. I've authored nearly 1,000 articles here at The Fun Times Guide to Coins (many of them with over 50K shares), and I welcome your coin questions in the comments below!

Postagens recentes

Hoping to find rare coins worth money in your pocket change? Yes, it’s actually possible to find some highly valuable coins this way! See if you have any of these valuable coins that can be found.

Have a 1980 penny without a mintmark? What about a 1980-D penny or a 1980-S penny? Find out what they’re worth! Plus, 3 rare 1980 error pennies to look for in your spare change.


Who Was Ho Chi Minh?

Ho Chi Minh was born Nguyen Sinh Cung on May 19, 1890, in a village in central Vietnam (then part of French Indochina) in Nghe province to Hoang Thi Loan, his mother, and Nguyen Sinh Sac. Ho attended the National Academy in Hue before being expelled for protesting against emperor Bao Dai and French influence in Indochina. In 1911, he found work as a cook on a French steamer and spent the next several years at sea, traveling to Africa, the United States and Britain, among other locations. 

By 1919, he was living in France, where he organized a group of Vietnamese immigrants and petitioned delegates at the Versailles Peace Conference to demand that the French colonial government in Indochina grant the same rights to its subjects as it did to its rulers.

Você sabia? In February 1967, Ho Chi Minh responded to a personal message from U.S. President Lyndon Johnson by announcing that the North Vietnamese would never negotiate under the threat of bombing.

Inspired by the success of Vladimir Lenin’s Bolshevik Revolution, he joined the new French Communist Party in 1920 and traveled to Moscow three years later. He soon began recruiting members of a Vietnamese nationalist movement that would form the basis of the Indochinese Communist Party (founded in Hong Kong in 1930) and traveled the world, including Brussels, Paris and Siam (now Thailand), where he worked as a representative of the Communist International organization.


Columbia Air Center

Columbia Air Center provided access to aviation for African American pilots during an era of discrimination. It began operations with one east-west turf runway, an office and a hangar. By the end of 1941, the airfield boasted a second hangar and the services of several flight instructors. John Greene&rsquos association with Phelps Vocational High School brought many students to the field to get on-site training in primary flight training, ground school and mechanics, spurring community interest in aviation.

During World War II when the U.S. Navy took over operations, they added seven turf runways and a 121-foot pier on the Patuxent River. With its return to civilian use, Columbia Air Center was reorganized to reflect a new vision for the site as both an airport and recreational center for the African American community.

The new operation did not utilize all of the changes made by the Navy. By 1945, the airport was operating with three sod runways (one as long as 3300 feet), with two more added over the next four years. The Center only operated during daylight hours and offered a flying school, charter services, aircraft maintenance, fuel and tie down space for private pilots. They utilized a large fleet of aircraft, including Piper Cubs, Aeronca Champs and L3s, Fairchild PT-19 trainers, Boeing PT-17s, Stinsons and Continental Engines.

During Greene&rsquos tenure, the airport expanded its operations by partnering with several school and youth programs for pilot and aviation maintenance.

The airfield served the local pilot population and became a popular social and recreational center with frequent picnics, hangar dances, motorcycle racing, canoeing and of course, flying.

John Greene managed the airfield until 1954. The Columbia Air Center closed in 1956 when Mrs. Fisher&rsquos heirs decided to sell the land. In 1959, the property became part of the Patuxent River Park and is now owned by M-NCPPC.


Patuxent River

The Patuxent River is a tributary of the Chesapeake Bay in the state of Maryland. There are three main river drainages for central Maryland: the Potomac River to the west passing through Washington, D.C., the Patapsco River to the northeast passing through Baltimore, and the Patuxent River between the two. The 908-square-mile Patuxent watershed had a rapidly growing population of 590.769 in 2000. It is the largest and longest river entirely within Maryland, and its watershed is the largest completely within the state.

1. Geography. (География)
The river source, 115 miles 185 km from Chesapeake, is located in the hills of the Maryland Piedmont near the intersection of four counties – Howard, Frederick, Montgomery and Carroll, and only 0.6 miles 0.97 km from Parrs Spring, the source of the South fork of the Patapsco river. Flowing in the General direction of the South-East, next crosses the urbanized corridor between Baltimore and Washington, D.C., and opens in a navigable tidal estuary near the colonial marine Queen Anne in Prince Georges County, Maryland, just Southeast of Bowie, finding the Chesapeake Bay 52 miles 84 km later. Fifty-two kilometer-long tidal estuary is never wider than 2.3 miles, 3.7 km away.
It marks the boundary between Montgomery, Prince Georges, Charles and Saint Marys counties in the West and Howard, Anne Arundel, and Calvert counties on the East. Chesapeake estuarys deepest point, 130 feet 40 m below sea level, is located at the Bottom of the next.
The two largest cities in the watershed Bowie and Laurel, Maryland. There is a percentage of agricultural activities in the region. The middle and lower river marshes and swamps ecosystem. Many of these ecosystems is protected by the specific shape of the Park, at the state and local levels. The most notable of which include the sanctuary the jug Bay wetlands Merkle sanctuary, and following the river Park, and much more. Further North, there are 20 square miles of studies, a shelter that helps protect refrigerators and microwave river wildlife.

1.1. Geografia. Tributaries. (Данников)
Little Patuxent river, following the river Middle, and Western branch are the three largest tributaries. The following middle falls into the following slightly upstream from the historic Savage Mill in Savage. Then a little following the next joins to the South-West of Crofton. Middle following streams 24 miles 39 kilometers in Howard County, while a small following streams 38 miles 61 km to the North-East and South-East of the County, Howard County and Western Anne Arundel. The Western branch originates called folly branch in the WinGate drive area of the Northern part of Glenn Dale, suggesting that the name "West branch" in Woodmore, continues South through Prince Georges County, United collington tickets on the branch before it joins the following near upper Marlboro.

2. History. (История)
Native Americans lived along the Patuxent river at least 6500 years BC. Archaeological excavations at the pig point on the North of jug Bay at the end of Wrighton road discovered some of the oldest known artifacts in the Mid-Atlantic States, including pottery, arrow and spear points and remnants of wigwams, fires and foodways. The site was probably a center of trade in the region and one of the best Unbroken archaeological site on the East coast. On the website the moment the pig includes the remains of the oldest structures ever found in Maryland, wigwam post holes, dated to the 3rd century.
In the Patuxent river was first named "Pawtuxunt" on a detailed map in the result of a 1608 journey up the river from Jamestown, Virginia settler John Smith. Captain Smith came to the rough vicinity of the modern Merkle wildlife sanctuary with an area of Lyons Creek, 40 km, 60 km from the Chesapeake near what is now the Anne Arundel–Calvert–Prince Georges County boundary. It was most likely the second visit by Europeans in the next, and in June 1588 a small Spanish expedition under Vicente Gonzalez is believed that the anchor for the night in the next mouth. The river was an important colonial shipping port with the governments of the garrison located at the mouth of the river, where Charles Calvert was the first collector in 1673. In 1699, Thomas brown, next Ranger, across the river from the Snowden plantation to where Clarksville is located. In 1702 George Plater I was a naval officer, who had earlier served as collector after Calvert, Rousby, Sewell, Diggs, and Payne held the collectorship. In the mid and late 17th century respectively, colonists spread upriver to Mt. Calvert and Billingsley point, two 18th-century mansion, 43.5 miles 70 km upriver from the Chesapeake that are today part of river Park next. In 1730-ies, Snowden iron ore furnace also known as a fridge and microwave just to the Southeast of Laurel, was shipping "pig iron" and close to the nearby mansion of Montpellier, 1783, and part of the river Park next.
In August 1814, Commodore Joshua Barney and his Chesapeake Bay flotilla were trapped in the following British fleet under Admiral sir George Cockburn. To keep them from the hands of the British, nor men ignited the magazines their ships four miles 6 km stretch above pig point 44 miles 71 km upriver from the Chesapeake when the British approached. Then the British began their attack on Washington, D.C., with their ships next to Benedict, 22 miles 35 km away. From there the troops marched through, Nottingham, upper Marlboro, Bladensburg and on to Washington.

3. Economy and commerce. (Экономики и коммерции)
The cultivation of tobacco is dominated by Patuxents economy for two centuries after white settlement, about sixty percent of the tobacco Marylands this valley next to the end of the 18th century.
The destruction of the plantation of the British and of the soil by centuries of tobacco farming brought the mid and lower valley following a period of decline that lasted until the 1930-ies, when there were fewer residents in Patuxents Calvert County than in the 1840-ies, and only a few hundred more than in the first Calvert County census in 1790.
The following was plied by regular steamship service, mostly from the Weems line, from the 1820s to the 1920s years, replacing the schooners and sailing packets that over the last few centuries were rivers many landings and docks along the 52-km 84 km of the tidal zone.
The Washington suburban sanitary Commission constructed two dams on the main branch in the middle of the 20th century. Brighton dam was constructed 96 miles 154 km from the Chesapeake in 1943, the withdrawal of water from the reservoir is located in Triadelphia, in 1952 a dam T. Howard Duckett was built 14 km 23 km downstream, near Laurel, thus creating rocky gorge reservoir. The land around the two reservoirs is administered by the WSSC, creating forest reserves in the amount of 4 400 acres 18 km 2 is available to the public for horse riding, hunting, fishing, and picnicking in limited areas. In Maryland klassificeret dam T. Howard Duckett as "high hazard" because large releases directions of water flow in North Laurel.
Public recreation lands on one or both banks of rivers 74 115 miles, including reservoir Lands, the impact of recreation in the natural environment has now on the rivers of the economy is evident. At the base of naval aviation, the Patuxent estuary has continued to grow over the past decades, providing along with tourism, another major economic engine in the lower part of the river valley, which includes the popular boating area of the Solomon Islands.

4. Environmental concerns. (Экологические проблемы)
According to Ecostore card report, in Patuxent river is rated below average health, scoring on 38%, compared to the Chesapeakes around the health assessment 54, in 2016. However, the river has high ratings in dissolved oxygen, and likely to have high ratings In phosphorus.
Medium and small the following watersheds include nearly all of Columbia, MD, including its center for urban lake Kittamaqundi and Wilde lake. Colombia is a large community in Howard County that opened in 1967. Columbias city roadway called Little next Boulevard, and route the MD-175 in East Columbia was known as following the Boulevard until may 2006, when it was renamed for the founder of the Columbias, the late James rouse, and his wife, Patty. It was the largely unchecked erosion from this late 1960s and 1970s years, the house of mirth, which contributed for the most part following rivers, the highest and most damaging sediment, siltation and pollution to date downstream. This in turn led to the almost complete destruction of a once-thriving fishing industry along the brackish portion of the river.
"The Patuxent river has known no greater friend, advocate and defender than Bernie Fowler". Fowler as Commissioner of the early 1970-ies, the County Calvert and led to a lawsuit filed by downriver Charles, Calvert and St. Marys County from the upriver districts. The lawsuit forced the state, up the river counties and the United States Agency for environmental protection to take measures to combat pollution. Between 1985 and 2005, and next saw a 26% reduction in nitrogen, a 46% decrease in phosphorus and a 35% reduction in sediment, despite urban areas increasing to 31% of the watershed by 2002. From Chesapeakes major tributaries, the following is the only one having most of its harmful phosphorus and nutrient nitrogen overloads coming from urban wastewater. The two other major rivers, point sources and reduction of 24% of agricultural land, contribute to less nutrient load. Forests make up 43% of the catchment.
In 2004, Fred Tutman became the first "Riverkeeper" for the next. The mission of the organization Riverkeeper, a member of the international Waterkeeper Alliance to protect and improve the water quality of rivers and catchments and to provide access and education at its plant in Nottingham.
Over the past 50 years, recognized at the national level, efforts to preserve land in this part of Maryland have saved tens of thousands of acres from the Baltimore-Washington community, the expansion of the bedroom. The southern half of the U.S. armys Fort Meade was added to the following wildlife research center, which, in 12.300 acres 50 km 2, is the second largest continuous public Park-refuge within 30 miles, 50 km, either in Washington or Baltimore. It is located halfway between these two cities. Adjacent public areas 8.575 acres 35 km 2 centered on jug Bay, 42 miles 68 km upriver from the Chesapeake, form the fifth largest such Baltimore-DC preserve and largest Tidewater one and consist of the jug Bay wetlands sanctuary, the Merkle wildlife preserve and jug Bay component of the following river Park. In 6.600 area of 27 m 2 river Park in the upper part of the basin is the seventh largest.

  • Naval Air Station Patuxent River IATA: NHK, ICAO: KNHK, FAA LID: NHK also known as NAS Pax River is a United States naval air station located in St
  • The Patuxent River stone is the state gem of the U.S. state of Maryland. It is an agate, a cryptocrystalline form of quartz. It is only found in Maryland
  • Town Creek is a tributary of the Patuxent River in Saint Mary s County, Maryland. The headwaters are located in the community of California, Maryland
  • first European to express appreciation of the river was Capt. John Smith, who sailed into the Patuxent River in 1608, as he wrote: On the west side of the
  • Charles County Patuxent Ice Stream, between the Patuxent Range and Pecora Escarpment Patuxent Range, a mountain chain in Antarctica Patuxent River Maryland
  • The Green Branch of the Patuxent River in Prince George s County, Maryland is part of the Upper Patuxent Watershead. The stream passes centrally through
  • Patuxent River State Park is a public recreation area located along the upper reaches of the Patuxent River in Howard and Montgomery counties in Maryland
  • Mill Branch of the Patuxent River in Prince George s County, Maryland is part of the Upper Patuxent Watershead. There is record of a Reuben Ross owning
  • The Patuxent River Naval Air Museum preserves and interprets the Patuxent River Naval Air Base history and heritage of advancing US Naval aviation technology
  • Patapsco River Piney Run Magothy River Little Magothy River Severn River South River North River West River Rhode River Bear Creek Sellman Creek Patuxent River
  • Governor s Bridge is an historic single - lane bridge over the Patuxent River near Bowie, Maryland. The river marks the boundary between Prince George s and Anne
  • 1996 for educational, research, and recreational purposes. The Middle Patuxent River had become silt clogged from farm runoff killing off some fish species
  • the upper and lower valleys of the Little Patuxent River and Big Patuxent River in Maryland. The Patuxent is a notable aquifer in southern Maryland.
  • for the Naval Air Station Patuxent River at Cedar Point, Maryland located on the south side of the mouth of the Patuxent River The range was mapped in
  • Hawlings River is a 12.9 - mile - long 20.8 km tributary of the Patuxent River in Montgomery County, Maryland. The watershed covers an area of about 28
  • Coordinates: 39 04 N 76 47 W 39.06 N 76.78 W 39.06 - 76.78 The Patuxent Wildlife Research Center is a biological research center in Maryland. Isto
  • hosted their meetings in his dwelling located near the Patuxent River Preston - on - the - Patuxent was listed on the National Register of Historic Places
  • Patuxent Branch Trail is a 10.4 - mile 16.7 km trail in Howard County, Maryland, United States. It mostly runs along the path of the Patuxent River
  • Patuxent AO - 44 was a Kennebec - class oiler in the United States Navy during World War II. She was the second U.S. Navy ship named for the Patuxent River
  • The Patuxent Iron Works was an ironworks along the Patuxent River in Maryland, United States. Some sources that say the company was founded before 1734
  • to support wildlife research. With land surrounding the Patuxent and Little Patuxent Rivers between Washington, D.C. and Baltimore, Maryland, the Refuge
  • USNS Patuxent T - AO - 201 is a Henry J. Kaiser - class underway replenishment oiler operated by the Military Sealift Command to support ships of the United
  • Prince George s County, separated by the lack of a bridge over the Patuxent River The bridge s construction and the trail s alignment was delayed for
  • 79 km from MD 235 north to an entrance to Naval Air Station Patuxent River NAS Patuxent River within Lexington Park in eastern St. Mary s County. MD 712
  • Rocky Gorge Reservoir is located on the Patuxent River in Howard County, Montgomery County and Prince George s County, Maryland between Laurel and Burtonsville
  • Hughesville east to MD 765 in Prince Frederick. MD 231 crosses the Patuxent River on the Benedict Bridge, which connects Benedict in eastern Charles County
  • Pilot School USNTPS located at Naval Air Station NAS Patuxent River in Patuxent River Maryland, provides instruction to experienced United States
  • Lyons Creek is an 11.2 - mile - long 18.0 km tributary of the Patuxent River in Maryland. Lyons Creek serves as the border between southern Anne Arundel
  • The Jug Bay Wetlands Sanctuary is located along the tidal Patuxent River in southern Maryland, United States. It was established in 1985 and is operated
  • Fowler is best known for his advocacy for the cleanup of the Patuxent River the largest river to be found entirely within the State of Maryland. Prior to

Navy Patuxent Sailing Club: Home.

Intake Site At Patuxent River Naval Air Station. Skip links Regional Benefit Office​. Navy Family Service Center Building 2090, 21993 Bundy Road, NASFS. 15 Closest Hotels to Patuxent River Naval Air Station in Lexington. The Patuxent River is a tributary of the Chesapeake Bay in the state of Maryland. There are three main river drainages for central Maryland: the Potomac River to. Naval Air Station Patuxent River pedia. Embry Riddles Patuxent River Campus offers degrees to help you move up in your company or make you an attractive job candidate in a new field.

Apartments for Rent Near Patuxent River Naval Air Stationin.

Complete aeronautical information about Patuxent River Naval Air Station ​Trapnell Field Patuxent River, MD, USA, including location, runways, taxiways,​. Naval Air Station Patuxent River Home Facebook. Four main tributaries, Western Branch, Little Patuxent River, Davidsonville Branch, and Mattaponi Creek, are the primary feeders into the Patuxent River. Moving to Patuxent River? What Military Families Need to Know!. Dec 5, 2020 Rent from people in Patuxent River, MD from $20 night. Find unique places to stay with local hosts in 191 countries. Belong anywhere with Airbnb.

Patuxent River Vacation Rentals & Homes Maryland, United States.

Hollywood, California, Lexington Park, Patuxent River Naval Air Station, Great Mills History to High Tech Historic sites along the Patuxent River give way to. Naval Air Station Patuxent River Navy Hotels for TDY and Leisure. Our Home2 Suites Lexington Park hotel is located across from Patuxent River Naval Air Station. Book here and enjoy our clean and spacious fully equipped.

TownePlace Suites Lexington Park Patuxent River Marriott Hotels.

Bowie City Hall, 3.1 mi downstream from mouth of Little Patuxent River, 4.2 mi northwest of Davidsonville, and 60 mi upstream from mouth. DRAINAGE AREA. NAS Patuxent River F 35 Lightning II. Search jobs in Patuxent River, MD. Get the right job in Patuxent River with company ratings & salaries. 3748 open jobs in Patuxent River. Get hired!.

Patuxent river naval air station maryland us WSP.

Homepage of the Tester weekly newspaper, serving Naval Air Station Patuxent River in Saint Marys County, Maryland. Следующая Войти Настройки. Patuxent River, MD Jobs 3.748 openings Glassdoor. The latest Tweets from NAS Patuxent River @NASPaxRiverPAO. Welcome to NAS Patuxent Rivers Twitter sponsored by the NAS Pax River Public Affairs. Patuxent River NAS Pax River Housing Contact Lincoln Military. NMCRS Patuxent River, MD, is an office of the Navy Marine Corps Relief Society, offering financial assistance and support.

Patuxent River Embry Riddle Aeronautical University Worldwide.

Patuxent River Weather Forecasts. Weather Underground provides local & long ​range weather forecasts, weatherreports, maps & tropical weather conditions for​. Gate Hours, Map and Status NAS Patuxent River, MD. Naval Air Station Patuxent River. Creating comfortable guest services for those we serve: Today and Tomorrow. Photos. Navy Gateway Inns and Suites. Patuxent River Naval Air Station Patuxent River MD. The Patuxent River is known for its treasured resources and natural beauty. slideshowpax2. Dense woodlands buffer the upper reaches while farmlands dominate. Life on the Patuxent River Asbury Communities. Find premier NAS Patuxent Pax River housing for you & your family. Browse off & on base military homes and see Lincoln Military Housing availability today!. Marine Aviation Detachment Patuxent River. Asbury Solomons is nestled along the Patuxent River in Calvert County, MD. It boasts picture perfect river views and showcases phenomenal sunsets. For some​.

NMCRS Patuxent River, MD Financial Assistance Quick Assist.

Located in Howard and Montgomery counties, along the upper 12 miles of the Patuxent River, the park is comprised of 6.700 acres of natural areas and farmlands. Patuxent river needs cleaning up The Washington Post. Homepage of the Tester weekly newspaper, serving Naval Air Station Patuxent River in Saint Marys County, Maryland.

The Patuxent Water Trail: Detailed guide to kayaing and canoeing.

The Patuxent, once known as Marylands greatest river, is a source of water for more than a million residents in the D.C. area. As one of the top. NAS Patuxent River Phone Directory MyBaseGuide. Naval Air Station Patuxent River also known NAS Pax River, is a United States naval air station located in St. Marys County, Maryland, on the Chesapeake. Patuxent River, MD Weather Forecast and Conditions The Weather. Naval Air Station Patuxent River stretches across approximately 12 miles of shoreline at the mouth of the Patuxent River in St. Marys county, overlooking the​.

Patuxent River Chesapeake Conservancy.

See all 256 apartments for rent near Patuxent River Naval Air Station. Each listing has verified information like property rating,. Patuxent River State Park Vis. The Patuxent River Naval Air Museum PRNAM is a member supported, privately funded museum preserving the history and heritage of Naval Aviation and. Navy Air Station Patuxent River – Operation Autism. Base Details. Navy Air Station Patuxent River. 21993 Bundy Road. Building 2090​. Patuxent River, Maryland 20670 1132. Phone: 301 342 4911. Fax: 301 342.

Patuxent River Corridor St. Marys County MD Tourism.

Find your new home at Patuxent River located at 21967 Cuddihy Road, Patuxent River, MD 20670. Check availability now!. Visit Patuxent River: 2021 Travel Guide for Patuxent River, Maryland. 1885 jobs available in Patuxent River, MD on. Apply to Distribution Associate, Sales Representative, Secretary and more!. Naval Air Warfare Center NAWC Aircraft Division Patuxent River. There are three access gates at NAS Patuxent River. The Main Gate 1 is open 24 hours, but there are no Outbound lanes from 0600 0900 on weekdays. Gate 1. KNHK Patuxent River Naval Air Station Trapnell Field AirNav. Cancel free on most hotels. Compare 17 hotels near Patuxent River Naval Air Station in Lexington Park using 2344 real guest reviews. Earn free nights, get our​.

Naval Air Station Patuxent River.

Amenities at our hotel, 1 mile north of Patuxent River Naval Air Station, include a business center, free parking, fitness center and hot breakfast. Our spacious. About the River Patuxent Riverkeeper. Relocating to NAS Patuxent River? Moves can be stressful. Weve gathered some important information for you to ease the transition. Patuxent River NAS Housing & Information MilitaryByOwner. NAS Patuxent River is a well known Navy installation in Maryland. The NAS Patuxent River base guide has information for service members and families.

Patuxent River Park MNCPPC, MD Parks & Recreation.

Located at the mouth of the Patuxent River, Naval Air Station NAS Patuxent River occupies approximately 14.500 acres and is the host of more than 50 tenant. THE 10 BEST Things to Do Near Patuxent River Naval Air Museum. NOAA logo Click to go to the NOAA homepage, Weather observations for the past three days, NWS logo. Patuxent River, Naval Air Station. Patuxent River pedia. If youre looking for military base or reserve lodging near Patuxent River, MD in the USA, reserve your hotel room online here. Intake Site At Patuxent River Naval Air Station Locations. Things to do near Patuxent River Naval Air Museum on Tripadvisor: See 1177 reviews and 1028 candid photos of things to do near Patuxent River Naval Air.


Assista o vídeo: NAVAIR 2016 Overview


Comentários:

  1. Kakree

    Sinto muito, mas, em minha opinião, você está enganado. Eu posso defender a posição. Escreva para mim em PM, vamos conversar.

  2. Berinhard

    Muito obrigado pela ajuda nesta questão. Eu não sabia.

  3. Abdul-Wadud

    Você está cometendo um erro. Eu posso defender minha posição. Envie -me um email para PM, vamos conversar.

  4. Eachan

    Você é bonito. Foi bom conversar com você virtualmente. Vou sentir sua falta. Exatamente.

  5. Donris

    BOMBRA VISTA TODOS!



Escreve uma mensagem